Postal da Expo de 1922

foto de andredecourt em 11/01/05

Essa sensacional noturna da exposição de 1922 me foi enviada pelo Roberto /rockrj, sendo o postal encontrado na casa das suas tias as Sras. Hilma e Lucy Rocha Souza, o postal como de hábito em alta resolução é de uma espantosa nitidez nos fazendo mergulhar dentro da exposição, podemos identificar quase todos os pavilhões.
Aparentemente essa foto foi tirada antes da inauguração, pois há alguns pavilhões ainda com andaimes; bem vamos a identificação da direita para a esquerda.
A grande construção à direita da foto é o Pavilhão dos Estados, projeto de Moralles de Los Rios, depois finda a exposição foi transformado em Ministério da Agricultura e demolido junto com o Palácio Monroe, também sem nenhum motivo, mais junto ao mar vemos um pequeno pedaço do Pavilhão de Caça e Pesca.
Na parte inferior da foto temos o Pavilhão do Distrito Federal, hoje transformado em Museu da Imagem do Som.
De onde partem as luzes dos holofotes que iluminan o céu era o Pavilhão da Estatística, o qual chega aos nossos dias uma pequena parte.
Ao seu lado vemos um pequeno pavilhão que infelizmente não consegui identificar ( graças ao amigo Frederico Lopes de Portugal, que me despertou mandando duas fotos afirmo que o pavilhão é o da música, ou dos Concertos há divergência de nomes).

Mas o mais curioso se reserva à parte esquerda do postal, as construções que vemos não são pavilhões da exposição, mas sim imóveis públicos pré-existentes que receberam fachadas falsas para combinar com a ambiência da exposição, a mais notável foi a do antigo Mercado Municipal, onde sua antiga estrutura metálica da Belle Epoque foi escondida com um frontal eclético, misturando Neo-Clássico com Neo-Colonial, o mais curioso eram dois enormes globos luminosos sustentados por alegorias de animais.

Comments (40)

meizinha disse em 11/01/05 07:41 …
Caramba! Isso é bom demais! Sempre quis ver mais fotos desta exposição…
gerard_3 disse em 11/01/05 07:46 …
Que espetáculo …realmente lindo!
Uma relíquia!
Bjócas!
De
alvarogabriel@openlink.com.br disse em 11/01/05 07:59 …
A minha falsa cultura vez por outra leva uns cascudos. Foi o caso dessa foto. Tudo que o André falou era exatamente o contrário do que sempre achei. O pior é que tudo que eu achava contava para os incautos que embarcavam na minha cultura de Almanaque Capivarol. Bem feito para mim; perdão aos que enganei. A foto de hoje, além de esclarecedora é plasticamente show de bola. Já a aula do Mestre Decourt é definitiva. A ele, fusivos cumprimentos.
dannie_witchery disse em 11/01/05 08:15 …
Que coisa mais liiindaaaaaa!!!!
dannie_witchery disse em 11/01/05 08:17 …
Não acredito que nesse local temos hoje aquela terminal rodoviário fedorento…
lucia disse em 11/01/05 08:26 …
Caraca, que foto linda!!
Buenos Dias!!
Me add??!!
:))))))))
rockrj disse em 11/01/05 08:31 …
Muito boa a sua pesquisa André!
Aquela cúpula à esquerda da foto, de onde sai um facho de luz, seria também parte da fachada falsa?
lylla_lausanne disse em 11/01/05 08:34 …
Que lindo, isso!
Me emocionei!
Tudo bem por aí?
Bjk
coalog disse em 11/01/05 08:47 …
Fantástico!!
Altíssimo nível!! Arrasou mais uma vez.
andredecourt disse em 11/01/05 09:01 …
Sim Roberto aquela cúpulas escondias (eram duas falsas) as torres originais do Mercado, ou melhor dizendo ali é é a única que sobrou, e que hoje é o Albamar
Rafael Netto disse em 11/01/05 09:06 …
Por acaso a demolição do Mercado também não teria algo de “criminoso” como a do Monroe? A “lenda” conta que o Mercado teria sido demolido por causa da Perimetral (como o Monroe teria sido pelo Metrô), mas já vi fotos da Perimetral passando por cima do Mercado, desfigurado mas não demolido, mostrando que, como no caso do Palácio, a “lenda” não procede.
Antolog disse em 11/01/05 09:18 …
Quase todo dia passo de ônibus neste terminal, e nem imaginaria que um dia houve um espetáculo destes… A população da época é que deve ter ficado deslumbrada com esta iluminação toda?!?! Imagina isso no início do século XX.
felipebh disse em 11/01/05 09:22 …
Sensacional!!!
betotumminelli disse em 11/01/05 09:27 …
É uma pena q
betotumminelli disse em 11/01/05 09:27 …
(continuando) que o fotolg não permita alta resolução dessa foto!
É simplesmente linda!
:-))))
guermantes_2 disse em 11/01/05 09:38 …
Olha isso! Que loucura a resolução desta foto! Como é que eles conseguiram tirar com velocidade tão alta naqueles tempos?
andredecourt disse em 11/01/05 09:49 …
Rafael o Mercado poderia ter sido mantido, mas a CADEG já estava sendo concluída e a mentalidade da época era demolir o velho para fazer o novo, na realidade o projeto estrutural mediocre daquela parte do perimetral, com vãos livres mínimos, ou seja pilar atrás de pilar, destruiu o miolo do mercado, a torre central que tinha o relógio e várias partes dos corredores foram pro chão, agora, o mercado era uma estrutura metálica pre-moldada, poderia ter sido todo desmontado e montado em outro lugar, ou então o perimetral poderia ser sido feito com outra estrutura.
Mas vendo revistas anigas percebe-se que a mentalidade era mais um bota abaixo sem nexo, porque as últimas casas coladas no que restava da ladeira da Misericórdia começaram a ser demolidas também, para a construção do perimetral que cá entre nós passa bem longe !
Waldenir disse em 11/01/05 10:11 …
Andre, esta eh uma das melhores fotos ja postadas, creio que mereceria uma serie de ampliacoes (se possivel) de detalhes, como foi feito com a regiao da Av. Beira-Mar. O pavilhao de Estatistica, atualmente meio sumido embaixo da perimetral,abriga um espaco de exposicoes do Ministerio da Saude,mas toda a parte superior foi removida,colocando-se uns acrescimos fora de proporcao com o resto.
alvarogabriel@openlink.com.br disse em 11/01/05 10:20 …
Mais uma vez a minha tese de que certas coisas “tradicionais” não são velhas nem antigas; são eternas. Mas é incrível que meia dúzia de beócios por causa de uma perimetral qualquer…bem, deixa pra lá.
André, nunca é demais dizer, a tua postagem de hoje arrasou o pedaço. Parabéns também ao Roberto/rockjr, D. Hila e D. Lucy, que diabo.
jro disse em 11/01/05 10:34 …
Caraca, que foto linda!!
Buenos Dias!!
Me add??!!
:))))))))
rodperez disse em 11/01/05 12:08 …
beleza
eduardo bertoni disse em 11/01/05 14:07 …
Hoje você abusou.
Foto fantástica, texto primoroso baseado em conhecimento sólido do assunto.
É porisso que, diariamente, eu e esta galera aí acima esperamos avidamente o post do dia.
Parabéns!
Bertoni
http://fotolog.terra.com.br/outromundo
Lefla disse em 11/01/05 14:21 …
Linda foto!
Me add?!
Passei no Real ontem, vc não estava, então rumei para o Bracarense onde encontrei quem? quem? quem? Se vc respondeu Raimundo Nonato, errou. Encontrei Vodca, claro!
lucia disse em 11/01/05 15:24 …
Você está vendo BB ???????????????????????????
;))
lucia disse em 11/01/05 15:30 …
Como eu não conheço, é BB mesmo….
:))))
jro disse em 11/01/05 15:36 …
Tico e Teco quando pensam muito acham que estão vendo a Globo…ou a Ana Maria Braga, ou a novela das 8 (que nunca foi as 8) ou o emburrecedor Big Brother!!!
:-))))))))))
lucia disse em 11/01/05 15:40 …
É, pode ser…
jro disse em 11/01/05 15:41 …
É, pode ser…
:-)))))))))))))
levine1983 disse em 11/01/05 15:42 …
A fot é fantástica, parece uma maquete iluminada. É uma pena que algumas dessas maravilhas tenham sido demolidas… :/
Recentemente vi um livro sobre o morro do castelo, que possui algumas fotos fantásticas, vc conhece?
angemon disse em 11/01/05 15:43 …
amigo, agora vc derreteu o meu coração!! minha mãe falava demais nesta expo!!!!!
que liiiinda esta foto! super bem conservada!!!!!!
dr_ocio disse em 11/01/05 17:03 …
Dukarayo!
zioli disse em 11/01/05 17:37 …
A maquiagem é uma prática mais antiga do que eu pensava..
Linda foto.
mapas disse em 11/01/05 17:56 …
André, tenho uma foto tomada em plano superior a essa, mais abrangente, mostrando também os holofotes projetados pelos navios na Baía de Guanabara, no grande show de luzes que marcou a inauguração da exposição. É realmente uma cena linda.
Aproveito para pedir sua licença para dar uma dica que pode interessar a alguém:
A UERJ e o IPAHB abriram as inscrições para o 5º curso de História da Baixada Fluminense, incluindo trabalhos de campo em sítios históricos e arqueológicos. São 15 professores, 64 horas-aula aos sábados pela manhã.
Abraços, Celso
www.fotolog.terra.com.br/mapas
jimsk disse em 11/01/05 18:04 …
Espetacular, Andre.
zioli disse em 11/01/05 18:36 …
Realmente há marcas da pedreira que dá para se ver da minha janela, como barras de metal cravadas na pedra, mais ou menos na altura de onde moro (oitavo andar) entre outras coisas.
aqua_man disse em 11/01/05 19:41 …
Ficou longe, Andre, ficou loooonge…
Até lembra o Vasco (argh!), mas né não.
Abraços!
jro disse em 11/01/05 21:15 …
Cadê tú, Decu????
Acho que vc deveria reconsiderar o weekend.
Amanhã tentarei convence-lo….
:-)))))))))))
lanari disse em 11/01/05 21:19 …
Parece cenário de um filme :)))
Muito linda essa foto!
violetamafalda disse em 11/01/05 21:22 …
Deve ter sido linda essa exposição. E, sem toda a ajuda da informática que temos hoje, eles faziam milagres. Aqueles eram os maiores, os melhores arquitetos nossos. Hoje com a Auto Cad, os arquitetos e engenheiros não precisam “queimar a mufa” o computador dá tudo mastigadinho.
Mas eu gostei mesmo de ver esse postal. Cheguei a conhecer o Palácio Monroe, que considero um verdadeiro crime, a demoliçao. Me lembro bem dos 2 grandes leões na entrada. Nunca acreditei que uma obra prima como aquela construção fosse abaixo. O que a ganância, o olho grande não faz por grana, não é? Hoje ali existe um estacionamento. É de quem, hein? Adivinha!
Um beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 11 + 11 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...