Cine Pax

foto de andredecourt en 17/01/05

Cine Pax

Um dos clássicos cinemas de Ipanema.
Em seu terreno hoje está o esnobe Forun de Ipanema, construído nos anos 80 para igreja Católica proprietária do terreno onde ficava o prédio do cinema ganhar mais umas pratinhas.
A foto deve ser dos anos 60, apesar de vermos o bonde, a caminho da extinção, pois os operários que trabalham na calçada da praça da Paz estão criando o estacionamento que até hoje existe, utilizando-se de bloquetes exágonais de concreto, revestimento que só surgiu por aqui na década de 60 .
Bem a direita podemos ver a base de um dos postes de iluminação pública que com a construção do estacionamento foram deslocados mais para dentro da praça, tendo ficado instalados até o final dos anos 70, quando foram retirados sem muita explicação pois a praça contava não só com os postes mais antigos com também com modernas luminárias de mercúrio .
Cadernos do Edmundo

Comments (30)

anapinta 17/01/05 7:42 …
O PAX era o máximo ! : ))
Bom dia vizinho ! Beijos !
angemon 17/01/05 7:45 …
caraaaaaamba!!!!!
tinha até me esquecido do PAX!
deeezzzz
amigo,vc fezz faltaaaaa!!!!!
angemon 17/01/05 7:52 …
PERDOADÍSSIMOOOO! KKK
autofocus 17/01/05 8:00 …
U-A-U!!!!
Boa semana!
Bjs,
Adri 😉
rossanah 17/01/05 8:01 …
nossa, essa parece antiga mesmo :))))
bom dia!
backup 17/01/05 8:06 …
Fala meu brother.
Tinha lá um ônibus rodando… Cara, demais!
Abraços ae,
🙂
luiz.darcy@uol.com.br 17/01/05 8:19 …
O Pax, um dos investimentos do Frei Leovigildo Balestieri, pároco da Igreja de N.S. da Paz, foi fundado em 1952 e demolido em 1977. Junto com o Santo Afonso, o Fátima e o Roma, eram os quatro grandes cinemas católicos. Na foto observa-se a mão de direção no sentido do Jardim de Alá (durante um curto período, bem perto de 1960 a Visconde de Pirajá tinha este sentido e a Prudente de Morais tinha sentido Copacabana para os veículos).
htpp://ludaol.multiply.com
autofocus 17/01/05 8:29 …
OOOOOOOOOOOOOk!!!
Bjs!
alvarogabriel@openlink.com.br 17/01/05 9:24 …
A primeira reforma (salvo erro) da Pça N.S. da Paz começou aí Foi nessa ocasião que foram feitos o laguinho e o morrinho ao lado dele. As crianças adoravam aquela confusão de barro, pedra, vergalhão. As mães maldiziam a Prefeitura. E agora um “cool quiz”: alguém sabe as personagens homenageadas nas três estátuas da praça ?
andredecourt 17/01/05 9:46 …
As estátuas que estão na praça ficavam na praça Tiradentes antes das reformas de Passos, mas eram quatro, Lealdade, Justiça, Amizade, e a outra eu não me lembro agora, só sei que uma sumiu ou foi parar longe das “irmãs”
intrometido 17/01/05 9:52 …
Quantas vezes entrei de costas pela saída ao lado para não pagar a entrada…
jro 17/01/05 9:58 …
Fala, Dr Advogado!!
Tudo bem por ai ?
Jro :-))
lucia 17/01/05 10:23 …
Buenas Tardes!!!
🙂
natureco 17/01/05 10:28 …
Aqui em Niterói, em frente ao Campo de São Bento, também tinha um casarão antigo maravilhoso que pertencia à igreja. Foi vendido e demolido vinte anos atrás para a construção de uma agência do Banco Real (ABN).
Infelizmente não tenho nem ví nenhuma foto dele até hoje.
betotumminelli 17/01/05 10:42 …
O Pax comeloua ser construido em 1948 e demorou 4 anos pra ser concluido. Foi projeto do padre empresario Frei Leovegildo e era de propriedade da Casa Nossa Senhora da Paz. Ele foi considerado o Municipal dos cinemas por causa do luxo. Em 77 foi rebatizado como Novo Pax e em 79 foi demolido.
:-))))
nelson369 17/01/05 11:02 …
Faaaaaaaaaaaaaala, meu réio.
lucia 17/01/05 13:34 …
Não Andre, seu xará foi por conta própria!!
:)))
prfragoso 17/01/05 13:37 …
André,
Tenho uma foto de dezembro de 72, do “letreiro” do Pax, que por ironia passava o filme ” O Ato Final”…
Só por curiosidade estarei lhe mandando via e-mail.
lucia 17/01/05 13:39 …
Andre, vi seu comentário no flog do JRO, não sei se ele achou um Chevy 51 naquela loja, mas fomos a Bichinho e no caminho achamos uma garagem com uns 35 carros antigos armazenados… 🙂
Além disso, o dono dos mesmos era uma simpátia e ainda ofereceu cafezinho para todos, pena que o pãozinho não chegou a tempo…
;))))
angemon 17/01/05 14:28 …
..TE GARANTO QUE NÃO SOU EU!!!KKKKKKKKKKKKKKKK
pS: AMEI A FOTOOOOOO! AMEI, MEEESMO! VALEU, AMIIIIGOOOO!
lylla_lausanne 17/01/05 14:57 …
Mas que foi bom, foi, né? 😉 Bisous!
nelson369 17/01/05 17:54 …
to indo lá no belmonte agora. seu zé tb vai. ou seja: danou-se!!!!!!!!!!!!1
angar 17/01/05 18:48 …
fala , xara !
boa !
dhyana 17/01/05 18:52 …
qto tempo…
Marcelo Almirante 17/01/05 19:45 …
Essa foto é sensacional. Incrível por que ontem estava pensando sobre a Visconde de Pirajá. Encontrei uma foto de um trólebus em faixa exclusiva no contra-fluxo dos veículos, que me deu o que pensar.
http://geocities.yahoo.com.br/zostratus11/1009.jpg
Fiquei com grilos na cuca, deveria ter vivido nessa época para saber. Gostaria de saber até quando a Visconde de Pirajá ficou mão e contra-mão. Pelo que eu saiba, nunca circularam bondes na Prudente de Morais.
http://geocities.yahoo.com.br/zostratus10/rio-bonde-ipanema.htm
A foto é sensacional. Poderia colocá-la na minha página com melhor resolução ? Em caso afirmativo aí está o e mail – row701@yahoo.com.br
No Livro História das Ruas do Rio está que, a Igreja comprou o terreno e construíu o templo de Ipanema com o dinheiro da desapropriação da Igrejinha de Copacabana. Gostaria saber se os padres tinham comprado o terreno de alguém ao levantar a Igreja no posto 6.
andredecourt 17/01/05 19:56 …
Marcelo. o terreno da Igrejinha do Copacabana foi doado pelo proprietário das terras lá pelo século XVIII quando aquilo ali não valia nada, na realidade foi a Igreja de Ipanema que foi construída, o prédio do PAX veio depois
onewayoranother 18/01/05 2:03 …
Esse cine, realmente… eu nasci mto depois dele acabar ;/…
;*****
Lara
eduardo bertoni 18/01/05 3:20 …
Cara,
Eu passei a infância e a adolescência por aí e não tenho na memória a época que a mão foi invertida. Cheguei a pensar que a foto estava virada mas ao ver a igreja à esquerda do cinema ví que a posição estava certa.
Abs,
Bertoni
http://fotolog.terra.com.br/outromundo
pikyto 18/01/05 6:49 …
Cine Pax, dos inesquecíveis Festivais Tom&Jerry e das operetas matinais. Que saudade…
Abs.