Bondinho, anos 50


Quem vai ??????
A precariedade, e o clima “pitoresco” do primeiro bondinho do Pão de Açúcar.

19 comentários em “Bondinho, anos 50”

  1. A porta era aberta assim mesmo?
    O bondinho (mais ou menos) preservado no Morro da Urca já tem um aspecto mais moderno, com certeza está parecido como era ao ser desativado em 1972.

  2. André, você tem idéia qual devia ser a madeira utilizada neste bondinho-caixotão aí para aguentar as intempéries? Pinho-de-riga, Ipê roxo, peroba…

      1. isso possui sentido. por que falam que o nome “bondinho”, veio porque o bondinhos que se usavam na cidade eram os mesmos usados como teleféricos para o pão de açúcar. dai vem o nome.

  3. Conhecendo o sistema hoje, diria que era até mais leve… Um detalhe é que o terminal ficava em um ponto diferentes, pouco mais ao norte (à esquerda de quem sobe), o que indica que o sistema também era diferente. Mesmo com esse aspecto, nunca caiu e nem teve acidentes. No máximo um ou outro vomitando, aproveitando que poderia fazê-lo sobre a vegetação abaixo. Não duvido muito que em função do material ser perecível houvesse trocas constantes dos carros, com alguns redesenhos sutis. Mas como o custo unitário não era tão alto e nem demandava uma firma suíça especializada, do mesmo modo sequer seria noticiado.
    Ele foi desativado alguns anos depois da instalação dos novos terminais. Funcionou como via de carga, deixando o Pão de Açúcar com dois terminais durante algum tempo.
    Mas quem não andava em montanha russa, por exemplo, dificilmente encararia uma viagem num desses…

    1. Os cabos e torres do sistema antigo ainda estão no meio da mata. Quem sobe para o Morro da Urca pela trilha passa por eles.

  4. A viagem no bondinho antigo era muito agradável.
    Acho melhores os atuais, apesar de que quando se fica no meio não dá pra aproveitar a vista durante a viagem. Os atuais bondinhos exigiram estações muito maiores no alto dos morros o que aumentou a poluição visiual dos mesmos.
    Algumas fotos do bondinho em ação no passeio aoPão de Açúcar em 1955 em post duplo aqui: http://cariocadorio.wordpress.com/2011/01/24/pao-de-acucar-um-passeio-em-1955/

    1. Na foto do Cariocadorio fica visível que o bondinho tinha realmente uma porta de duas folhas. Mas agora fiquei curioso é como se fazia o acesso na estação inferior, já que a porta ficava virada para a “frente”, sentido de subida do bondinho.
      Outra coisa que poucos lembram é que o antigo bondinho era de “pista simples” (apenas um em cada trecho). O bondinho preservado deve ser o que levava ao Pão de Açúcar, onde será que foi parar o que subia o Morro da Urca?
      Não sabia que o cabo estendido no meio da trilha era do antigo bondinho. Mas as torres citadas pelo JBAN não são dele e sim de transmissão elétrica, acho que ainda operam.

  5. Tenho uma foto do antigo bondinho e mais algumas que recebi e gostaria de contribuir com o blog.
    P/ qual e-mail eu mando?
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 8 + 13 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...