Nessa outra fantástica imagem do acervo da amiga Myriam Gewerc vemos a vista dos morros que circundam parte da Zona Sul, mais precisamente a Lagoa, Leblon e Jardim Botânico.
A imagem feita em  Dezembro de 1935, tirada por cima de um morro que pode ser o Cabritos ou o Cantagalo, mostra por entre a vegetação uma pequena parte do espelho d´água da Lagoa emoldurado pelos Morros Dois Irmão e mais ao fundo a Pedra da Gávea além de parte do Maciço da Tijuca.
O local em que o Sr. Erich se encontrava é muito curioso, vemos algo próximo a uma fazenda, ou chácara, como uma casa no centro da imagem e a esquerda um telheiro, ambos abrigados por de trás de uma grande pedra, que defendia as duas construções do vento que entrava pela restinga de Ipanema, deveria ser um local fantástico e nos dias de hoje acredito que desaparecido, infelizmente o Sr. Erich não deu a localizão precisa de onde bateu a foto apenas escreveu no verso, em bico de pena, as seguintes palavras  que parecem ser em alemão: “Rio, Dez 1935, fuderlake des les Rodrigo de Freitas” . Está então lançado aos comentarias que se aventuraram em épocas mais tranquilas no topo dos morros que circundam a Lagoa pelos lados de Copacabana a especularem o lugar exato de onde a foto foi tirada.
Foto: Acerdo de Myriam Gewerc