História do Jockey XII

andredecourt's Foto von 07.07.04

Aos poucos os gigantes aterros e o clube que surgia, iriam modificando a geografia do lugar, a rua Jardim Botânico que nessa área era tão próxima da água que em determinados pontos haviam pier’s para o desembarque dos visitantes do parque .
Vemos na foto um bonde passando na região da velha Ponte de Tábuas, hoje confluência das ruas General Garzon, Pacheco Leão, e Jardim Botânico, a rua era tão tranqüila que se podia manter um canteiro central com postes .
O bonde é o carro 61 da linha Jardim Leblon, então umas das poucas conduções para os moradores do novo bairro, pois a ponte que liga as ruas Visconde de Pirajá e Ataulfo de Paiva, ainda não tinha sido concluída, só existindo a da praia.

Comments (22)

beatle 07.07.04 08:40 …
Assim como a Lagoa, que teve grande parte de sua área aterrada.
gabriel_andrade 07.07.04 09:18 …
Realmente, foi um Rio que passou!!!
moshe342 07.07.04 09:42 …
que romantico este bonde tâo calmamente transportando pessoas – um meio de transporte que só mesmo uma incopetência em matéria de transporte público de qualidade pôde recusar.
Uma pena que eles tenham ficado reduzidos a somente o de Santa.
Bom dia :))
andredecourt 07.07.04 09:52 …
E o pior no dia que eles saíram de circulação, salvo os que já tinham sido comprados por museus norte-americanos, sabe o que aconteceu ???
Foram todos incendiados, como uma forma de ninguém nunca mais coloca-los para rodar !
moshe342 07.07.04 09:55 …
´so se pode chamar de ignorância –
os bondes sâo hoje em quase todas as capitais e grande cidades européias um prático, confortavel, moderno e barato meio de transporte.
Ás vezes dá prá pensar que o Brasil cresce como rabo de cavalo, prá baixo
Um abraco
luanua 07.07.04 11:08 …
“Veja, senhor passageiro
Que belo tipo faceiro
O senhor tem a seu lado!
No entanto, acredite,
Quase morreu de bronquite.
Salvou-o o Rum Creosetado”
Eu ainda não sabia ler, mas fazia minha mãe ler sempre que andávamos de bonde. Ó céus!!! Sou da época deles….
bwanis 07.07.04 11:28 …
Uma pena não existir mais bondes…
Agora só temos os de Santa Tereza….
:)))
tumminelli 07.07.04 12:06 …
Taí uma coisa que me amarro: bonde.
Abs
Roberto
revoredo 07.07.04 13:51 …
Parabéns pela foto. Não sou desta época da foto, mas morei na Rua Faro, 43 e na Rua Itaipava, 62 de 1952 a 1968 e andei muito de bonde pegando-o em frente ao famoso Bar Jóia. Estudei no Colégio São José na Rua Jardim Botânico (Hoje CE Shakespeare, se não me engano) e no Ginásio da Divina Providência (da Congregação Dom Orione), na Rua Lopes Quintas. Interessante é que mudaram a igreja de São José da Rua Jardim Botânico para a Lagoa. Para construir o Shakespeare.
revoredo 07.07.04 13:57 …
Em tempo: Tmabém trabalhei no Banco Boavista S/A nesta ocnfluência, na Rua General Garson e freqüentava o Carioca Esporte Clube, Condomínio, Caxinguelê e Clube Naval neste mesmo bairro.
jro 07.07.04 15:08 …
A gávea é em frente, e a esquerda tem o muro/ prédios do Jóquei, né não ???
JRO :-))
eduardo bertoni 07.07.04 16:31 …
Estamos sempre na contra-mão. Como disse o Moshe (será que esse tb. usa tapa-olho? :):):), as maiores capitais européias e mesmo algumas grandes cidades americanas tem no bonde um grande meio de transporte. Aqui o que se vê é um metrô mal planejado, um número espantoso de ônibus e a maior relação táxi/população do mundo que faz os taxistas ( que hoje nem precisam ter carteira de motorista profissional) disputarem clientes à tapa como fazem as putas na Av. Atlântica, gerando nossos conhecidos engarrafamentos.
andredecourt 07.07.04 17:54 …
Zé Rodrigo isso mesmo, a Gávea é em frente a esquerda o muro do Jockey e à direita a Pacheco Leão
henrique 07.07.04 18:50 …
O casarão da esquina…???
Ainda existe?
Não me lembro dele atualmente na General Garzon…(!)
andredecourt 07.07.04 18:57 …
Não é um casarão é uma estrutura junto ao muro do Jockey, acho que fora as pequenas janelas tapadas está tudo igual
frederico_mendes 07.07.04 19:49 …
Morei na Rua corcovado, que é 300 metros daí.
Não sabia que havia uma ponte de madeira.
sou300@globo.com
Jason 07.07.04 19:54 …
Aliás, nesta foto, tirando o canteiro central e o bonde, está tudo praticamente igual.
andredecourt 07.07.04 23:28 …
Pois é Fred, nessa confluência de ruas antes era a foz do rio dos Macacos na Lagoa, e foi construída uma ponte, se não me engano ainda em tempos de D. João VI, grande curtidor dessa região, a ponte ganhou esse nome (de Tábuas) que passou a nomear aquela região imediatamente fronteira à ela.
Tanto que hoje ha uma livraria ali perto que faz uma homenagem a este passado .
lanari 08.07.04 01:14 …
Oi André,
a livraria mudou de dono e de nome. Agora se chama Hartman.
isim 08.07.04 07:46 …
Puxa, é sempre uma viagem passar por aqui….
Nunca vejo uma foto apenas.
Super trabalho. Parabéns !
kelly 11.07.04 11:10 …
muito boa essa foto.amei
afranio@i12.com 12.09.04 21:50 …
Foi lastimável a extinção total dos bondes do Rio de Janeiro. Até hoje em alguns bairros seria excelente meio de transporte. Santa Teresa que se cuide para não perder os poucos que possui, pois não vejo nenhum político que se empenhe pela sua preservação.