Em defesa do Metrô

Hoje o Rio que Passou entra oficalmente na corrente do O Metrô que o Rio Precisa, www.metroqueorioprecisa.com.br , mantendo sua linha de coerência de opinião que vem desde 2008, quando fizemos o primeiro post de protesto  face ao absurdo da Linha 1-A e da destruição que o atual governo, em conluio com a concessionária do sistema, vem implementando no sistema metroviário de nossa cidade vizando apenas resultados de curtíssimo prazo e logicamente de cunho eleitoreiro e que irão inviabilizar todo o sistema para o futuro.
O movimento O Metrô que o Rio Precisa é um movimento criado pela sociedade civil, notadamente associações de moradores, engenheiros, técnicos de transporte, cidadãos etc… que se cansaram de ficar de braços cruzados quando um investimento de bilhões de reais corre o risco de ser jogado no lixo. Investimento este que vem dede os anos 50 e foi sabotado de todas as maneiras, e quando a cidade mais precisa poderá ser aleijado em definitivo para criar uma pantomima de 20 dias, iludindo turistas, deslumbrados e membros do COI e criando um desastre de pelos menos 5 anos para ser cosertado e muitos milhões de reais, isso se puder ser consertado.
Portanto como já falado, por coerência e combatividade o Rio que Passou adere publicamente à causa, embora esteja nela desde sua criação em novembro de 2003.
Aqui está um breve histórico de nossos posts sobre a destruição do sistema metroviário:
http://www.rioquepassou.com.br/2008/04/01/obras-da-estacao-estacio-do-metro/
http://www.rioquepassou.com.br/2008/11/03/metro-linha-prioritaria-e-linha-1-segunda-metade-dos-anos-70/
http://www.rioquepassou.com.br/2009/06/27/rua-tenreiro-aranha-e-a-farsa-da-venda-dos-terrenos-do-metro-parte-i/
http://www.rioquepassou.com.br/2009/06/29/linha-1-a-do-metro-o-engodo-e-a-destruicao-do-sistema/
http://www.rioquepassou.com.br/2009/07/01/a-farsa-da-venda-dos-terrenos-do-metro-parte-final/
http://www.rioquepassou.com.br/2009/11/06/piranhao-passarela-sobre-a-presidente-vargas-e-a-linha-1-a-do-metro/
http://www.rioquepassou.com.br/2010/01/11/linha-1-a-a-constatacao-da-verdade/
http://www.rioquepassou.com.br/2010/01/13/linha-1-a-da-politicagem-para-a-exposicao-de-risco-do-usuario/
http://www.rioquepassou.com.br/2011/04/04/metro-a-mais-um-passo-da-destruicao-do-sistema/

20 comentários em “Em defesa do Metrô”

  1. A ideia que norteia a obra do Metrô – e de todos os investimentos em infraestrutura – pode ser resumida numa frase: procura-se fazer o que tem maior impacto político, menores gastos, e menor legado possível.
    Não se pode fazer nada definitivo ou realmente eficiente, para não abalar o status-quo (máfia dos ônibus e das vans) e motivar o máximo de novas obras no futuro.
    (PS: Decourt precisa acertar esse antispam, mensagens reais caem no filtro e spam “cifrado” passa direto)

    1. Só as suas estão ficando no anti-spam, não sei o porque, talvez IP. Já esses cifrados estão em verdadeiro bombardeio desde o início da semana, tive que apertar as regras e já penso em janela de validação.

  2. O Rafael dissse tudo. Nunca vi em lugar nenhum do mundo ,
    como as ilegalidades e falcatruas economicas e politicas possam prejudicar uma cidade só por causa de uma copa do mundo e olimpíadas.O governo federal estadual e minicipal
    só pensam em levar alguma vantagem cos essas competições,
    acabando de uma só vez com qualquer plano para melhorar a vida de todos os cariocas. Um metro bem palnejado e bem construido salvaria a nossa cidade desses bandidos das vans e
    coletivos de uma vez por todas.Mas temos contra os que es-
    bravejam e mostram esses erros como Andre e esse blog entre
    outros o proprio povo influenciados pela rede Globo (jornal e
    tv) que apoiam esses tipos de eventos para faturar comercial-
    mente e politicamente.Infelizmente os mais esclarecidos são
    semore os mais prejudicados. O povão que leva 3 horas pra se deslocar da casa pro trabalho reclama mais mais quer a copa
    de qualquer jeito com ou sem transportes adequados condicio-
    nados por uma lavagem cerebral dos politicos e empresários.
    Vi recentemente uma entrevisata com o Sr. Roberto Medina
    o do rock in Rio, que ele apoia plenamente o Governador e o Prefeitinho do nosso estado pela iniciativa de ter a copa e a
    olimpíada na nossa cidade.Precisa dizer mais.

    1. Infelizmente, o povo parece não querer saber se eles são ou não eficientes. Quer saber se estão juntos. Como estão podendo juntos com a vida da gente, acabam ganhando aval para continuar podendo…

  3. O pior e assistir a parte chapa-branca da imprensa defender o indefensavel com argumentos risiveis.
    A emissora-chefe dos puxa-sacos esteve ate na China, a convite do metro, para mostrar as novas composiçoes, que ja deveriam estar em funcionamento, mas que so chegam em 2012.
    A desculpa esfarrapada dos asseclas do Cabral de que o importante e o Metro chegar na barra ate o final de 2015, nao importa o traçada, convence a quem?

    1. R$480 milhões em publicidade durante quatro anos. Quase nenhuma publicidade de utilidade pública, apenas autoelogiativa. Assim, a mídia acoberta tudo quanto é tipo de atrocidade e faz qualquer vagabundo parecer espetacularmente eficiente, quando em todas as áreas só se tem maquiagem. Daquelas que caem com qualquer brisa. Mas a publicidade dá de brinde o retoque da mídia… Deveríamos levantar um ato civil contra essa verba. Gastou-se mais em propaganda do que com a única estação construída pelo estado no período… Isso para mim é um caso claro de improbidade administrativa.

  4. Acredito que o razoável seria o traçado do metrô passar pelos pontos de maior movimento, mas isso não acontece na zona sul do Rio. Alí para diminuir os custos, o metrô fugiu da parte central dos bairros, indo se esconder debaixo dos morros. Nas estações de Copacabana e Ipanema temos que andar quase um quilômetro da entrada na rua até a plataforma do metrô. Um absurdo em nome da economia porca!

  5. A cidade vai parar, mais cedo ou mais tarde.
    Esses improvisos não funcionam, cada ano mais carros na rua, os cidadãos que podem não usam o transporte público porque não prestam e para evitar o caos durante as Olimpíadas, vão proibir o cidadão de circular nas ruas durante o evento, que é a única forma de liberar a circulação.
    Ou então aumentar o combustível para 10 reais o litro.
    Podem escrever o que digo.
    Não há mais tempo para investir em nada.

    1. Um palpite meu já foi homologado: o de dar transporte gratuito no dia de jogo pra quem tiver ingresso.
      De resto, acredito que tenha rodadas duplas com intervalos compridos em ginásios e estádios, para distribuir a chegada e determinados modais, como o infame e ineficiente corredor T5 (Transcarioca) seja de uso exclusivo do público dos jogos. Dependendo da situação vislumbrada, podem fazer o mesmo com o metrô.

  6. André… Desde 2008 tenho acompanhado aqui, sei o que é metrô, a naturalidade das coisas que eles chamam de aberração, o quanto tentam convencer de que malha metroviária não se faz necessária, quando qualquer cidade grande precisa de algo assim, não de uma linha pura e simplesmente…
    É estranho que apenas o [des]governo, a concessionária e alguns envolvidos na obra defendam esse traçado. Não conheço ninguém da sociedade que defenda que o metrô seja feito assim. Ninguém.
    E o governo federal é um tremendo parceiro de vagabundagem. Cadê o PAC da mobilidade? Se vai colaborar, por que não faz o certo? Por que fazer um TAV que beneficia poucos por dia quando poderia fazer 300 km de metrô e beneficiar milhões de pessoas todos os dias…
    Parece que querem a todo custo inviabilizar o Rio como lugar para se viver…

  7. Boa noite André.
    Encontrei esta página do metrô carioca hoje, pois devido ao pouco tempo não tenho passado por aqui.
    Não sei como entrar em contato com voce, a não ser este, para te indicar este tópico que fiz com material que guardo desde 1968 sobre o nosso metrô. Fique à vontade em querer postar as fotos e documentos se quiser, tenho os originais scaneados em tamanho maior do que neste que indico.
    O nome é :
    Breve Histórico do Metro Carioca.
    http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1051351
    Este mapa mostrado faz parte de um folheto distribuído em 1975 com 32 páginas, que está postado na íntegra.
    Abraços, e mais uma vez parabéns pelo excelente trabalho de divulgação do Rio Antigo.
    Paulo Teixeira

      1. O forum “Infraestrutura e Transporte” do Skyscrapercity tem muitas discussões sobre assuntos que levantamos aqui. Não sou registrado mas visito com frequência.
        O Skyscrapercity, como um todo, é literalmente “o mundo”, acho que deve ser possível conhecer a história urbanística do mundo inteiro através de seus incontáveis tópicos e foruns. Eu só conheço uma ponta de iceberg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 15 + 2 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...