largo-da-misericordia

Há mais de 100 anos Malta documenta a instalação de novos combustores à gás na região da Misericórdia. Com a típica garotada aboletada no equipamento instalado.
O sobrado fotografado, em atualíssimo estilo eclétco, certamente era um dos melhores da região. O comércio por ele abrigado possuia até vitrines, embora não tenha conseguido descobrir até agora o que é comerciado. Penso em flores, mas acho meio estranho elas expostas sobre cavaletes.
Possivelmente todos esses imóveis desapareceram com a construção dos Pavilhões da Exposição do Centenário da Independência, que poupu apenas um dos lados do largo, onde hoje está a Igreja de Nossa Senhora de Bonsucesso. Mas o melhor da foto se encontra ao fundo, que parece ser o Beco da Batalha, vários imóveis coloniais, um conjunto de casas térreas, um sobrado e um sobradão de 3 pavimentos, com telhas canal, janelas de bandeiras e quinas ornadas, possivelmente de cantaria.