Av Central, primeira década do séc. XX

cinelandia157

Nossa imagem de hoje remonta aos primeiros ans do séc. XX, logo após as grandes reformas urbanas de Passos, que mudaram de vez a face da cidade.
O fotógrafo possivelmente está no topo  do prédio do Supremo Tribunal  e mira suas lentes para o recém concluído Theatro Municipal e a nova Praça Ferreira Vianna, ou talvez já Floriano, vindo o genral lá de Villa Ipanema e o político indo para lá, num troca-troca de logradouros.
Além do prédio do teatro, que domina a paissagem ela nos dá outros vários detalhes. No extremo esquerdo temos o velho alinhamento da Rua da Ajuda ainda seguindo as terras do convento do mesmo nome, logo após o velho prédio do Colégio de São José, transformado décadas antes em Conselho Municipal.
Por de cima do prédio do Conselho temos a torre da Igreja Anglicana e logo ao lado a recém retificada Rua da Guarda Velha, na época já 13 de Maio que em pouco mais de 20 anos ganharia novo PA, ainda mais largo que se implementaria de vez nos anos 50. 
Ao fundo vemos a silueta do Theatro Lyrico, eclipsada pelo no teatro que lhe tirou o posto de melhor da cidade.
No horizonte, à direita o Convento de Santo Antônio e à esquerda o Hotel Avenida

10 comentários em “Av Central, primeira década do séc. XX”

  1. Fantastica a foto, parabens pelo resgate!
    A rua da Ajuda, referida na foto — como ela se conectava com a atual rua da ajuda, onde existe hoje a Leiteria Mineira, junto a av. Nilo Pecanha?
    Obrigado!

    1. Ela seguia um traçado praticamente superporto com a atual Rio Branco, saindo do encontro com as Ruas de S. José e Ajuda e indo até o Passeio, onde é o teatro Municipal, havia outro largo, o da Mãe do Bispo onde ele se encontrava coma Da Guarda velha, com a Ladeira do Seminário e com a Evaristo da Veiga.

    1. De acordo com o Luiz D’. Os prédios de gabarito muito alto, apequenaram o Municipal, A Escola Nacional de Belas Artes e a Biblioteca Nacional.

  2. Nesta foto vemos que o Teatro Lírico ficava bem no meio do eixo da atual 13 de maio, lá no fundo. Esse ângulo da foto foi muito esclarecedor, pelo menos para mim.

  3. A 13 de Maio/Guarda Velha era sinuosa, na altura da Barão de S.Gonçalo (Av. Alm. Barroso) ela virava na direção da atual Rio Branco atingindo o Largo da Carioca no ponto em que ainda existem alguns oitis da Era Passos. Os edifícios da Caixa e Avenida Central “invadiram” o antigo traçado da rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 7 + 2 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...