Nosso post de hoje começa como uma pegadinha.
Aonde ficaria esse prédio, de uso misto, com cinema em baixo e majestosos apartamentos de 3 e  4 quartos divididos em seus dois blocos ?
O projeto era de grife, feito por um famoso arquiteto, esqueçam a “tartaruga”, quem era ?
Como pista falo que o projeto era dos anos 50, e nunca foi realizado, tendo sido construído no local prédio diverso
Boas adivinhações !!!

A imagem já responde onde ficaria esse conjunto, composto de dois prédios, cinema e lojas. Bem no lugar do antigo Cassino Atlântico.
O arquiteto era Afonso Reidy, e o seu projeto era mais uma da suas “máquinas de morar”, algo que o arquiteto fazia com extrema competência. Inicialmente o bloco da frente possuiria 2 apartamentos  de 4 quartos, sendo um suíte, 3 salas ( almoço, jantar e estar, fora o jardim de inverno) e dependências com dois quartos de empregada. E o bloco de trás 2 apartamentos de 2 quartos e em outra ala, 9 de quarto e sala, todos com varandas, em uma fachada falsa, com cobogós, como aliás usada pelo arquiteto em outros prédios de sua autoria, inclusive no famoso Conjunto do Pedregulho.
Ao contrário dos inúmeros quarto e sala que surgiam no bairro, muitos não passando de quitinetes vendidas no esquema “gato por lebre”, os pequenos apartamentos de Reidy possuíam dependências de empregada, área e serviço e sala de jantar, isso mesmo, um quarto e sala de um razoável tamanho. Ou seja, ao contrário dos apartamentos da Predial Corcovado, que mais construía no bairro na época, que possuíam apenas uma janela para todo o imóvel e cozinha que não cabia geladeira os pequenos apartamentos de Reidy, tinham além de duas janelas na frente, um prisma interno para as dependências de serviço.
Mas a planta não foi bem recebida e o arquiteto posteriormente modificou o segundo bloco para abrigar 4 grandes apartamentos de 3 quartos, com a mesma tipologia de fachada, que, aliás era usada para as fachadas laterais do bloco da frente, que abrigavam os quartos.
O cinema não era dos maiores, se compararmos os outros cinemas do bairro como o Roxy e o Rian, mas certamente se tivesse sido construído e sobrevivido estaria hoje dividido em pelo menos 2 salas. O prédio ainda tinha duas garagens com capacidade de 70 carros, sem manobra.
P conjunto por algum problema com o incorporador ou com o prédio do antigo cassino não foi construído, permanecendo por mais uns 20 anos a construção déco do Cassino Atlântico, ocupada pela TV Rio. No início dos anos 70 o velho cassino foi demolido e um prédio com planta e uso totalmente diversos do planejado por Reidy subiu no local.