foto de andredecourt en 14/12/05

Essa é uma foto para os incrédulos, mostra com detalhe os viadutos separados, e a boca das galerias Cosme Velho-Lagoa, o túnel ainda opera só com uma faixa de rolamento funcionando.

Comments (21)

jban 14/12/05 6:23 …
E para variar, só dá Fusca !!
O tráfego hoje em dia é insano.
luiz_d 14/12/05 6:24 …
Ótima foto dos velhos tempos!
Como era tranquilo passar por aí.
http://fotolog.terra.com.br/luizd
Rafael Netto 14/12/05 7:01 …
O acabamento do viaduto é igualzinho ao do primeiro trecho da Perimetral, que se não me engano é contemporâneo. Mas as luminárias parecem mais modernas – a perimetral não chegou a usar aquelas “réguas” com lâmpadas fluorescentes?
E eu achava que o primeiro viaduto “alargado” do Rio tinha sido aquele da Linha Amarela sobre a Av. Brasil.
http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto
andredecourt 14/12/05 8:15 …
Isso mesmo Rafael, as luminárias do Perimetral (primeiro trecho) eram fluorescentes, aqui já são usadas, se não me engano, luminárias da GE à vapor de mercúrio, na época certamente ainda com lâmpadas de 250w.
O perimetral é alguns anos mais velho
onewayoranother 14/12/05 8:26 …
Too old hahahah
;****
Lara
photoquim 14/12/05 8:36 …
Três veículos na foto. Os três são “Fusca”.
[]s.
JQ//.
sami_rj 14/12/05 9:17 …
Uauuu….que 10 !!! Adorei a foto !
bjs
Sami
cidadedorio 14/12/05 9:18 …
Será que na época, as pessoas imaginavam que, no futuro, os carros seriam de tão variados modelos e marcas??
Bela foto!!
lucia 14/12/05 9:21 …
O avô do Gustavo não passava no Rebouças, pois a velocidade mínima era 40km/h. Ele andava a 20km/h.
🙂
Caraca,o Fusca era uma praga!!!!!!!!!!
AG 14/12/05 9:40 …
Não, cidadedorio, acho que a dúvida das pessoas não era essa. Acho que a grande questão era se, um dia, as indústrias automobilísticas, depois de chucharem na teta deste mercado sem lei, iriam tomar vergonha na cara e produzirem automóveis dignos de serem usados.
O governo brasileiro foi obrigado a proibir a importação de automóveis para “apoiar” a indústria automobilistica que, tadinhos, não podiam competir com os importados. Diga-se importados, da terra e das fábricas deles mesmos no exterior.
E aí, sem opção (só os contrabandistas, os milionários e políticos tinha carro importado) o pobre do consumidor brasileiro teve que aceitar essas carroças que os gringos ofereciam. Aliás, a melhor coisa que aquele F.D.P. do Collor fez foi dar uma prensa nas montadoras dizendo que o carro nacional eram carroças; o termo é dele.
Hoje a coisa melhorou. Não temos mais o Wolfgan Sauer dando murro na mesa do presidente José Sarney mas, em compensação, ainda tem muita indústria despachando sucata para suas fábricas aqui no quinto dos infernos.
Mas o Brasil vai pagar adiantado 14 bilhõs de dólares ao FMI.
Você acreditaria nisso quando votou (ou não) no PT ?
edubt 14/12/05 9:49 …
Em foto atual faça o favor de substituir o Fusca por PARGHlio!!!
:-))))
Leflaneur 14/12/05 10:51 …
AG, eu parei de qualificar o Collor com FDP, depois que o Lulla mostrou a que veio.
Rafael 14/12/05 11:16 …
Fala aí Andre,fala ae,pessoal!!!
Bem,acho que não teria muito a acrescentar sobre a foto de hoje,mas,mudando só um pouquinho de assunto,ao ver o fusca ali na foto,lembrei-me imediatamente do que li hoje no caderno de automoveis do O GLOBO(carro e etc)no qual anuncia-se o fim do motor boxer(pra quem não sabe é o que equipou fusca,brasilia,variants,tl,e hoje equipa somente a kombi)!!!Esse histórico septuagenário(escrevi certo??)vai ser substituído por um motor mais novo e mais silencioso e menos poluente.
Posso chutar que nessa época da foto,as ruas eram literalmente tomadas diariamente por esses motores barulhentos,mas extremamente confiáveis.
Concordo com o que disseram acima que no Brasil só havia carroças até que o collor pusesse contra a parede as montadoras(pelo menos alguma coisa de bom ele tinha q ter feito,né??afinal de contas,ninguem só erra e ninguém só acerta,né??),mas ainda hoje a gente tem que aturar carros muito muito ruins,pagando muito caro por isso,a cada dia pagando cada vez mais por cada vez menos.Li há um tempo num jornal que
o fiat uno custava 19mil tendo motor 1.0 aqui no brasil e o mesmo carro(com motor 1.3)é comprado pelos argentinos por 13mil,sendo que ele é exportado pra lá!!!querem prova maior disso???e como se não bastasse,jogo de calotas virou opcional!!1 absurdo
Rafael 14/12/05 11:29 …
ah,desculpe fugir tanto assim da foto do dia (rsrsrsrs),mas é que só hoje pude ver o post de ontem,no qual se disse que transporte de massa era caminhão da Adria.Pois bem,também acho que é 1 absurdo não haver transporte de massa eficiente e decente aqui no rio,mas penso que ainda dá tempo.Talvez seja inocência da minha parte,mas existem projetos que viriam a integrar de verdade a cidade através do metrô.Sei,assim como todo mundo,que esse tipo de coisa demora décadas,mas existe um projeto,que inclusive pode ser visto aqui nesses links aqui: http://www.riotrilhos.rj.gov.br/projetos_obras_contratadas.asp
http://www.riotrilhos.rj.gov.br/projetos_obras_em_estudo.asp
De certa forma é a prova de que solução existe…só não se sabe se existe vontade!!
1 abraço a todos
Marcelo Almirante 14/12/05 13:43 …
Tem gente que fala em TEORIA DA CONSPIRAÇÃO. Um governo que arrecada cerca de 40% do PIB em impostos e investe somente O,3% !!!!!
ISSO É PRÁTICA DA DESTRUIÇÃO
Num automóvel por exemplo, 50% do valor são pagos em impostos. Olha que nem sobra verba para tapar o buraco das estradas.
Brasileiro é muito sonso ou muito otário, me desculpem a simceridade. No carnaval vai todo mundo pular de alegria.
Sergio Luis dos Santos 14/12/05 13:56 …
Voltando ao buraco, digo túnel, nessa época aí eu não reparava na separação do viaduto, pois sempre que passava por aí ficava sentadinho no banco de trás do Fusca ou da Dogde de meus tios, sem me mexer, olhando para a rocha. O túnel me parecia um buraco assustador e só me sentia salvo quando via a luz do dia novamente. Depois que cresci ele ficou pequenininho, mas cresceu um pouco depois que colocaram radar, não dá para fazer mais de pé em baixo quando não têm transito mas ainda é possível algumas gostosas “estilingadas”…
dependecomo 14/12/05 17:35 …
eu fico triste pelo rio, tanta favela, e olha como era.
ngrille2 14/12/05 20:18 …
Continuas arrazando nas fotos!
Passei para desejar um Feliz Natal prá vc e toda família.
Bjks
Norma
Cadu 14/12/05 22:44 …
ja dá p/ perceber a presença da favela no alto do morro
leflaneur 14/12/05 22:47 …
Todas as “obras viárias” do Rio foram fermento de favela… porque são pessoas desassistidas, o mundo é mau, tudo é difícil…
que nojo!
andredecourt 14/12/05 23:15 …
Claro, ela já está lá, ainda pequena e pacífica