Av. Rodrigues Alves, início do séc XX

andredecourt's photo de 14/10/04

O bonde para Cascadura passa pela avenida Rodrigues Alves, sem o elevado da perimetral que veio acabar com qualquer tentativa séria de revitalização da área .
Podemos na foto reparar os belos postes de iluminação pública, bem como os armazéns construídos quando da feitura do porto, a direita vemos silos de grãos que podem ser do Moinho Fluminense.

Foto de Malta

Comments (36)

joelmarinho 14/10/04 08:58 …
André,
lembro de uma troca de figurinhas aqui no fotolog sobre um anúncio do gumex, feito em ladrilhos, que ficava nesta região. será que este bonde passava por ele ? será que algém mais ainda se lebra do tal anúncio do gumex…?!
faberpaganoto 14/10/04 08:58 …
queria ter vivido nessa época só pra deixar muita coisa escrita e muitas fotos pro futuro
joelmarinho 14/10/04 09:00 …
agora abriu a foto…! o muro que fica a esquerda do motorneiro tem tudo para ser o tal muro do anúncio.
trens e bondes….acho que esta ligação Rio-Minas passa por trilhos.
Abraço!
rbpdesigner 14/10/04 10:08 …
o bonde era bem bonito, estiloso!
e o calçamento parecia bem montado…
[]s
eduardo bertoni 14/10/04 10:21 …
Qual era a procedência dos nossos bondes?
vodca 14/10/04 10:29 …
passei tão rapidinho ontem né….quando vai ter um choppinho belmonte daqueles de novo? beijos
betotumminelli 14/10/04 10:55 …
Essa foto ta bonita!
Gostei da robustez do bonde!
:-)))
claudiozoghbi@hotmail.com 14/10/04 10:56 …
Ao lado direito da foto, em frente ao bonde, encontra-se hoje no lugar do moinho um posto de gasolina que preservou a chaminé do mesmo.
Marcelo Almirante 14/10/04 11:13 …
Se o viaduto é motivo de vergonha, merece ser demolido, os autos poderiam passar pela superfície, assim como no aterro do Flamengo. Os pedestres chegariam ao cais através de passarelas.
Antolog 14/10/04 11:25 …
Que diferença dos dias atuais… sem o viaduto da Perimetral, a Avenida Rodrigues Alves viveria o tempo todo engarrafada. Ví um projeto no site da prefeitura, onde esta área seria urbanizada, com o viaduto sendo derrubado e no local se fariam mergulhões, ficando a parte superior somente para os pedestres, como na Praça Quinze.
Marcelo Almirante 14/10/04 11:35 …
Tenho mais fotos de bondes na minha página:
http://geocities.yahoo.com.br/row701/bondes-rio.htm
jro 14/10/04 12:08 …
Vc sabe quanto tempo demorava uma viagem até Cascadura, e qual era o caminho ?
Existe alguma planta da cidade com os trajetos dos bondes demarcados?
Seria super interessante ver isto, né ?
JRO :-))
jro 14/10/04 12:16 …
Porque voce não faz desta planta um tema para cá ?
:-))
jro 14/10/04 12:23 …
Cria então.
Faz por partes.
Desenha por cima de alguma outra planta que seja “fotologavel”…
:-))
riobus 14/10/04 12:41 …
que ano é isso?
e a de ontem?
andredecourt 14/10/04 12:55 …
Eduardo, nossos bondes eram feitos nos EUA
rio_antigo@ig.com.br 14/10/04 13:56 …
Parece bem razoável imaginar que esta chaminé à direita da foto seja a mesma que existe até hoje, preservada no terreno do “Posto Chaminé”. É interessante o fato de o posto ter adotado a tal chaminé, fazendo parte do nome e marca registrada do posto!
apessoa 14/10/04 15:04 …
Se quiser me passa a planta por email que eu a desnho!
E há um estudo (tá bom, tem uns dez anos, a frota de carros era a METADE da de hoje…) que o impacto da demolição da Perimetral não seria tão grande assim. Em Boston estão demolindo o equivalente da Perimetral lá e fazendo um ergulhão, mas demorou quase vinte anos (!!!) e um fortuna!
rockrj 14/10/04 15:29 …
A foto está linda, e os bondes tinindo de bem conservados…
principioativo 14/10/04 15:44 …
haha! caraca maluco, tu é foda mesmo pra sacar essas paradas! e eu estava de fato dentro de um quarto do hospital são josé!
abraços
principioativo 14/10/04 15:44 …
ah, e o posto vai com o mesmo nome do hospital 😉
mapas 14/10/04 15:59 …
Andre, foto bacana. Fiquei surpreso ao saber que os bondes alcançavam locais tão distantes. Tem idéia da quilometragem desse percurso?
Parroula
alvarogabriel@openlink.com.br 14/10/04 16:07 …
Que bacana que era o bonde. Ainda hoje pego o bonde de Santa Teresa e vou para casa todo feliz. Pena que o serviço já não é tão confiável como era antigamente; ou dizem que era antigamente. Quanto a Perimetral é mais, a meu ver, o “assassinato” do conceito de cidade que nunca foi nunca deveria ser feita para automobilistas. Antes de tudo a cidade é feita para o ser humano viver e não, simplesmente, morar. As máquina deveriam vir depois. Principalmente as máquinas individuais e ególatras.
lucia 14/10/04 19:45 …
E aí Sr.Decourt, e as fotos?
Ficaram boas?
Pegou sua máquina??
Vai postar aquele ruivo lindo?? 🙂
Tudo bem por aí??
Hoje estou uma metralhadora de perguntas… ;))
Bjs
Leflaneur 14/10/04 20:02 …
Valeu, André, mas uma pessoa que não chega a ser do tempo do bonde, mas lembra do lotação e do trolleybus em Copa… nem faço mais aniversário! Faço centenários! RS abração, obrigado, véio!
Marcelo Almirante 14/10/04 20:49 …
A cidade já teve uma das melhores redes de bonde do mundo inteiro. O Bonde chegava praticamente em todas as partes, inclusive antes mesmo dos loteamentos serem construídos. Bom lembrar também que a primeira cidade da américa do sul a dispor de bonde elétrico foi o Rio de Janeiro. Como também em 1859, com a primeira linha de bonde de tração animal entre a praça Tiradentes e a Tijuca , o Brasil foi o quinto país do mundo a dispor deste melhoramento, antes de muitos países da europa, por exemplo. Infelizmente após a guerra o sistema de bondes foi meio que abandonado, surgem os lotações, os ônibus diesel e cresce a frota de automóveis. Tempos “modernos”.
Marcelo Almirante 14/10/04 20:51 …
Por sinal foi o Lacerda que acabou com os bondes, dizem que ele queria até derrubar os Arcos da Lapa, acabando também com os bondes de Santa Teresa.
kasersose 14/10/04 20:56 …
LeF deixou o fotolog ºra não ter que aguentar as brincadeiras. Centenário… ele nem chegou ao meio centenário, pobre menino… Mas vai chegar antes que eu!
reiarthur 14/10/04 21:16 …
/andredecourt on control
Marcelo isso é um boato, o Lacerda promoveu uma das maiores restaurações dos Arcos até aquela época empreendidas, quanto aos bondes infelizmente ele errou feio, os bondes chegavam até a Taquara na zona Oeste e Irajá na zona Norte, fora os sistemas independentes na Ilha e Campo Grande, e ele retirou tudo alegando que prejudicavam o transito, de fato prejudicavam pois os trilhos por uma regulamentação do Sec. XIX tinham que ficar ao mais esquerdo possível da via, mas bastava reposicionar os trilhos e modernizar os bondes para termos um belo sistema alimentador do Metrô, sem poluição !
gerard_3 14/10/04 21:29 …
Que barato…os postes são muito bonitos e o bonde tá nos “trinks”!
Quem é o ruivo lindo?
Bjão!
De
myrmoura@ 14/10/04 22:31 …
Sobre bondes, e lembrando a foto do dia 12 (Av. N.S. Copacabana): o trânsito da Avenida era de mão única, sentido posto 6-Leme, como ainda hoje, mas os bondes trafegavam por ali nos dois sentidos, como mostram os trilhos da foto, vindo de Botafogo pelo Túnel Novo até o Posto 6 – na contramão. Era chamado de “mata paulista”, podem imaginar por que razão.
Daniel Vizeu 14/10/04 22:32 …
Andre, venho acompanhando seu fotolog já faz alguns meses, sou carioca e fico viajando nas suas fotos do rio antigo, bom , chega de lero lero, queria perguntar se voce me autoriza a pegar algumas fotos e fazer um album em meu multiply(danielvizeu.multiply.com) com o tema do rio antigo colocando seus méritos sempre.
Jason recém-voltado do Lamas 15/10/04 02:30 …
Que belleza de foto. Posso quasi ouvir o som do bonde que circula n’essa via.
Os encatarrhoados podem entrar nos bonds, com a condição de não tossirem mais de trez vezes dentro de uma hora, e no caso de pigarro, quatro.
Quando a tosse for tão teimosa que não permita esta limitação, os encatarrhoados têem dous alvitres: – ou irem a pé, que é bom exercicio, ou metterem-se na cama. Também podem ir tossir para o diabo que os carregue.
Leonardo 18/10/04 16:25 …
Que trajeto faria esse bonde? Devia passar por São Cristóvão…
brites 21/10/04 10:02 …
É difícil saber se o melhor de seu flog são as fotos ou os diversos comentários! Viajo em ambos…
O q mais gostei da foto foi o contraste avassalador entre o modernoso bonde e a carroça, como um exemplo daquilo q perde seu lugar para a modernidade, ele parece meio tristonho mesmo…
Obrigada pela criação deste q não é apenas um flog fotográfico, mas um verdadeiro fórum retrospectivo e prospectivo! []s