Pegadinha – Resposta

 
Nesse post fora de hora, faço então uma pegadinha…….onde estamos ????
Resposta sábado bem tarde.
Como bem acertou o Rafael ( embora colando) estamos vendo a Rua Otaviano Hudson, na região da Praça Cardeal Arcoverde em Copacabana. A rua embora mantenha praticamente todas as construções foi profundamente descaracterizada com as obras do metrô, pois o acesso às plataformas da Estação Cardeal Arcoverde passam justamente pelo seu leito.
Esse trecho foi feito no danoso cut and cover que provocou o corte de todos os oitis da via, aqui está o mesmo local hoje http://g.co/maps/9a3jg
Foto de Gyorgy Szendrodi

20 comentários em “Pegadinha – Resposta”

  1. Uma rua bem larga, uma subidinha lá no fundo, mão-dupla. Difícil!
    Rua das Acácias?
    Alguma ali perto da Cardeal Arcoverde?
    Tijuca/Grajaú?
    Não vejo nada que possa identificar com clareza.

  2. Caramba anos 70 possivelmente e já se estacionava nas calça
    das.Muitas relíquias automotivas tais como: Um fusca talvez 66 á esquerda um corcel vermelho e mais lá ao fundo um conversivel que eu não consigo identificar branco.Rua de mão
    dupla.Uma bela pegada no dia do meu aniversário.

  3. Parece-me muito com a rua 18 de outubro na Tijuca onde
    fica o colegio dos Santos Anjos trdicional educandário tijucano

  4. Encontrei! Tanto o lugar, quanto a foto original na coleção do sr. Szendrodi.
    Trata-se da rua Otaviano Hudson, em Copacabana, junto à estação Cardeal Arcoverde, como desconfiou o Luiz. O prédio à esquerda continua do mesmo jeito, a rua perdeu as árvores provavelmente por causa do Metrô, pois sob ela foi construído o acesso à estação, há duas grandes aberturas de ventilação no seu percurso.

  5. O Rafael acertou na mosca e o Luiz não acreditou no faro. É a Otaviano Hudson. Não teria acertado jamais, mesmo porque nunca tinha ouvido falar nessa rua, que aliás é muito simpática.

  6. Caro Andre Decourt ,
    desculpe me desviar da temática do post atual, mas escrevo para informar que o site do Museu Histórico do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro publicou nessa semana uma matéria relembrando os 30 anos do incêndio que atingiu o Edifício Barão de Mauá, e utilizamos duas fotografias que foram publicadas pelo site “Foi um Rio que passou”, com as devidas referências da origem das imagens.
    Abílio Afonso da Águeda.
    Museólogo do CBMERJ

      1. Agradeço imensamente pela atenção e pelo espírito de generosidade em permitir a utilização das imagens. São atitudes como essa que permitem que a nossa memória e a nossa história possam se divulgadas e irradiadas por uma infinidade de redes de conecções que a internet possibilita. Parabéns ao seu trabalho e aos fotologs e comentaristas que formam essa rede de informações sobre aspectos e detalhes da memória da nossa cidade, e que muitas vezes não encontramos nos livros e documentos escritos.

  7. Parabéns Andre, pela publicação das fotos. Os fotologs, acho que antes de tudo, têm como objetivo a informação e divulgação de fatos e fotos relevantes da nossa história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 7 + 8 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...