Esquina das Av. Pres. Antônio Carlos e Erasmo Braga – restos da Misericórdia


Nossa foto de hoje mostra o conflito entre a cidade colonial e a cidade moderna.
Estamos na esquina das Avenidas Pres. Antônio Carlos com Erasmo Braga uma das pontas da imaginada Agacheana Praça do Castelo, onde no meio dos prédios do único quarteirão executado fielmente nos planos do urbanista francês um dos restos da velha cidade teimosamente resiste, literalmente no meio da rua.
Os restos do velho prédio colonial de grossas paredes e uma pequena alcova teima em marcar o encontro de duas vias primais da cidade, hoje desaparecidas a Rua da Misericórdia, da qual certamente esse imóvel fazia frente e a do Cotovelo, para onde estava a frente do imóvel já demolido.  Aonde se aperta o carro eram as fraldas do Morro do Castelo, que em íngreme barranco, acentuado pela as “Águas do Monte” serpenteava lá encima da encosta  a Ladeira do Castelo que começava onde hoje está o hall de elevadores do Ed. Garagem Menezes Côrtes e terminava no topo do morro, se juntando as ladeiras da Misericórdia e do Seminário.
A foto nos mostra o improviso da linha de meio fio, que certamente partiria da curva da esquina rumo a base das galerias agacheanas do Ed. Castelo (ver se o nome está correto) cortadas e não revestidas para dar passagem a uma tira de asfalto para os veículos, no vértice o poste mais usado da Esplanada do Castelo, o canadense de tamanho pequeno usando os globos GE Novalux modelo 123, que comportavam lâmpadas incandescentes de 300 até 500W.
O mesmo local hoje onde não sobra mais nada que nos remeta a velha cidade, quem desconhece a história jamais imaginaria que ali passava um rua estreita num sopé de morro.
 

20 comentários em “Esquina das Av. Pres. Antônio Carlos e Erasmo Braga – restos da Misericórdia”

  1. De quando é a foto? Anos 40 ou 50?
    Sempre digo de que se puder manter do Passado com o Presente será ótimo, porém, se não, que prevaleça do bom senso e mantenha-se o Progresso.
    Muita gente que aprecia História do RJ chora da derrubada do Morro do Castelo.
    Lembre-se de que essa prática de botar Morro abaixo deveria ter se estendido para outros ares para justamente não termos o que temos hoje.
    O RJ talvez seja do pior lugar do país para se combater da criminalidade, pois um dos reveses é a questão da topografia.
    Quem está lá em cima ver tudo o que se passa aqui embaixo.

    1. A foto é do final dos anos 40, de acordo com a indumentária das mulheres. Já que falamos de comparação, observe a grossura das paredes do casarão em ruinas: mais de meio metro. Se compararmos com os prédios do tipo “minha casa minha vida”, dá para ver “o quanto evoluimos” em arquitetura e urbanismo. …

  2. Eu tenho a ligeira impressão de que não é a Erasmo Braga e sim a Nilo Peçanha. Por esse angulo e tomando-se como ponto de observação a Antonio Carlos, não poderia ser a Erasmo Braga…

  3. Primeiramente, gostaria de parabenizar o Andre por ter retornado com a página. O acervo que possui aqui é de suma importância para estudos acadêmicos, para pesquisas historiográficas acerca desta cidade não tão maravilhosa.
    Apesar de ser frequentador antigo, nunca tinha comentado as postagens. Portanto, este vem a ser o meu primeiro comentário.
    Pelo que parece este seria o quadra da Av. Presidente Antônio Carlos entre a Av. Nilo Peçanha e Av. Erasmo Braga.
    No Maps, o lugar seria este certo? https://goo.gl/maps/cHma49MK2eC2.
    Um grande abraço,

  4. Estamos olhando o eixo da Presidente Antônio Carlos. A Erasmo Braga está à direita da foto.
    O nome do prédio da esquina parece ser, olhando no link do Google, Monte Castelo.

  5. Bom dia Andre: Muito interessante essa foto , parece ser dos anos 50 não dá pra afirmar apenas imagina-se que seja. A cidade foi sendo espremida ou destruída
    (acho que aqui no Rio foi o que aconteceu) restando apenas esqueletos de uma era mais romântica e civilizada.

  6. Andre,Bom Dia.Há muitos anos quero te perguntar se vc sabe,ou algum leitor aqui do site sabe onde fica localizada a casa do Filme Toda nudez será castigada,onde o Paulo Porto chega com o Cadillac no início do Filme.Gostaria de trocar uma ideia com vc ericklinz@bol.com.br Abraços

  7. Viadutos de concreto armado são muito comuns e mais baratos. Quintino, Marechal Hermes, Bento Ribeiro, Cavalcante, e muitos outros, são exemplos. Existem também aqueles viadutos sobre a avenida Brasil e a Transolímpica que são usados pelos ônibus do B.R.T…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 2 + 8 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...