Cinelândia início dos anos 30


Continuamos na mesma região da foto do post anterior, mas agora mais de baixo vemos em detalhes o conjunto edificado de parte da Cinelândia, bem como da Rua Álvaro Alvim.
O fotógrafo está no telhado de um dos prédios que ficavam entre o STF e o Clube Militar, vemos inclusive a estrutura de um letreiro, que pode ter sido aquele que durante anos anunciou os relógios Longines.
A arborização da Av. Rio Branco já está consolidada, inclusive os oitis nas calçadas, plantados por volta de 1919, quando se viu a inviabilidade dos jambeiros plantados quando da inauguração da via. Prédios de concreto armado apontam sobre a ainda baixa cidade, o mais interessante é perceber na Rua 13 de Maio, ainda não alargada pelo PA do Plano Agache, o primeiro edifício a já respeitar esse novo alinhamento. O prédio construído no final dos anos 20, em linhas simples e fluidas, quase Bauhaus, sucumbiu nos anos 70, para a construção de um prédio ao lado da Travessa dos Poetas de Calçada. Acho que vemos também o prédio da Ordem Terceira no Largo da Carioca e no final da avenida o A Noite.
Mas podemos ver também um prédio que passa hoje desapercebido, talvez pela espremida rua em que se encontra talvez por seu esquecimento o Ed. Rex, possivelmente o edifício de escritórios mais avançado da cidade no seu tempo, que além das salas comerciais, 27 por andar, possuia um enorme cinema, com mais de 15 metros de altura e quase 3.300 lugares, teatro, além de lojas comerciais. O prédio tinha mais sofisticações além dos 5 velozes elevadores, em duas alas; uma central de água potável gelada para os bebedores e um sistema interno de telefonia, para todas as salas ligadas à rede telefônica da CTB.
De resto vemos o de sempre no período em que a cidade viveu, na minha opinião, seu ápice em civilidade urbana, jardins bem cuidados, árvores podadas, ruas limpas, tráfego calmo e equilíbrio na proporção Urbana vs Humana.

10 comentários em “Cinelândia início dos anos 30”

    1. A localização geográfica do Odeon é diversa, pois ele fica na beira da Cinelândia, e não na r. Álvaro Alvim como o Rex fica, e o nome dos dois cinemas até hoje não foi mudado

  1. Caramba, estou impressionado como o Ed. Rex se destaca por trás dos prédios da Cinelândia. Até porque os dois que aparecem em frente a ele continuam no mesmo lugar e do mesmo jeito.
    Infelizmente hoje é um prédio decadente, o gigantesco cinema sucumbiu ao inferno pornô, nem sei se ainda existe, e o prédio é ocupado por escritórios de segunda linha, em especial sindicatos. Seja como for, ele já nasceu “fora de escala” numa rua tão estreita como a Álvaro Alvim.

    1. É Rafael, mas o gigante decadente está voltando a brilhar, agora com o projeto do Corredor Cultural, já teve seu hall de entrada modernizado, terá sua fachada reformada nos moldes originais atendendo as exigências do seu “tombamento”, seus elevadores foram trocados por outros novos e ágeis, os cinemas pornos que ali se instalaram estão com seus dias contados e suas salas/apartamentos já estão super valorizadas. Confira as novidades fazendo uma visita ao local.

  2. Havia inúmeros cinemas nessa área tais como: O Rex , Pax
    Odeon , Palácio ,Metro Passeio depois Metro Boa Vista tambem na Rio Branco o Cineac Trianon e escondido na Sena-
    dor Dantas o Vitória.

  3. Ao contrário do que diz o Rafael acima e concordando plenamente com o Carlos Alberto também acima, o Ed. Rex está caminhando novamente para seu ápice, suas salas e apartamentos residenciais já valem mais de 250 mil e é difícil quem venda algum. O corredor cultural já está acontecendo e sua finalização vai contar com a transformação dos cines pornô em salas culturais e cinemas e toda fachada tombada vai ganhar restauração e janelas novas mantendo-se a originalidade do prédio conforme exigência da Prfefeitura, ou seja, quem tem uma sala ou apartamento nele está “feito” com a valorização do local.

  4. Fico feliz em ler os comentários encorajadores sobre o Edifício Rex. É uma estrutura impressionante para a época em que foi construído. Recentemente herdei um conjunto comercial neste prédio e pensava em vender, após ler isso penso em reformar e manter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 6 + 7 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...