Bar e Restaurante do Joá, anos 50

Continuamos nosso agradável passeio pelos restaurantes turísticos da cidade nos anos 50.
Hoje nós vemos o Bar e Restaurante do Joá, existem poucas informações sobre o imóvel, mas sua arquitetura neo-colonial, exagerada ao extremo indica que o projeto pode ser dos anos 30 e executado nos anos 40, quando as estradas turísticas do DF foram sendo paulatinamente melhoradas.
Lembro que nos anos 40 já se vendia os loteamentos do  Jardim da Barra ( atual Itanhagá), Barrinha e a posteriore Tijucamar e Jardim Oceânico, e talvez o restaurante tenha vindo a reboque.
Ele foi o pioneiro nesse local, onde anos depois em imóveis diversos apareceram a Boite Cassino Royale,  o Namore Modernamente, a Danceteria Titanic, etc.
O imóvel ao sabor dos anos foi sofrendo modificações estrturais e de estabelecimentos, talvez o mais rumoroso tenha sido o Zippango Club, na realidade uma bem disfarçada casa de tolerância de alto padrão que se escondia em meio a um restaurante japonês. Fechado o primeiro continou o segundo até fechar no final dos anos 90 do séc. XX, sendo o último ocupante do imóvel que está fechado e um tanto degradado, como aliás podemos observar por toda a Estrada do Joá, um endereço que não foi favelizado, mas que está em franca decadência.
Pouco sobrou do imóvel que vemos na foto de hoje como podemos ver por uma foto atual, do Google Street View, em um ângulo praticamente igual: http://migre.me/3Igbd ( link compactado)

28 comentários em “Bar e Restaurante do Joá, anos 50”

  1. A boite Cassino Titanic ficava logo atráz, e ainda hoje continua lá mas totalmente abandonado e degradado, inclusive a torre do famoso elevador Lacerda ( só dava para 5 pessoas ) ainda pode ser visto pelo elevado do Joá.

  2. “Namore Modernamente”? Era frequentador assíduo de lá nos anos 70. Se não me falha a memória, havia uma pedra que foi pintada, deixando-a parecendo um sapo. Ficava uma paisagem Felliniana.
    O melhor Motel da Estrelas do Rio de Janeiro e ia muito de Chevette para lá. Eu era bem jovem e o local era seguro, já que não havia Polícia nem assaltantes oficiais e você podia “namorar modernamente”, sem sobressaltos. O local era familiar, de respeito, onde se podia ir com a namorada tranquilamente. O máximo inconvenientes que aconteciam lá, eram os tradicionais esbarrões na buzina, de alguém que havia pisado (namorado) ou sentado (namorada) nela sem querer.
    Acho que a decadência do local, e de todos os estabelecimentos comerciais da estrada do Joá, inclusive os motéis, foi causada pela inauguração do elevado do Joá. Acho que foi em 1971 e como ninguém mais passava por lá, acabaram fechando. Curioso como a estrada sempre foi associada a sexo. Não passo por lá há anos e acho que ninguém passa também.
    Aquilo é um Oldsmobile 58?

    1. Sempre a uso durante o dia para fugir do inferno do viaduto e a da entrada da Barra, pode-se até demorar um pouco mais, mas só de não ficar engarrafado vale !!
      Até os anos 80 as boates ainda funcionavam como a Titanic, mas a ida da cidade para a Barra aliado a facilidades de se estacionar fez o comércio do local esvaziar.

    2. Oi, gostaria de saber onde exatamente se encontra a pedra pintada de sapo, olhando pelo google maps não consegui visualizá-la.
      Obrigado.

  3. Uso todo dia a Estrada do Joá, para fugir do transito infernal da saída da Barra, está bem conservadinha e eu sempre tive curiosidade de saber oq tinha sido aquele imovel abandonado, pronto, matei a curiosidade!

  4. Moro no Joá desde 1974, e posso afirmar que de decadente o local não tem nada. É um dos melhores bairros do Rio para se viver.
    O local onde antes existiu o “Titanic” será revitalizado. Ficou largado por causa da legislação absurda que não permitia construir nada compatível com o tamanho da área. Quem em são consciência construiria uma casa em um lote de encosta com 46000m2 numa cidade sem segurança pública eficiente? Mas isso já está mudando. Leiam a Lei Complementar nº 108 de 2010. Quem quiser comprar algo no local é só me ligar: 9983-1587

  5. Desculpe, mas não revisei o primeiro texto e enviei com um erro grosseiro(são no lugar de sã). Agora está redigido direito:
    Moro no Joá desde 1974, e posso afirmar que de decadente o local não tem nada. É um dos melhores bairros do Rio para se viver.
    O local onde antes existiu o “Titanic” será revitalizado. Ficou largado por causa da legislação absurda que não permitia construir nada compatível com o tamanho da área. Quem em sã consciência construiria uma casa em um lote de encosta com 46000m2 numa cidade sem segurança pública eficiente? Mas isso já está mudando. Leiam a Lei Complementar nº 108 de 2010. Quem quiser comprar algo no local é só me ligar: 9983-1587

  6. Gostaria de saber se as boates cassino royale e titanic, assim como o drive in eram no mesmo terreno, atrás do bar e restaurante joá. Assim como se puderem me descrever os lugares. a arquitetura, se era de arco, como era… obrigada

  7. Olá Bom dia!
    Não conheço muito bem a região mas, pelas boas recordações de quem vive, e, ou, viveu no local, vejo que foi um marco da época.
    Será que com a Copa e as Olimpíadas, não seja este o momento mais promissor de restaurar o local, e fazer dele um novo marco do Rio de Janeiro?
    Quem conhece pode me dar uma opinião?
    obrigado!

  8. Era uma das vistas mas bela do rio de janeiro, ficava no alto do joá, hoje abandonado, lá se curtia as melhores musicas dos ano 80,90 uma paisagem maravilhosa , porque não recontuir o lugar. Quem viveu sabe o quanto era bom!

  9. Frequentei o Titanic nos anos 80. Um dos primeiros shows do Legião Urbana, ainda pouco conhecido, aconteceu lá e eu estava presente. Renato Russo foi recebido, por alguns rapazes que já tinham bebido um pouco demais, sendo chamado, em coro, por Jerry Adrianni. Belas e inesquecíveis recordações guardo daquele lugar! Saudades…

  10. Muito legal, cheguei frequentar essa casa!
    Saia muito a propaganda na antiga Rádio Imprensa FM
    Show!
    Uma vez o outra passa por lá, hoje está desativado.

  11. Ola boa tarde,
    Passei algumas vezes recentemente depois do meu retorno ao Brasil por essa estrada do Joá, que me encanta e ao mesmo tempo me deixa triste pois esta completamente destruido pelo tempo!!!
    Tenho um belissimos projeto de restauracao de imoveis “abandonados” por algum motivo. Sera que alguém Poderia me dar o contato da familia que era doña do mesmo??? Por favor entrem contato! Meus tels 21-96563-7329 Tim 99138-6494 Claro

  12. NEM IMAGINAVA O QUE HAVIA SIDO FEITO DO CASSINO ROYALE, QUANTAS SAUDADES! FUI COMPANHEIRA DE FERNANDO, UM DOS SÓCIOS DA BOATE, QUE TEMPO BOM…. TINHA A MALOCA COM MUSICA AO VIVO QUE APÓS O INCÊNDIO, FOI CONSTRUÍDO O TITANIC, TINHA JOGO DE BOLICHE VIDEO GAMES, SHOW COM CANTORES, APRESENTAÇÃO DE MULATAS COM ROBERTO KELLY. ENFIM ERA SIMPLESMENTE UMA CASA LINDA E MARAVILHOSA. MAIS COM A MORTE DE FERNANDO EM 1985 NUNCA MAIS VOLTEI LÁ. NUNCA SOUBE SE FOI VENDIDO, ENFIM, OU O QUE FOI FEITO DE TUDO AQUILO. SÓ SEI QUE ALI VIVI OS MELHORES MOMENTOS DE MINHA JUVENTUDE.

  13. Gostaria de saber se alguém teria alguma foto ou qualquer outro tipo de registro sobre esse lugar, ou ate mesmo descrições de como funcionava o espaço. Sou aluna de arquitetura e estou propondo um projeto de revitalização desse local.

  14. farah festas…maravilhoso…na joatinga
    comer milho no bar bem em são conrado…..
    comer milho no bar “pot” em são mconrado…
    ir no motel tokyo….na antiga estrada da barra…..
    dancin days no morro da urca….
    ir num pub londrino em botafogo, rua bambina, não lembro mais o nome…..
    boate new York city rua visconde de pirajá…..
    um karaokê que ficava na josé linhares esq de humberto de campos, perto da selva de pedra…..
    comer pizza do bela blu do leme….
    comer pizza numa pizzaria na rua dos jangadeiros, esqueci o nome
    comer founde no le chalet suisse na xvier da Silveira…
    comer no maxim’s na torre do rio sul…
    loja de doce, não lembro o nome na visconde silva – Humaitá
    bob’s da constante ramos, azulejo preto….
    la mole da dias ferreira…..
    restaurante japonês, putz não lembro o nome, ficava na av Sernambetiba, logo no início do recreio, no meio do mato e da junto à lagoa…
    cine rian…..
    importadoras dentro da galeria Menescal, comprar camiseta da adidas, rosa com 03 listas azuis no ombro….rsrs
    chico’s bar, piano bar anexo do castelo da lagoa…..maravilhoso……!!!!
    pizzaria guanabara, massa relativamente doce….uma delícia
    bar da lagoa
    boate castel, no posto 6 no lobby do hotel….eu era sócio lá….rsrs
    dancin days no morro da urca….

  15. Apos muitos anos fechado onde se estabelecia o Restaurante Joa, que foi um lugar muito turisco na epoca. Foi aberto uma Boate chamada Zipango Club, que tambem tinha grandes frequentadores de um certo Clube do Whisky. Por esse espaco ser, por informacoes seguras, que era de propriedade Federal (Riotur), nao poderia se manter uma casa de prostituicao, e assim ocorreu por algumas vezes maneiras de proibir esse tipo de comercio no local. O mesmo proprietario que tinha os direitos de utilizacao do comercio Sr.Winston Cecilio entrou de socio com um grande empresario da epoca do ramo de Comida Japonesa do Rio de Janeiro, Tanaka Sa. Entao apos fechar o nome fantasia, ZIPANGO CLUB e manter o nome da empresa Joa Empreendimentos e Participacoes LTDA o local foi aberto como mais uma filial dos Restaurantes TANAKA SA, que ja tinha algumas casas na Zona Sul do Rio, como na Bartolomeu Mitre (Leblon), Epitacio Pessoa (Lagoa), Marques de Sao Vicente (Gavea). A casa se manteve aberta por mais ou menos 1 ano com a presenca do socio Tanaka que levou seu nome e toda estrutura de trabalho e experiencia para a sociedade estabelecida e tambem grandes clientes das casas, que ja frequentavam as outras filiais, como Xuxa, Erasmo Carlos e outros. Por esses primeiros meses de funcionamento nao terem sito de harmonia entre os socios,grande trabalho e dedicacao do Sr.Tanaka e duvidas administrativas do Sr.Winston a sociedade se roupeu, e por alguns meses ainda a casa se manteve com o nome de TANAKA SA, mais sem nenhum vinculo com os servicos prestados com as outras filias. Isso tudo gerou processos e por falta de condicoes financeiras e capacidade de manter um comercio decente com o tipo de administracao adequada, a casa fechou. Muito triste essa casa linda que conheci por dentro, desde a reforma que foi feita pela ultima vez.Inclusive fizeram um tipo de jatiamento de areia numa linda parede de pedras, que trouxe um vivamento e um luxo para um dos saloes interiores. Lindos cantinhos que traziam varios tipos de ambientes, alem do mais importante a paisagem, que pela localizacao previlegiada, nao precisava de nenhum ajuste. Toda essa informacao e de quem teve seu avo como um dos primeiros moradores do Joa e da Barra da Tijuca, sua familia como moradora ate os dias de hoje e por eu tambem ter morado uma grande parte de minha vida la, e por fim ter sido o Gerente Geral daquele lindo Restaurante.

  16. Existiu um restaurante bar de nome fenicia acho que 1958 por ai minha mãe recebeu convite ora inauguração estrada da gavea o dono acho ser j.j do amaral queria mto saber o paradeiro do dono.

  17. Cassino Royale com seu elevador super lento o “sputinic” o qual se arrastava deliciosamente ate o corredor do salao onde deliciosas musicas de discotec tipo “embalos de sabado a noite”. Que saudade Teresa minha amada na epoca. Caramba tempo bom…

Deixe uma resposta para Luís Felipe Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 11 + 10 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...