Cadernos do Normandie – Fundeado na Guanabara

Nessa foto, constante do pequeno programa que dava as rotas de cruzeiro do belíssimo transatlântico francês Normandie para 1939, com paradas  no Caribe e América do Sul, vemos o navio fundeado na Baia da Guanabara.
De início pensei que  ele estava sendo manobrado por rebocadores, mas ao me deter na imagem percebi que há um transbordo de passageiros para uma pequena flotilha de navios menores e um de médio porte, não sei porque o navio não estava atracado no terminal do Touring na Praça Mauá.
Podemos ver a classe de um dosmais sofisticados navios de sua época, totalmente decorado em art-déco e que teve um fim triste durante a segunda guerra, morreu sem lutar, consumido por um incêndio em uma doca de Nova Iorque quando estava, como bem apreendido de guerra, sendo convertido para navio hospital, como quase todos os outros transatlânticos na época,
Perto da proa, no canto direito da imagem vislumbramos as siluetas dos Ministérios da Agricultura e Trabalho, bem como as obras do Palácio Gustavo Capanema, podemos observar também o Mercado Municipal e alguns de seus torreões.

4 comentários em “Cadernos do Normandie – Fundeado na Guanabara”

  1. Não sei se é verdade mas os grandes transatlânticos que ancoravam no Píer Mauá no período entre festas de fim de ano e Carnaval, só podiam atracar lá depois de retirada de uma grande camada de fundo da baía. E nesta época, precisou se fazer alguma remoção de fundo ou era tranquilo a sua chegada?

  2. Um registro de uma viagem chic!
    Devia ser demais viajar em um navio deste porte! Pelo que vi no Titanic esse também deveria ter um conforto!
    Taí uma pergunta para algum dos comentaristas responder! Saberão dizer pq não estaria atracado?

  3. Será que o porto estava com pouco calado por falta da dragagem. Esse é um problema que aflige o porto do Rio de vez em quando, pela quantidade de sedimentos que é carreada para o fundo da Baía.

  4. Rarísima foto do NORMANDIE no Rio de Janeiro, venho procurando faz tempo um registro e ache somente este, parabéns e obrigado em dividir…
    O NORMANDIE media 1000 pés, ou seja, 300 metros, era o maior navio de passageiros de sua época, seu calado era muito grande e impossibilitava ele de atracar no porto do Rio, fato que somente foi corrigido recentemente, assim mesmo a dragagem que fizeram não permite que todos os grande transatlantico ali atraquem, como o ALLURE OF THE SEAS, DE 152MIL TONELADAS, para exemplificar, o NORMANDIE à sua época, era o maior e pesava algo em torno das 80 MIL TONELADAS…..
    Fato curioso é o fato de ter sido nessa viagem ao Brasil, que, á convite da empresa que o trouxe, uma cantora de músicas Brasileira e Samba fez um Show á bordo, seu nome? CARMEM MIRANDA….
    Ela foi notada por um produtor da Broadway e foi convidada para seguir no navio para NYC o que ela fez junto com o Bando da Lua….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 12 + 2 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...