Mercado, séc XIX

Primeiramente como vocês devem estar percebendo tivemos modificações no layout do site. Na direita temos agora thumbs que acompanham as últimas 5 fotos postadas. Podemos aumentar para 7 se vocês acharem que seja necessário. Também temos, funcionando discretamente desde o Carnaval, uma ferramenta de busca pelo site, que está no topo da aba direita, basta digitar a palavra desejada que ela aponta os posts na qual esta aparece.

rioan178

Nossa foto de hoje, possivelmente da última década do séc XIX mostra um dos mercados que existiam pela cidade, longe dos grandes e conhecidos mercados, com o da Glória, Alegria e Municipal esses pequenos mercados,  muitos de estrutura de madeira passaram praticamente ignorados pela história da cidade. Estamos num local não central, mas longe de ser um arrabalde total pelas construções ao fundo e os esboços de pavimentação, principalmente na rua por de trás. A foto é de um recorte de uma série que o Jornal do Brasil fez nos anos 80, sobre a evolução da cidade, infelizmente o texto não foi recortado, mas especulo que esse seja o Mercado de Laranjeiras, que ficava próximo da Praça de Touros, nos mapas atuais na região da R. Ipiranga.

7 comentários em “Mercado, séc XIX”

  1. Seu comentário é real. Não vemos registros fotográficos deles por ai.
    Quando garoto ia num desses com minha mãe, ficava no inicio da Barão da Torre.
    E fim da Antonio Parreiras, agora tem uma escola pública no local.
    Na época lembro que a disposição era um conjunto de boxes no centro do terreno e no perímetro outro grupo de boxes. Tinha de tudo, galinhas, verduras, peixaria, etc,….

  2. Devemos nos lembrar de que no Séc XIX, Botafogo, Laranjeiras e Flamengo eram considerados subúrbios. Copacabana ere um areal e após a chegada dos bondes começou a ocupação dos arrabaldes mais distantes, como Ipanema.

    1. Bem, nos livros de Machado de Assis do século XIX, Botafogo, Flamengo e laranjeiras já eram locais de elite. Sem esquecer, é claro, do palácio da Princesa Isabel, cuja entrada com palmeiras deu origem a Rua Paissandu…

  3. Na rua Conde de Bonfim, esquina com Praça Saens Peña, havia um mercado municipal, com um nome de santo. Acho que era São José.
    Ao lado dele ficava uma casa grande, com uma dependência do DCT (Departamento de Correios e Telégrafos).
    As duas construções ocupavam todo o quarteirão até a rua Pareto.
    Hoje existe uma UPA no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 4 + 9 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...