Pegadinha-Resposta

Nossa pegadinha hoje é em homenagem aquele candidato à prefeito que diz que conhece tudo da cidade, embora pareça que apenas conheça a mais podre politica que se pratica nela.
 Que viaduto é este, aonde fica. Como dica falo que a imagem foi tirada no meio dos anos 50
Alguns acertaram entre eles o Derani e Carlos Paiva, que falaram  certamente o local. Mas o amigo Leonardo embora tenha acertado até o ramal ferroviário que vai em nossa direção, deu sua correta resposta sem muita convicção, na base do “seria ????”.
Como podemos ver o viaduto  é o famoso Viaduto de Deodoro, construído nos anos 50 quando a Av. das Bandeiras, hoje incorporada à Av. Brasil rumava em direção ao Sertão Carioca. Construído ainda na antiga técnica de muitos pilares e tabuleiros pequenos ele respeitava a programação do antigo DER-DF, com pilares revestidos de pastilhas, guarda-corpos metálicos e pistas de concreto. Até hoje o viaduto cumpre com seu papel com pouquíssimas mudanças estruturais

13 comentários em “Pegadinha-Resposta”

  1. Apesar de não ser grande autoridade em zona Oeste, como o candidato oportunista, acredito que seja Avenida Brasil em Marechal Hermes.

  2. Corrigindo minha opinião.
    Acho que o Derani está correto.
    Parece realmente próximo à Vila Militar.
    A estrada junto à linha do trem (ramal de S.Cruz)seria a Av Mal. Alencastro?

  3. Não pode ser na Rio-Petrópolis, senão seria fora da capital. Também não deve ser na zona sul, assim o outro candidato também não deve saber onde fica. Deve ser o viaduto da Av. Brasil em Deodoro. Vê-se também a Estr Mal Alencastro e a Rua Nazaré. PS: é o candidato da “elite” da ZS contra o candidato da “elite” da Barra. Como sou um suburbano com vergonha na cara, não votarei neles. Infelizmente, é pena que minha primeira contribuição a este maravilhoso site seja uma manifestação política.

  4. Caro André,em vez de falar muito deixo o texto do prof.Luis Antônio Simas no blog “hisbrasil.blogspot.com” no lugar que é muito mais interessante:
    20/08/2008
    QUEM FOI LÚCIO DE MENDONÇA ?
    Moro na Rua Lúcio de Mendonça, pertinho do estádio Mário Filho, o grande Maracanã. Não sei quem foi Lúcio de Mendonça. Não estou disposto também a descobrir quem foi o cabra pesquisando na rede. Aliás, pelo jeito, a prefeitura do Rio também não sabe de quem se trata. As placas das ruas da região do Maracanã foram trocadas recentemente e trazem informações sobre quem são os homenageados. Só não há isso na Lúcio de Mendonça .
    Descobri, fuçando as placas , que Mariz e Barros (faz esquina com a minha rua) foi o Almirante que comandou o encouraçado Tamandaré, lendário navio de guerra brasileiro. O Professor Gabizo – outro homenageado por essas bandas – foi médico e – evidentemente – professor. Já o General Canabarro foi um revolucionário farroupilha que proclamou a independência de Santa Catarina durante a Guerra dos Farrapos. Esse eu já sabia. A rua que o homenageia é endereço do glorioso botequim da Confraria do Bode Cheiroso, uma espécie de meu segundo lar.
    O famoso Haddock Lobo, que dá nome ao logradouro onde fica o edifício do bardo tijucano Eduardo Goldenberg, foi de tudo um pouco. Tá escrito o seguinte na placa da rua : médico, advogado, escritor, professor e delegado de polícia. Um sujeito prendado, o “Seu” Haddock. Não duvido, porém, que no ano de 2150 a Haddock Lobo se chame Rua Eduardo Goldenberg, em louvor ao ilustre morador da área.
    Tivesse eu algum poder para isso, mudaria os nomes de todas as ruas próximas ao Maracanã para homenagear os craques que passaram pelos gramados do maior do mundo. Gostaria, por exemplo, que minha rua se chamasse Moacyr Barbosa, o goleiraço do escrete na Copa de 1950, injustamente crucificado após o Maracanazzo uruguaio. A Moraes e Silva poderia se chamar Zizinho e a Mariz e Barros, Rua Pompéia, em louvor ao goleiro malabarista do América. A Canabarro ficaria melhor como Rua Geraldo Assoviador. Combina mais com o Bode Cheiroso.
    Por falar em ruas e logradouros, uma curiosidade que tenho é saber o que a prefeitura escreveu na placa do famoso Viaduto dos Cabritos, na Avenida Brasil. Acontece que o nome oficial do lugar é Viaduto Oscar Brito, que, salvo engano, foi um engenheiro. De Oscar Brito, o viaduto virou, com inestimável colaboração popular, dos Cabritos. Como a voz da massa é soberana, proponho que se legitime de uma vez por todas a homenagem da população ao bode jovem. Eu só me refiro ao viaduto como dos cabritos e pronto. O engenheiro Oscar Brito que me desculpe, mas nessa ele dançou.
    Há outros fatos curiosos que a municipalidade poderia explicar nas placas. Exemplifico : o Quinto Alqueire ( V , na grafia romana ) acabou virando Valqueire e ficou por isso mesmo. A Ilha de Guaratiba não é ilha coisa nenhuma. A culpa da confusão é de um gringo que morou por lá chamado William e foi uma espécie de rei da cocada preta do pedaço , dono de propriedades na região . Mandava em tudo. Como pronunciar o nome do camarada era meio complicado , o William virou Ilha. As terras dali pertenciam ao “Seu” Ilha de Guaratiba. É mole ?
    Fico por aqui com um pedido : Alguém, afinal, pode me informar quem foi Lúcio de Mendonça?
    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 11 + 14 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...