Túnel Leme-Praia Vermelha

O Carioca da Gema mostrou ontem duas imagens do que seria o Túnel Leme-Praia Vermelha, criado na Guanabara com o intuito de permitir o transito sem cruzamentos de Ipanema até o Centro ( http://fotolog.terra.com.br/carioca_da_gema:388 e http://fotolog.terra.com.br/carioca_da_gema:389 ).
Para isso além da construção do túnel o projeto original da Av. Atlântica seria implementado, o que justificaria a exagerada largura não das pistas mas de todo o conjunto.
Não haveria cruzamentos, devendo os pedestres atravessarem por passarelas parecidas com as do Aterro, no fim dessas passarelas eles encontrariam oasis, que abrigariam uma infra-estrutura de lazer e apoio ao banhista, como quiosques, banheiros, chuveiros. O acesso de veículos de dentro do bairro seria feito por entradas e retornos com pistas de aceleração e desaceleração, havia também a previsão de mergulhões. Pra isso a pista antiga da Av. Atlântica continuaria aberta, abrigando o tráfego local do bairro e estacionamento, possivelmente em regime de mão única.
A indecisão de se implementar ou não o plano completo possivelmente foi a razão da pista interna ter permanecido pouco mais de um ano aberta ao tráfego com as novas já funcionando.
Com o abandono do túnel a Av. Atlântica foi concluída com o projeto atual, pista velha transformada em calçadão, cruzamentos, e estacionamento a 45 graus na direita de ambas as pistas. Os Oasis foram realizados de maneira porca nos anos 80, com o plantio de árvores, mas sem a ocupação dos mesmos por quiosques ou bares, que foram colocados nos anos 90 atravancando o calçadão, e os Oasis até hoje abrigando vagabundos e população de rua

16 comentários em “Túnel Leme-Praia Vermelha”

  1. Eu gostaria de ver como seria o outro lado do túnel… a Praia Vermelha seria um caos só, se tornando um bairro de passagem, como é Botafogo hoje em dia.

  2. Acredito que o nível de ruído não seria pior do que o atual, já que com os sinais de trânsito ocorrem acelerações em todas as quadras da praia.
    O problema que eu vejo é que as passarelas iriam se transformar em abrigo de prostitutas, pivetes, traficantes e mendigos.

      1. De fato, ela sempre chegou à praia, mas não era uma avenida e nem poderia ter a função que tem hoje.
        O que eu pergunto é se a avenida – larga como é hoje – é contemporânea ao projeto da via expressa.
        Quando ela foi alargada? Tenho um mapa datado de 1961 que mostra uma rua estreita, provavelmente a Salvador Correia.

        1. A princesa Isabel foi feita da mesma largura até a Ministro Viveiros de Castro imediatamente quando os túnel foi alargado e o outro construído. Porém a partir daí ela foi sendo aberta ao sabor das desapropriações, parando nos prédios da praia, que formava um gargalo. Haviam 3 prédios para ir ao chão só que as indenizações eram muito vultosas, o Hotel Vogue, o Ed. Edmundo Xavier (um dos mais antigos) e outro que não sei o nome.
          Com o incêndio da Boate Vogue, e o abalo das estruturas do prédio do hotel, as indenizações em muito foram diminuídas, logo foi demolido o Ed. Edmundo Xavier e permitiu-se abrir a pista larga em direção ao Centro, o terceiro prédio só foi demolido no final dos anos 50. Em 1961 a princesa Isabel já estava com a sua atual largura em toda a extensão

  3. Este projeto para o trânsito seria ótimo, mas para os moradores do Leme e Urca seria o caos.
    Quem adoraria seriam os mendigos com moradia coberta a beira do mar, já que entra prefeito sai prefeito os moradores de rua continuam lá intocáveis!

  4. Pros moradores do leme seria o fim, mas pros da urca nem sei se seria tão caótico, só na Av. Pasteur. Mas o maior crime contra a Pasteur está lá, que é o Iate Clube, que privou a população da belíssima vista da enseada de botafogo. É incompreensível (e inadmissível) como foi permitido aquele aterro e a privatização do litoral, um verdadeiro assalto cometido pela elite da época. Não me lembro de ver uma série sobre esse absurdo aqui nos fotologs, acho que seria interessante, fica aí a idéia. Abs

  5. Custom boxes with logo provide excellent packaging services and solutions and make quite a good impression on the minds of its customers. For custom invitation boxes, if you are to try us for the first time, you should be absolutely free from any worries because you would find them according to your choice and needs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 11 + 7 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...