andredecourts foton från 2006-03-03

Ontem o amigo Roberto Tumminelli postou uma foto do viaduto de Bonsucesso nos anos 50 ( http://www.flickr.com/photos/carioca_da_gema/106807747/ ) logicamente me forçando a criar mais um dos famosos post’s duplos.

A foto de hoje, tirada entre 1946/48 mostra em vista aérea a mesma região mostrada pelo Roberto, o trecho de Bonsucesso/Ramos, onde há a saída da Ilha do Governador para a Av. Brasil, como podemos comprovar na foto do Roberto, só há um viaduto, o outro que completaria o trevo só foi construído nos anos 60.
Mas o detalhe que chama a atenção é o bairro no entorno das pistas.
Do lado esquerdo da foto o complexo da Maré ainda não existia, os terrenos hoje ocupados pela favela Parque Vila União ainda se encontravam completamente vazios, do lado direito vemos o bairro de Ramos já bem ocupado inclusive com muitos galpões, mas a parte extrema direita nos mostra uma região praticamente sem construções, que no futuro será ocupado por grandes estabelecimentos comerciais, como atacadistas de auto-peças, oficinas mecânicas e confecção de roupas, com a falência de um deles no início dos anos 90 iniciou-se ali um perverso processo, inicialmente com a invasão do imóvel e a desvalorização total dos imóveis vizinhos, que foram abandonados pelas empresas neles instalados, hoje é tudo uma favela vertical aproveitando-se de estruturas que deveriam dar emprego.
Na parte inferior vemos as instalações do 24 BIB, mais ou menos como estão até hoje

Comments (13)

nelson369 2006-03-03 09:06 …
Eu sou de Bonsucesso! Mas um pouco mais recente…
Beijo grandalhão
luiz_d 2006-03-03 09:35 …
Esta área é um dos maiores exemplos da degradação do espaço público e da ausência das autoridades municipais.
Além das favelas já citadas, o entorno do Complexo do Alemão, que acabou com todas as indústrias da Estrada do Itararé e da Avenida Itaóca, é um exemplo vergonhoso.
Pobre Rio!
http://fotolog.terra.com.br/luizd
edubt 2006-03-03 09:49 …
Ja falei e repito, o Rio se transformou numa grande favela pontilhada por bairros aqui e acolá.
:-(((((((
antolog 2006-03-03 09:58 …
Sendo morador desta região, fico triste em ver como foi degradado os bairros nas proximidades. As autoridades deixaram de lado essa parte do Rio. Mas a foto é sensacional!
derani 2006-03-03 10:35 …
Dá vontade de chorar se comparar as duas épocas.
Jorge Silva 2006-03-03 13:18 …
Mais uma vez aplausos aos seus comentários no testo da foto,só faltou comentar o total abandono aos nossos irmãos do norte,nordeste e interior, que vinham em busca de oportunidades e acabavam tendo que morar em areas invadidas,formando favelas no entorno dos bairros,e até hoje estas oportunidades não são criadas,me refiro ao setor produtivo da industria nacional. Abraços Jorge
Marcelo Almirante 2006-03-03 19:19 …
Nota-se que o processo de favelização já crítico nessa época (anos 50) veio se acentuar ainda mais nos anos seguintes com a conclusão da Estrada Rio-Bahia com a chegada dos famosos “Pau-de-araras”. Isso em 1949, no mesmo ano de inauguração da ponte da Ilha do Governador, que na ocasião teve até a presença do presidente da república …
Transcrevo:
Em 1950 a Prefeitura do Distrito Federal realiza o primeiro Censo de favelas do Rio de Janeiro. O documento aponta a existência de 109 favelas (com 138.837 moradores, ou 7% da população total da cidade). Segundo o documento, “pretos e pardos” eram a maioria da população.
betotumminelli 2006-03-03 20:33 …
FORA DO FOCO:
ja repararam que esses chicanos estão enchendo os fotologs com spams? Isso ta ocorrendo de um tempo pra cá. E sempre cucarachas.
Gentinha irritante.
Rafael Netto 2006-03-03 22:29 …
Esse trevo nunca foi bem resolvido… o acesso Ilha-Zona Oeste já mudou de lugar várias vezes. Nessa época saía direto na Brasil, contornando o morrinho que existe ali. Depois passou a seguir pelo outro lado, provavelmente por causa da construção do outro viaduto. Há uns 10 ou 15 anos, essa saída foi fechada e era preciso passar por um labirinto dentro da área militar. Hoje em dia fizeram uma saída parecida com essa aí, mas tiveram que cortar um pedaço do morrinho e se não me engano tem um sinal.
A Favela da Borgauto virou símbolo da região.
Falando em favela, uma coisa que eu questiono é quem sustenta essa população. Onde esse povo trabalha? Já conheci muita gente de classe baixa, e eles normalmente moram na Baixada, ou mesmo em bairros “normais” da Zona Norte. Quem emprega os favelados?
http://fotolog.terra.com.br/rafael_netto
dri_roale 2006-03-04 11:36 …
O único problema daquela tranqüilidade toda era q entrava uns bichos esquisitíssimos dentro da casa! Um horror!
Beijos!
g_s 2006-03-04 16:21 …
Isso era outro mundo. Sem contar o que é aterro disso aí.
Nem parece tão grande curva para quem anda…
hiermitmir 2006-03-05 19:16 …
pode crer bom trabalho …
acruzcosta@gmail.com 2006-03-10 11:54 …
concordo com o lixo e fico triste. as latas se foram, pq todo mundo ganha $ com isso. mas, os canudos ficaram e isso é triste.