andredecourt's Foto von 21.03.05

Quebra Mar, Barra da Tijuca.

Vemos as transparentes águas do canal da Barra se encontrando com as do oceano Atlântico no Quebra Mar da Barrinha, na praia do Amores.
Essa foto foi realizada antes da construção da auto-estrada Lagoa Barra, possivelmente no ano de 1970.
Vemos a colônia de pescadores que existia no local, bem como casas de alguns pioneiros da Barra. Com a construção do viaduto várias delas foram demolidas, pois esse núcleo primitvo ocupava toda a região da praia dos Amores por onde hoje passa grande parte do viaduto.
Quanto a cor da água, eu me recuso a comentar qualquer coisa, talvez algum dia ela volte ser assim.

Comments (39)

lylla_lausanne 21.03.05 08:37 …
Quanta diferença!
Boa semana!
Bjk
luiz.darcy@uol.com.br 21.03.05 08:45 …
Um paraíso, quase deserto.Acesso da Zona Sul só pela Estrada do Joá. Um areal imenso, águas límpidas. Tudo isso a menos de 40 anos.
E levar uma garota para a Barra era uma tarefa que exigia muita lábia. Quem aceitasse ficaria “mal falada”…À noite, nas boates, a grande farsa quando chegava a equipe do Juizado. As luzes piscavam, todas as meninas corriam para o banheiro, os fiscais entravam, viam uma porção de rapazes sozinhos nas mesas, “não encontravam menores”, passavam no caixa para receber o suborno e tudo seguia tranquilo.
Quem diria, que me perdoem os apaixonados pela Barra, que iria se transformar nesta triste imitação de Miami e correlatos.
André, desculpe, mas não resisti. Que venham as pedras! O debate será salutar!
Abraços
http://ludaol.multiply.com/
21guilherme 21.03.05 08:49 …
Como mudou ein ? Muito bacana o seu arquivo !!!
:)))
brites 21.03.05 08:50 …
Deus lhe ouça, pq parece q os governantes são totalmente surdos…
Esta região era uma maravilha! Agora nem na Barra se encontra mais tatuí. Q pena!
O melhor da Barra pra mim são as áreas ajardinadas, difíceis de se encontrar em outros bairros. E a brisa marinha, q ainda teima em driblar os prédios, varrendo até a lagoa. Era bom até há uns 20 anos atrás, depois mudou tudo…
boa semana!
f_polis 21.03.05 08:57 …
legal a foto
coincidentemente, coloquei hoje uma foto que mostra a Avenida Beira-mar Norte, aqui em Floripa, em 1968, em uma situação completamente diferente da que se encontra hoje.
abraços
Alvaro Gabriel 21.03.05 09:20 …
É a velha discussão do progresso contra o atraso. De repente cai sobre todos um tizunami de avanço, de desenvolvimento; uma febre de modernidade exigindo obras imediatas. E derrubam-se florestas, poluem-se os rios, emporcalham-se as lagoas, tornam os mares uma cloaca. E se alguém se levanta contra isso é taxado de retrógrado, saudosistas, peça de museu.
A coisa é mais pungente em países mais pobres que vêm o mundo através dos cadernos de informática e das Discovery Channel da vida. E querem, a qualquer custo, uma Disneylandia própria, shoppings maiores do mundo, autoestradas de 5 pistas, condomínios como os de Boca Raton.
Não faço uma apologia ao mundo primitivo. Ao contrário, trata-se de uma apologia a um mundo que, por ser moderno (ou deveria ser moderno) tinha obrigação de ser mais limpo, mais humano, mais racional, do que aquele mundo de um século atrás.
Temos hoje em vários cantos do planeta cenários de aparência; recantos urbanos que só servem para serem fotografados do alto. São como sepulcros caiados.
Mais uma vez a humanidade prefere a aparência e sacrifica o que ela tem de mais precioso; o bem estar e a dignidade dela mesma.
gerard_3 21.03.05 10:24 …
E a cor do mar…que maravilha!
Apesar de amar a Barra ,não discordo de nada que foi falado…acho sim que as facilidades que temos por aqui pela urbanização torna nossas vidas mais prática …qdo vou pra Zona Sul estranho …agora ,isso poderia ter sido feito na verdade de uma forma original…foi uma pena!
:))
Bjócas!
De
rodperez 21.03.05 10:28 …
eu detesto a barra….
tumminelli 21.03.05 10:41 …
Essa foto eu sempre achei linda!
“Quanto a cor da água, eu me recuso a comentar qualquer coisa, talvez algum dia ela volte ser assim”
Gostei…
Cor assim só depois de Grumari ou Arraial do Cabo.
:-)))))
lucilia 21.03.05 10:52 …
Belo registro !
Pena que as autoridades não se preocupam tanto em preservar a nossa linda cidade .
Beijos. Lu
Rafael Netto 21.03.05 10:59 …
Há alguns anos ainda havia algumas ruínas de casas (alicerces) neste local, debruçando-se sobre a areia. Não sei se já foram removidos.
jro 21.03.05 11:05 …
Pois eu afirmo que, em determinados dias do ano, até hoje, a cor é exatamente esta!
É uma questão de combinar a maré certa com a falta de chuva.
Jro :-))
andredecourt 21.03.05 11:07 …
Já os coliformes….sei não
Waldenir 21.03.05 11:18 …
Essa foto provem da mesma fonte daquela que mostra a igreja na Eduvaldo Lodi? Parecem ser da mesma epoca.
andredecourt 21.03.05 11:26 …
Exato Waldenir, são da mesma publicação do governo da Guanabara
jro 21.03.05 13:48 …
André, voce é muito bom de história do Rio, mas de carros…vc é péssimo!!!!
É uma BMW, claro, mas é uma 3.0 CSL.
Jro :-)))))))))))))))))))))))))))))
Mauro_AZ 21.03.05 14:15 …
Pouco depois da época dessa foto, assim que o viaduto do Joá ficou pronto, eu fui diversas vezes pescar com meu tio no canal da Barra e nos dias de calor íamos dar um mergulho nessa prainha aí da bela foto, depois da pescaria. Pasmem, mas nem sempre a água estava limpa assim, muito pelo contrário, a ponto de não termos coragem de entrar. Poderia ser já uma consequência das construções do viaduto e do túnel?
andredecourt 21.03.05 14:25 …
Mauro certamente já era consequência do começo do crescimento da barra, sem rede de esgotos.
A água da lagoa sempre foi meio turva, mas não preta e mal cheirosa como hoje.
lucia 21.03.05 14:30 …
Que água é essa???
Vai ao show hoje???
Alvaro Gabriel 21.03.05 14:34 …
O André falou bem “…crescimento da Barra sem rédea e esgoto”
Agora, digo eu: já que rédea não houve, então, hoje, que haja chibata.
lucia 21.03.05 14:55 …
Eu tenho uma cera herança indigena… :))
jban 21.03.05 14:59 …
Alguns comentários:
Os carros na areia na beira da praia. Simbolo de uma época onde tudo erá mais simples.
Saudade de quando eu e meus irmãos brincávamos de policia de bandido nas dunas do Km 18 da Av das Américas. Aquilo era muito longe para nós!!
jban 21.03.05 15:00 …
A Barra para mim é uma cópia mal feita de algo que é ruim por natureza. O modelo de Miami e de todo os Estados Unidos de Freeways e Avenidas onde o transporte individual reina soberano, é algo que não pode ser aplicado no mundo inteiro, sob pena de matar o que resta de recursos naturais no planeta. A China está entrando neste caminho de globalização + consumo a todo vapor… vamos ver o resultado em alguns poucos anos. A água ja começa a faltar e será o maior problema no sec XXI
jban 21.03.05 15:09 …
meu flog está no ar .. Voando para o Rio é o tema. Se puder dê uma olhada.
João Novello
mapas 21.03.05 15:09 …
Cheguei a conhecer o mar assim, transparente. Aí a gente entra em depressão e ninguém entende nada.
Olha, peguei uma planta da Praça XV em 1810 que talvez interesse a você, tá lá no flog do Terra. Se quiser, me fala que eu envio a imagem inteira. Também tem o primeiro baile de travesti do Rio, mas acho que esse você dispensa… abraço!
jro 21.03.05 15:10 …
André,
O que é uma cera herança indigena??
Alguma cera de polir cocar???
Jro :-)))
gerard_3 21.03.05 15:12 …
A Lú não pode esquecer da carteirinha da FUNAI…:)))))))
eduardo bertoni 21.03.05 15:39 …
“Não faço uma apologia ao mundo primitivo. Ao contrário, trata-se de uma apologia a um mundo que, por ser moderno (ou deveria ser moderno) tinha obrigação de ser mais limpo, mais humano, mais racional, do que aquele mundo de um século atrás”.(Alvaro Gabriel)
Taí, o Alvaro disse tudo!
A modernidade deveria ter um compromisso com a civilidade e com a cidadania.
Abs,
Bertoni
http://fotolog.terra.com.br/outromundo
rbpdesigner 21.03.05 15:58 …
que diferença!!!!
beleza de post, André!
[]s
jban 21.03.05 16:02 …
Algo menos tecnológico destruidor e mais humanista. Onde o homem é o foco. Grécia, Roma e Renascimento, com tecnologia, ciencia e direitos humanos. Utópico ? Sim , por que não ?
jban 21.03.05 16:29 …
Oi André,
Você passou lá pelo meu…
Digo mais, o cartaz é posterior a 79 porque o prédio da Coca Cola na Praia de Botafogo está lá (aquele monstrengo) e eu acompanhei a construção daquela coisa, porque morava exatamente atrás (na Muniz Barreto)
O que eu disse é que se parece com posters dos anos 60.
Abraço !!
lucia 21.03.05 16:34 …
India Potira,nada!
Pocahontas!! ;))))))))))))
coalog 21.03.05 18:32 …
Meus deuses!!!
Esse fotolog me faz ter saudades de uma época que nunca vivi!!!!!!
flordeliz 21.03.05 21:16 …
Muita bacana ver as diferenças e pensar sobre elas né?
Muito maneira esta sua “fase”no flog..
beijos
boa noite
frederico_mendes 21.03.05 23:13 …
Sabe que tem dias em que a água está assim?
Lefla 21.03.05 23:14 …
Adorei encontrar vcs. Tava com saudades. Vamos marcar de, pelo menos uma vez ao mês, entornarmos o caldo. Abs
assassinaram o camarão!
tumulos 22.03.05 04:03 …
Belo resgate de um tempo que, infelizmente, não volta mais (ou, pelo menos, nem tão cedo).
Um grande abraço!
jcbrp 23.03.05 09:41 …
Esta casa com telhado ou parede azul na foto, nesta época, era um “pé de chinelo” que chamávamos de “Sujinho” e era usado pela “galera” como escala antes de irmos para os poucos motéis já existentes na época (que me lembre uns 3 ou 4)! Terra batida, umas poucas mesas (6 no máximo)e o terreno ao lado era usado como estacionamento.Bons tempos, banho nu à noite e muita farra………….
angelagarcia 30.03.05 09:29 …
Seu flog é maravilhoso!!!!Parabéns!