Inauguração do Cinema Copacabana

andredecourt's Foto von 13.08.04

Em 29 de Dezembro do ano passado postei um desenho da fachada do Cinema Americano em Copacabana (http://ubbibr.fotolog.net/andredecourt/?photo_id=4024102) até 2002 ele era o cinema mais velho em funcionamento na cidade, pois tinha sido inaugurado em 1919, para os que ficaram confusos eu explico .
Na década de 50 o velho cinema sofreu uma reforma, perdendo os traços do grande arquiteto italiano Afonso Virzi e se americanizando, curiosamente o prédio que perdeu suas características européias da Belle Epoque, teve seu nome mudado para Cinema Copacabana…
Hoje é uma academia de ginástica, mais uma das milhares, que existem em nossa cidade, sem nenhum charme e não atendendo a nenhum fim cultural .
Vemos aqui a inauguração do Cinema Copacabana, num nem tão distante 1953.
Cadernos do Edmundo

Comments (42)

lara 13.08.04 09:46 …
nossa!
uma aula…
força na peruca
besitus
sergioaraujo 13.08.04 09:48 …
Inaugurou com um grande filme
emu ano
abs e bom fds
riobus 13.08.04 09:55 …
ver chaplin no cinema é coisa de outras gerações
negy_emeap 13.08.04 09:58 …
Ahahahaahahh……..o rioa antigo tranportou-se p/ cá?!?!?…ahahahah
Abç!
barbaracopque 13.08.04 10:14 …
Seu Flog é
um patrimônio!
Parabéns!!!
odeon 13.08.04 10:35 …
concordo com minha amiga barbara
é parada obrigatória!
bwanis 13.08.04 10:35 …
Esse se salvou de virar uma Igreja!!!!
Mas não devia ter acabado!
Uma pena!
:)))
betob 13.08.04 10:47 …
Neste ano de 1953 meus pais casaram e foram morar no nº 769 da av. copacabana, bem aí do lado. No ano seguinte eu nasci. Minha infância foi bem privilegiada quanto a cinema, tinha esse Copacabana a esquerda, o Art Palácio colado e o Metro a direita. Era matinê de tom e jerry todo fim de semana.
tumminelli 13.08.04 11:01 …
Essa foto é alegre e triste. Se salvou de virar igreja evangélica mas se tornou uma academia onde o que mais interesa é aparecer e não malhar.
Esse me deixou saudades…
kasersose 13.08.04 11:02 …
Lembra do Caruso? Azteca? Rian?
andredecourt 13.08.04 11:10 …
Quem com mais de 30 anos não viu as famosas matinês do Metro ???
andredecourt 13.08.04 11:11 …
Kaser, nem me fala que me deprime !!!
eduardorj 13.08.04 11:22 …
Fala Andre!
Vi a foto de dezembro, impressionante a fachada dele.
Maravilha essa foto, vontade de estar lá!!!!
É a febre de academias, uma pior do que a outra, espalhadas pela cidade.
abs
Eduardo
rockrj 13.08.04 11:47 …
Fui muito neste cinema, e no Art Palácio, Metro, Rian, Caruso, Ritz também… hoje só sobrou o Roxy, uma pena…
Natureco 13.08.04 12:13 …
Foto histórica, ainda mais com Luzes da Ribalta!!
Abçs.
Jason 13.08.04 12:33 …
Hmmm, cara, agora vc tocou no ponto fraco.
Era fã do cine Copacabana e percebi quando sua sentença de morte foi decretada pelos Severiano Ribeiro: uns três anos antes da conversão em academia, começaram a passar no cinema só estréias de terceira linha – enquanto o Roxy ficava com o filé mingnon.
Depois, nas reportagens sobre o fim do Cine Copacabana, justificaram o fechamento da sala apontando os culpados de sempre: “o aumento da violência e a abertura dos cinemas de shopping”.
Engraçado é que todo final de semana o Roxy, o Leblon, os cines do Estação (até o pequeno Jóia) estão cheios. Todos chamados “cinemas de rua”.
Bom. Na véspera do fechamento do Copacabana, fiz uma última visita ao velho cinema – ainda que para ver um filme com o piegas e pavoroso Robin Williams. Assisti à última sessão, com gosto de despedida.
Depois passei alguns meses evitando passar na frente do prédio, que ficou com uma aparência bem vagabunda depois da reforma.
O Betob lembrou da sessão Tom & Jerry. Clássico: eles botavam aquele cartaz tipo cavalete na porta (apenas o gato e o rato, num fundo chapado vermelho ou azul).
Nos anos 70, o Copacabana também era o cinema no qual passavam os filmes dos estúdios de Walt Disney (sempre anunciados no último bloco de comerciais do programa Disneylândia, aos sábados, na TV Globo).
apessoa(unplugged!) 13.08.04 12:38 …
Snif!…
jro 13.08.04 12:38 …
hehehe…
Foi o ano que nasci.
JRO :-))))
everjoy 13.08.04 12:46 …
Adoro as suas explicaçoes sobre a historia da nossa querida cidade. um abraço
olharepensar 13.08.04 12:54 …
me chama a atenção na foto a grande presença de negros, seria um indicativo de que o apartheid social não era tão grande assim naquela época???
abraços
gustavocarmo 13.08.04 13:03 …
É aquele cinema da Avenida Nossa Senhora de Copacabana que virou a academia “Body Tech” ou “Body Club”(não lembro direito o nome daquela “acadimia”)?
andredecourt 13.08.04 13:15 …
Exato, esse mesmo !!
andredecourt 13.08.04 13:19 …
Eu já tinha percebido o grande número de negros e mulatos na foto, isso sempre me deixou curioso, mas pode ser apenas uma famíla na porta, pois vemos crianças, 3 mulheres e um homem negros, podiam ser eles os únicos, mas acabaram saindo com destaque, realmente intrigante !!!
Leonardo 13.08.04 14:08 …
Magnífica essa foto, num flagrante de enorme felicidade: um filme de Chaplin!
Parabéns!
Leflaneur desplugado 13.08.04 14:56 …
Todos fechados. Bruni Copacabana, Metro, Art-Copacabana, Ricamar, Caruso, Cinema 1, etc, etc, etc. O Veneza parece que escapou do Edir Macedo tb, mas permanece fechado. O Copacabana era cheio de ratos, estava abandonado de fato, o andar de cima tinha virado depósito de camelôs, dizem as más línguas. Sempre complicado quando passava filme bom. A calçada era estreita, os pedestres tinham que ir para a rua. O Copacabana só tirou o gongo – lá era sinal pééééé – e a cortina que andava para abrir a tela depois de o Roxy ter feito isso.
andredecourt 13.08.04 14:59 …
A calçada ainda é estreita o prédio mantém alguns pedaços do original, mas se eu fosse o prfeito manda recuar tudo e alinhar com os prédios mais novos, pois quem fica num lugar de um cinema ou teatro tem que pagar um preço caro !
guermantes 13.08.04 15:06 …
Olha que inauguração gloriosa! Luzes da Ribalta!
alvarogabriel@openlink.com.br 13.08.04 15:28 …
Muita gente prefere e defende os cinemas em shoppings — os tais multiplex, argh! Mas eu ainda sou daqueles que acha que os cinemas no rés do chão tem muito mais charme. Têm alguma coisa daquelas fotos antigas em que vemos o lançamento de um novo filme na Broadway ou em Hollywood Boulevard. Mas aí me esfregam na cara o problema da segurança, do estacionamento, do ar condicionado, do barulho da rua, dos mendigos, das chinesas vendendo quinquilharias, das carrocinhas de pipoca cheirando a banha, dos…sei lá eu mais o que. Tudo bem, mas que é uma pena é.
eduardo bertoni 13.08.04 15:28 …
André,
O que são os “Cadernos do Edmundo”? É algo particular ou estão (ou estiveram) à venda?
O cinema do Virzi era enquadrado dentro do estilo “Art-déco” puro ou seria uma espécie de híbrido?
vodca 13.08.04 15:50 …
O prazer foi meu em te conhecer. O seu flog é lindo!! Sou apaixonada pelo Rio e desde criança loucuras por fotos do Rio Antigo, vc tem um belo acervo. Parabéns.
vodca 13.08.04 15:52 …
Ah adorei o “apelido”. Bjs.
andredecourt 13.08.04 16:17 …
Eduardo, o antigo cine Americano está mais para o Art-Noveu, com aquela cromática, uso de ferro batido, torretas etc….
Os famosos cadernos do Edmundo são cadernos escolares, onde o pai de um grande amigo e colega de faculdade, chamado Edmundo Anjo Coutinho, colou recortes de fotos do Rio antigo, indo de velhas revistas e jornais, numa época que as imagens eram divulgadas de forma mais generosa, hoje tem muita gente que descobriu o valor delas e quer cobrar muito caro por royalts, de imagens que na minha opinião já estão em dominío público e que são importantes para mostrar o passado para as pessoas
andredecourt 13.08.04 16:29 …
Alvaro eu vou em multiplex por falta de opção, e elas são um dos motivos que cada vez eu gasto menos meu dinheiro com cinema, por ser criado no posto IV eu simplesmente acho um absurdo pegar um carro para ir num cinema.
O multiplex com seus saguões de uso comum ainda mistura o público, ir ver um bom filme não comercial e dividir a espera com um bando de imbecis que vão ver um blockbooster do tio San, não é muito agradável.
Prefiro muito mais ficar na fila de um Copacabana, Art Palácio, Rian, Metro, Roxy, Joia, Azteca, Condor, São Luiz, dentre outros exposto à fumaça do diesel e a fauna das ruas, que à fauna do shopping e ao ar reciclado.
Hoje para mim o melhor cinema é meu Home Theater, porque o ar é melhor, o som é melhor, e a tela, bem a tela ainda é uma TV, mas quando comprar o projetor vai ficar igual, porque nenhum cinema mais tem uma tela descente
abk 13.08.04 16:33 …
Frequentei muito esse cinema,André.Me recorda muitos bons momentos.
Gostei muito de te reencontrar no meetup.Valeu!!!
Abraços.
/bikerio 13.08.04 16:54 …
Nossa vocês são os únicos não portugueses que eu conheço que chamam térreo de rés de chão! hahahah
alvarogabriel@openlink.com.br 13.08.04 17:20 …
Mas olha, bikrio, não foi pedantismo não. É que eu ia contar uma história do José Lewgoy e no meio da digitação me lembrei que já tinha contado a historinha aqui mesmo; aí, para não cansar o distinto público, enveredei por outro caminho e o “rés do chão” (expressão base para a histórinha do Lewgoy acabou ficando) Mas, coincidência ou não sou realmente filho de portuguêses hehehehehehehe.
jro 13.08.04 17:41 …
Quanto aos cinemas, minha preferência sempre é em 1º lugar para os Estações/Laura Alvim/Ipanema/etc.
Depois vem o resto, mas a última opção são os Down Towns e outros shoppings.
JRO :-))
PS – Já conhecia aquela foto. Ela está numa revista que testa aquela “coisa”.
Seu amigo aqui já fez aquilo, no molhado e no seco, e de M5 e Z8. :-))))))))))))))
leflaneur 13.08.04 18:54 …
Não sou não. Não te catei ainda no yogurt…
André, se eu sair irei somente no Real. Não estou para grandes noitadas hoje não. Eu sei, eu sei… aí é que mora o perigo!
Artur Xavier 13.08.04 20:16 …
Pôxa, que máximo assistir Chaplin no cinema! Pena que eu cheguei no mundo tarde demais, estou com 30… Bom, pelo menos eu ainda peguei os anos 80 e o Rock Brasil!
Abraços, Artur, Niterói, RJ.
bemaia 14.08.04 02:25 …
Estou cedo em casa, né? Pois é…abortei a saída!
Beijos, Bê.
moshe342 14.08.04 05:59 …
André-
Pode-se dizer que vc. esta nos ensinando uma nova história do Rio de Janeiro, e isso é muito gratificante.
Obrigado
Abraços e bom, fim-de-semana
Moshélio
passeiopublicobr 14.08.04 09:56 …
que saudades… ainda mais para mim, que moro em Copacabana pertinho desse velho cinema (ops), academia de gibnástica moderna!!!

3 comentários em “Inauguração do Cinema Copacabana”

  1. So hoje é que vi ”Foi um rio que passou” do Andre Decourt sobre esse fillezinho mignon de exibição cinematográfica que infelizmente, desgraçadamente se tornou A!BODY TECH .Foi um dos menores e luxuosos cinemas de Copa,pertencente ao grupo Severiano Ribeiro que não pede tempo em fechar um de seus cinemas toda vez que o lucro desejado não alcança as metas de suas planilhas de custos e beneficios,doa a quem doer.
    Eu fui na reinauguração de 1996,após correr o risco de virar bingo, com exibição de MENINO MALUQUINHO..

  2. GostAria de dar mais algumas informaçoes sobre o Copacabana.É no minimo curiosa a observação de Jason quando revela que no Copacabana so estreava filmes de pouco interesse para o público ,ficando o ROXYcom os melhores lançamentos.Eu também percebia isso após o ano de 1999/2000.Eseslançamentos deixavam sempe acapaciade do cinema aquém ainda mais que ele era um cinema grande para os padroes da época.De vez em quando passava um sucesso como DE OLHOS BEM FECHADOS,O NAUFRAGO que enchia o cinema ,formando as famosas e deliciosas filas na rua.Me lembro que havia um gerente camarada que adiava um pouco o inicio da seção das 10 para que todos pudessem entrar.Era uma festa ,um autentico cinema de bairro,principalmente quando só existiam em Copa o ROXY ,O ART, O JOIA, e o COPACABANA.Em 2001 fiquei sabendo que o cinema seia reformado mais uma vez e transfomado em varias salas ,perdendo suas caacteristicas de cinema antigo.Inclusive saiu uma matéria no Globo onde os responsaveis por ele falavam que o CINE COPACABANA e outros remanescentes de rua da rede Severiano Ribeiro “aguardavam suas plásticas”como tinha sido feito com o cine SÃO LUIS.Em troca do antigo e luxuoso cinema iriamos ganhar mais salas no mesm local Seria bem melhor do que fechar o cinema e ponto final.Na realidade seria excelente para o bairro.Soube que para isso teria de se elevar o teto do cinema( gabarito vertical) um pouco para caberem as maquinarias de ar condicionado uma vez que o cinema teria dois pavimentos com salas.Parece que a prefeitura de Cesar Maia vetou por ser o imovel tombado e os donos não quiseram manter um cinema daquele tamanho. Não interessava tb dividir o cinema em duas salas apenas.
    Para que o cinema não virasse templo de seita evangélica seus proprietários resolveram dar “um bom fim” ao mesmo,passando o ponto para academia de ginástica que está lá firme e forte.Resta saber que o que se entende por um” bom fim” principalmente para quem ama o cinema.A academia não aumentou pra cima ,mas aumentou pra baixo ,cavando um enorme fosso na plateia onde onde hoje são piscinas.
    Na inauguração deram uma festa com baleiro e tudo na porta. Num bairro sem quase nenhum cinema, deu muita raiva de se ver isso.

  3. Gostaria de prstar mais algumas informações sobre o Cine Copacabana.É no minimo curiosa a observação de Jason quando revela que no Copacabana so estreava filmes de pouco interesse para o público ,ficando o ROXYcom os melhores lançamentos.Eu também percebia isso após o ano de 1999/2000.Esses lançamentos deixavam sempre a capacide do cinema aquém ainda mais que ele era um cinema grande para os padroes da época.De vez em quando passava um sucesso como DE OLHOS BEM FECHADOS,O NAUFRAGO que enchia o cinema ,formando as famosas e deliciosas filas na rua.Me lembro que havia um gerente camarada que adiava um pouco o inicio da seção das 10 para que todos pudessem entrar.Era uma festa ,um autentico cinema de bairro,principalmente quando só existiam em Copa o ROXY ,O ART, O JOIA, e o COPACABANA.Em 2001 fiquei sabendo que o cinema seia reformado mais uma vez e transfomado em varias salas ,perdendo suas caacteristicas de cinema antigo.Inclusive saiu uma matéria no Globo onde os responsaveis por ele falavam que o CINE COPACABANA e outros remanescentes de rua da rede Severiano Ribeiro “aguardavam suas plásticas”como tinha sido feito com o cine SÃO LUIS.Em troca do antigo e luxuoso cinema iriamos ganhar mais salas no mesm local Seria bem melhor do que fechar o cinema e ponto final.Na realidade seria excelente para o bairro.Soube que para isso teria de se elevar o teto do cinema( gabarito vertical) um pouco para caberem as maquinarias de ar condicionado uma vez que o cinema teria dois pavimentos com salas.Parece que a prefeitura de Cesar Maia vetou por ser o imovel tombado e os donos não quiseram manter um cinema daquele tamanho. Não interessava tb dividir o cinema em duas salas apenas.
    Para que o cinema não virasse templo de seita evangélica seus proprietários resolveram dar “um bom fim” ao mesmo,passando o ponto para academia de ginástica que está lá firme e forte.Resta saber que o que se entende por um” bom fim” principalmente para quem ama o cinema.A academia não aumentou pra cima ,mas aumentou pra baixo ,cavando um enorme fosso na plateia onde onde hoje são piscinas.
    Na inauguração deram uma festa com baleiro e tudo na porta. Num bairro sem quase nenhum cinema, deu muita raiva de se ver isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 5 + 9 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...