Vemos mais uma imagem do que era planejado para o Aterro do Flamengo, no Plano Agache, no final dos anos 20 início dos 30. Conforme já mostramos em outra imagem aqui no site, no dia 23 de Janeiro de 2008 ( http://www.rioquepassou.com.br/2008/01/23/ ) já naquela época estava previsto um aterro na orla do bairro, continuação dos grandes aterros que seriam implememntados na Glória e no Calabouço.
Se nesses dois lugares os imensos aterros serviriam para a criação de novos bairros, jardins monumentais e até uma porta cívica para o Brasil. No Flamengo o destino seria desafogar o bairro, que já se tornava de passagem para uma nova Z. Sul oceânica que crescia vertiginosamente.
Constatamos em Janeiro que o volume aterrado seria menor, e ele abrigaria  além das pistas jardins, quadras etc.. Tudo muito parecido com a programação do Aterro de hoje.
Na nossa imagem vemos  uma rótula elevada para a distribuição do tráfego em algum ponto da orla do bairro, ao contrário da outra planta onde tínhamos um desenho do Ed. Seabra, nessa não podemos nos localizar com tanta certeza. Mas se vermos o atual PA do bairro, em muito inspirado pelo Plano Agache, podemos especular que essa rótula talvez ficasse de frente à Rua Barão do Famengo, uma das poucas vias hoje com largura considerável em direção à praia, que teve nos últimos 10 anos pelo menos 3 PA´s