Nossa foto de hoje do início do séc. XX mostra em detalhe a complexidade das obras realizadas no período Passos, onde a cidade se transformou de forma radical, ganhando a fisionomia básica que possui até hoje, pois estas importantíssimas reformas nortearam e norteiam o crescimento da cidade até hoje.
Se na velha Cidade as obras eram de abertura de novas ruas, criação de um grande porto e demolição de morros que atravancavam a ligação para o Norte, nos bairros mais novos era o litoral retificado para permitir a correta comunicação para o Sul.
Gargalos estruturais como o velho Largo da Glória e o complicado tráfego do Catete estavam sendo resolvidos não só com o alargamento de ruas, como a própria do Catete, mas também retificando o recortado e imprensado litoral, nesse ponto com o Outeiro da Glória praticamente se debruçando sob a Guanabara.
Nesse flagrande encardidos operários em mangas de camisa descarregam terra vinda em carroções para preencherem o arrocamento provisório já realizado. O mais curioso da imagem é o teleférico para transporte de materiais na frente da Praia do Russel, até o outro lado quase já no Flamengo, certamente uma forma de agilizar o carreio de pedras e terra sem ter que contormar o Outeiro, complicando mais ainda a circulação na Rua do Catete que também era revirada nessa época.
É curiosa a ausência de qualquer obra na frente da City, a qual vemos ainda na beira d’água com seus muros e pier, fica aqui a especulação se havia algum embate da prefeitura com a firma inglesa ou só era uma estratégia de obra, pois nessa época os resíduos mais pesados produzidos pela elevação do esgoto eram colocados em barcaças e jogados fora da barra.
A foto quando vista em alta resolução mostra detalhes do precário barracão de ferramentas, do passar borrado de um bonde a burro no antigo litoral e ótimos detalhes dos carroções, barris e demais ferramentas,  além do solitários poste telegráfico no meio do canteiros de obras, alinhando com a antiga linha de meio-fio que aliás pode ser visto junto aos pés dos dois operários na esquerda da imagem, acredito ser a foto de autoria de Malta, embora esteja sem assinatura