Fluminense Football Club, dependências desportivas e sociais, anos 40

 

Conforme já prometido continuamos com as imagens da sede do Fluminense, contidas num pequeno caderno de postais que nos foi fornecido pelo amigo Ricardo Lafayette, tricolor doente.
Hoje estamos dentro do clube, que mostra nessa imagem grande sofisticação em instalações que não mais existem, demolidas no processo de modernização da sede ao longo dos anos, mas que curiosamente mantém a mesma disposição das instalações hoje existentes.
Na parte inferior da imagem vemos as quadras de tênis, na esquerda logo acima vemos o “banho de sol”, inclusive podemos em alta definição vislumbrar os guarda-sois fechados. Atrás vemos o prédio que abrigava a piscina, que terá um post exclusivo para ele em breve.
Por de trás da imagem podemos observar o topo do prédio que abrigava o ginásio e teatro, e por fim, na direita da imagem o “bar externo”.
É impressionante constatar que nesses 70 anos o clube se modificou totalmente, só restando desta época alguns fragmentos juntyo as muradas do restaurante, bem como a sede social e a tribuna de honra/social.
Uma foto para se ver em alta definição, disponível ao clicar o cursor do mouse sobre a imagem.

8 comentários em “Fluminense Football Club, dependências desportivas e sociais, anos 40”

  1. Ha um projeto de, com a ida do time profissional para um novo centro de treinamentos, se transformar o campo de futebol em quadras de tenis.

  2. O novo CT do Fluminense será em Guaratiba, às margens da Av das Américas que está sendo reformada para a via Transoeste.
    Foi uma grande sacada desta nova diretoria, seguindo um trabalho da anterior que, junto ao grande patrocinador, vem reeguendo o clube. Só com muito trabalho mesmo – e paciência – para captar recursos e poder pagar a grande dívida que o clube ainda tem.
    O Flu não tem torcida de massa como o Fla, Corinthians e outros, mas a marca vende bem.

  3. Como todo torcedor de um grande clube, como é o FLUMINENSE FOOTBALL CLUB, espero que, com essa conquista do Título de Tricampeão brasileiro, ele volte a ter e manter a sua tal fama de um Clube de organização que lhe deu a Taça Olímpica e que, a nova Diretoria, possa impulsionar grandes empreendimentos, espelhados em clubes de grande envergadura como o São Paulo, Grêmio, Internacional Atlético Paranaense e outros, a fim de angariar mais adeptos e grandes investidores para leva-lo ao topo das grandes equipes creditadas aos grandes títulos não só regional e nacional, como também aos títulos internacionais!
    Tudo bem que ele tenha conquistados muitas glórias no século passado, mas o que importa é o desenvolver-se no presente, vislumbrando seu potencial também para o futuro!
    AVANTE FLUMINENSE FOOT BALL CLUB!

  4. Eu sou tambem tricolor, na alegria e na tristesa,mas não foi so
    mente o Fluminense que mudou. Mudaram as pessoas as clas
    ses sociais os costumes , a vida mudou. A cidade do Rio de
    Janeiro não é mais a mesma o Brasil tambem mudou e muito.
    A decadência da sociedade é das intituições é o que mais assus
    ta.

  5. As transformações foram grandes realmente, mas nem tudo mudou. Aquele prédio que aparece lá atrás da antiga piscina ainda está lá, só que em alguma reforma modernosa perdeu a forma de arco da parte superior e agora é reta. Entretanto ainda é possível ver a curva original sob a tinta pois a alteração, na ocasião, não foi bem feita. Também perdeu a escadaria em estrutura metálica (substituida por uma toda reta em concreto). Atualmente e já há muito tempo é o Ginásio João Coelho Neto (Preguinho). Antes funcionava ali um teatro (a estrutura do palco e bastidores ainda está lá e é utilizada pela ginástica olímpica atualmente.
    Mas o mais curioso foi notar nas quadras de tênis (entre elas) os bancos , que ainda estão lá, ou então alguém providenciou cópias idênticas.
    Esta foto é simplesmente fantástica.
    Saudações tricolores

  6. Essas instalações eram o que havia de melhor na America Latina na época, lembrando que o Presidente da Republica trabalhava ao lado do clube, no Palácio da Guanabara, quando ainda eramos capital do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 5 + 8 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...