Lido visto da casa dos Bernardelli, anos 30

Nossa foto de hoje mostra em uma vista pouco usual a Praça do Lido vista  da varanda da casa dos Irmão Bernardelli, nessa época já ameaçada de demolição.A casa uma das pioneiras no bairro, construída antes mesmo da Av. Atlântica ter suas obras iniciadas e a Av. Copcabana nesse pedaço ainda vasto areal, era notada de longe nas fotos até o final dos anos 20, quando com o aumento das construções na Av. Atlântica e o fim da pendenga judicial que bloqueva a ocupação de grande parte do Posto II; começou a ser escondida e passar desapercebida.
Com a morte de Rodolpho Bernardelli em 1931 e a avançada idade de Henrique os boatos sobre a venda ou demolição da residência começaram, principalmente com as obras nos terrenos fronteiros para a construção de um grande cinema na Praça do Lido no final dos anos 20, cinema esse que nunca se concluiu e é praticamente desconhecido, só sendo visto em algumas fotos de Malta que acompanhava a construção de suas fundações.
Com a morte de Henrique em 1936, era dada como certa a demolição da casa, que ficou fechada por muitos anos, gerando inclusive na comunidade de Copacabana um pouco comum, naquela época, desejo preservacionista da residência, que foi debatido pela imprensa, inclusive a revista Beira-Mar, os moradores queriam preservar a casa, não só em lembrança aos dois brilhantes artistas, como também pelo significado que a casa tinha em relação à ocupação do bairro, era desejos de muitos que nela fosse instalada uma escola.
Mas os apelos foram em vão e no final dos anos 40 a casa em relativo mal estado foi a chão pelas mãos da Construtora Corcovado, a que mais destruiu o bairro no período. No feio e impessola conjunto de prédios que domina um dos lados da Praça do Lido em contraste com o bom gosto do Art-Noveu e Déco presente nos prédios das outras duas faces, pretendia o dono da construtora fazer a maior cobertura da cidade, para morar com sua mãe, mas um crime passional ( gay ) pois fim e esse empresa e a cobertura dividida.
Na nossa foto a casa parece já estar má conservada, falta um balaústre da varanda que ficava entre as duas torretas. No meio da praça temos o Restaurante Lido, demolido nos ans 50, e o Ed. Ribeiro Moreira, um clássico déco da cidade. Ao lado o Palacete São Paulo ( antigo Palacete Lido ) e o Ed. Império, hoje demolido. O Ed. Petrônio ainda não tinha sido construído.

21 comentários em “Lido visto da casa dos Bernardelli, anos 30”

  1. Sempre fico imaginando o que Copacabana poderia ser hoje em dia se tivesse havido só um pouco, não precisa muito, mas só um pouco de controle urbano e diretriz urbanística.

  2. Eu achava que a megacobertura do dono da Corcovado seria naquele conjunto da travessa Carvalho de Mendonça. Na minha opinião essa construtora foi a principal responsável pela destruição de Copacabana, antes dela o que havia eram edifícios decô esparsos e grandes casas, depois dela se configurou a muralha de concreto dando margem pra destruir o que restou (Vila Normanda, Ferrini, Smith Vasconcelos etc)

    1. O que seria a Galeria Duvivier é mais antigo que a Corcovado, se não me engano os conjuntos da Carvalho de Mendonça começaram a ser construídos no início dos anos 40 antes do brasil entrar na Guerra

  3. Hoje em dia acho a Pça. do Lido horrorosa, mal aproveitada, cheia de pivetes em volta e ainda tem aquela feirinha no fim de semana. Na minha infância nos anos 60 brinquei muito nessa praça e era bem melhor do que hoje.

  4. Essa casa ficava por acaso localizada na esquina da rua Belfort Roxo com Atlantica, onde hoje está o ed. Queen Elizabeth?

    1. Exato, não só o Queen Elizabeth como os prédios semelhantes, e que formam um conjunto, com nomes de duques, sir´s, Barões e etc. foram construídos pela Corcovado.
      Para os prédios safados ( quitinetes ou sala quarto com uma só janela ) eles davam nomes em inglês que passavam modernidade como Master, Space, Vantage etc…

  5. Boa noite,André.
    Eu não sabia que houve um razoável intervalo de tempo entre a morte de Henrique Bernadelli e a demolição da casa.Algo como dez anos,não é mesmo? Durante este período, alguém morou lá?
    Realmente,bem que o governo poderia fazer o mesmo que fez em Niterói,com a casa / atelier do Parreiras,até hoje museu a ele dedicado.

  6. Me parece que o Ed. Ribeiro Moreira (Ed. OK quando eu era jovem ) está em construção, se sim esta foto deve ser de 1927 pois ele foi entregue em 1928.

    1. Pois é Rouen, sempre achei que o OK tivesse sido entregue em 28, mas depois de ver fotos da praça e das reformas feitas por Prado Júnior acho que ele só ficou pronto por volta de 1930, pois a Praça do Lido foi entregue reurbanizada na forma clássica, com o restaurante, os laguinhos e os pergulatos, por volta de fins de 1927, início de 28, e tenho uma foto dessa época onde o OK sequer aparece na primeira laje, o que indica que talvez ele tenha começado a subir em 28 e só foi entregue por volta de 30

  7. Apenas ratificando ao centro da praça do Lido existiu o tal restaurante e o mesmo foi convertido em escola pública (EP).
    Fui matriculado ai no pré-primário em meados de 1959 ou 60 e iniciei o primário em 1961.
    Esse edifício baixo para mim foi a Escola Cristiano Hamann, ai aprendi as primeiras escritas.
    Logo o prédio existiu até depois de 1964 ou 65.

    1. O restaurante foi demolido, o que foi convertido na Escola Pública Cristiano Hamann foi o velho socorro de afogados, construído no início dos anos 20, em estilo Neo-Colonial, como uma demanda de mais de década dos moradores de Copa. Chegou até os anos 50 como escola e foi demolido no início dos anos 60 para a construção em mesmo lugar do Colégio Roma uma das modernas escolas modulares da Guanabara.
      O restaurante em estilo normando, que vemos no meio da praça, já tinha sido demolido alguns anos antes, quando a concessão de 30 anos tinha acabado e mesmo sobre protestos ele foi ao chão, no lugar dele nada foi construído até hoje, tendo após 1992 a prefeitura ocnstruído um pergulato moderno mais ou menos na área ocupada pelo restaurante

  8. Sou morador do Ed. Ribeiro Moreira e fiquei encantado ao descobrir esta foto. Realmente o prédio estava em construção em 1930. Mandado construir por Madame Eugenie Ribeiro Moreira.O prédio tem uma das portarias mais deslumbrantes que conheço. Todo em mármore de Carrara com pé direito de 9 metros,um ícone de Art Deco. Curiosidade; como grande parte dos materiais empregados na construção eram importados e houve sobra, ao lado foi construido o Ribeiro Moreira II. Moraram no Ribeiro Moreira: Ziraldo e Chico Buarque (a boa esquerda brasileira).

  9. Senhores,
    Gostaria de fazer uma sugestão: Estudei na escola Cristiano Hamman mais ou menos no período de 1960. Morava na Viveiros de Castro e acompanhei todas essas mudanças. Hoje moro em Rondonia.
    Diversos amigos daquela época estão em Goiania, Salvador, etc. Outros, poucos, continuam em Copacabana.
    Alguns mais íntimos, continuo a manter contato porém a grande maioria, não sei onde estão, o que fazem – é a vida. O pior é que na infância e adolescência nos conhecemos pelos apelidos : Jóias como: Barata, Lacraio, Crioulo Escróbio, Esfinge, Cabeção , Sansão, etc. – o meu era Peneira, pois jogava no time comandado pelo Pará… – Isso torna difícil encontrar através de pesquisas na Internet pois não sabemos os nomes oficiais desses antigos amigos .
    Em resumo : Há como pensar num tipo de blog em seu site separadamente por regiões tipo Posto 2, Figueiredo Magalhães, etc, para que possamos colocar nossos nomes, fotos , apelidos, emails, etc, para que possamos reencontrar aquelas figuras queridas ?
    Já procurei em diversas comunidades, só que elas não são específicas como o site de vocês. Só Rio de Janeiro.
    Obrigado e um abraço.

  10. Realmente vendo essa antiga foto da praça do Lido fiquei admirada , eu mesmo que nem conhecia a hitórias dos irmãos Bernadelli e muito menos de sua casa . Hoje sou uma visitadora frequente da praça , sempre fico ali eu e meu namorado com ambos apenas 16 anos , mas gostamos de ficar ali sentados nos bancos mesmo um pouco distante vendo o mar . Realmente essa praça era muito linda , e ressaltando o coméntário de (Oswaldo Mendez ), sim o patrimônio que era a praça não tem como comparar oque ela é hoje em dia , mas fiquei magoada por você apenas citar os “pivetes” que a frequentam , não é querendo-lhe desmentir mas muitas gente boas e de familia continuam a frenquentar a praça , ela acolhe muitos casais apaixonados e ainda os inspiram , talvez como antigamente da déc de 30 para cá , talvez você tambem ja sentou alie com uma namorada e ficou admirando o mar . A praça do Lido pode passar por várias mudanças mas ela ainda será apaixonante.

  11. Morei no edifício império de 1951 a 1556. Sua demolição para construção de um prédio horroroso e claustrofóbico ocorreu na década de 70. Será que o caro bloguista ou algum de seus leitores possui uma foto da fachada do edifício?

  12. Prezado Senhor,
    Gostaria muito saber quem construiu o Palacete Bernardelli. Meu avô materno Josep Benevento imigrante italiano chegado ao Brasil via porto de Santos em fins de 1800 saiu de São Paulo, não sei em que data, para morar no Rio de Janeiro onde foi contratado para construir palacetes em Copacabana. Será que construiu, o palacete em pauta?
    Grato pelo seu tempo e atenção.
    Atenciosamente,
    JABB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 9 + 13 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...