Postaremos hoje alguns detalhes da fachada do belíssimo sobradão neo-clássico destruído pelas demolições dígnas de um bombardeio da segunda guerra mundial na região do Catumbi, no início dos anos 70 para a construção da Linha Lilás e de um plano urbanístico conjunto que até hoje, 35 anos após, não vingou.

Na nossa primeira imagem vemos o belo trabalho de serralheria no gradil da sacada do imóvel, há desenhos em ferro batido muito complexos e de extremo bom gosto que pela o estado de oxidação não podem ser plenamente observados.

Já a segunda imagem mostra não só a ânfora localizada no topo da fachada, certamente metálica e que fazia parte do conjunto com duas estátuas também metálicas, possivelmente de bronze, furtadas pouco tempo antes dessa foto ser batida e postas a venda num brechó da Rua da Lapa ao arrepio das autoridades competentes, que mesmo avisadas nada fizeram.
Mas também  a grande flor estilizada arrematando a fachada do imóvel, detalhe esse por mim nunca observado nos imóveis antigos que sobrevivem pela cidade.
A demolição desse prédio entre no rol das demolições estúpidas em nossa cidade.