Estrada da Covanca 1921

foto de andredecourt em 03/03/08 

Malta como funcionário da PDF fotografa os investimentos da administração em áreas do velho Sertão Carioca, que hoje englobado em sua grande parte pela Z. Oeste da nossa cidade.
Região outrora importante para o abastecimento de gêneros para a cidade, tinha uma considerável população, que interessava enormemente aos políticos, principalmente com o advento da República Velha.
Vários surtos de melhorias foram observados na região, em administraçãos tão diferentes com as de Carlos Sampaio, Pedro Ernesto, Olympio de Mello, Dulcídio Cardoso, Negrão de Lima ( como prefeito do DF e Gov. da Guanabara, Lacerda e até mesmo Chagas Freitas.
Nossa imagem mostra a abertura da Estrada da Covanca, vemos os funcionários fazendo um corte na encosta ainda com técnicas rudimentares.
Essa via, projetada sobre as encostas da Serra dos Pretos Forros, galgando o Morro da Covanca, visava a comunicação de Jacarepaguá, mais pontualmente a região hoje conhecida como Tanque, até o outro lado da serra onde está Água Santa, na outra vertente da serra encontrando-se com a Estrada Paulo de Medeiros.
Ela corre praticamente paralela à Linha Amarela, desembocando em Água Santa a poucos metros da praça do pedágio, até poucos anos esse caminho, de asfalto precário podia ser feito com tranquilidade em sua grande parte, pois era interrompido nas vertentes mais íngremes, já hoje, com o avanço da favelização nas encostas sobre o complexo de túneis da Linha Amarela só com novas informações.
O traçado é tão paralelo que por muitos anos se imaginou construir uma via de ligação nos moldes da Grajaú-Jacarepaguá para fazer a ligação dos subúrbios do Grande Meier com a Baixada de Jacarepaguá por meio desse primitivo caminho, abandonado nos anos 60 pelo projeto da Linha Amarela, só realizada nos anos 90.

Comments (8)

riobus disse em 03/03/08 07:35 …

e essa semana?
mandei um email.

buraite disse em 03/03/08 08:09 …

A estrada ainda está lá, deviam ter mantido pois hoje a Amarela está saturada.
Outro dia subi um pedaço dela e me pareceu, bem, carroçável, mas não arrisquei subir mais, mas é um local belíssimo, se está cheio de favelas escondidas lá dentro então está pior que a Rocinha e o Rio das Pedras.

rodperez disse em 03/03/08 08:35 …

Com tummineli vai ser bom!

derani disse em 03/03/08 10:18 …

A paisagem da foto é muito bonita… hoje em dia não sei como deve estar… vale ver no Google.

luiz_o disse em 03/03/08 11:46 …

Conheço muito pouco esta região.
O que vão fazer com “tummineli”?

tumminelli disse em 03/03/08 14:25 …

Desconheço totalmente essa região!!!
:-)))
O que vai ser bom comigo?? Olha lá hein, não sou desses…
:-))))))))
:-))))))))))))))))

jban disse em 03/03/08 21:40 …

A Estr da Covanca ainda existe, certo ?

andredecourt disse em 04/03/08 07:45 …

Ela existe, mas até hoje não está totalmente urbanizada, há um trecho muito ruim, acho que só dá para passar de 4X4

17 comentários em “Estrada da Covanca 1921”

  1. Alguem tem fotos atuais dessa estrada? Tava querendo atravessa-la ou entao subir o Morro Inácio Dias, mas esse lance de favelização é complicado…

  2. a estrada da covanca e um lugar muito bom de se viver e morar.Inclusive aqui an rua Inácio Dias e um paraiso.Tem pessoas super humanas e trabalhadoras,não sei porque esse mito existe. Somos pobres, mas trabalhadores; temos o maior prazer de apresentar nossa rua q apesar de não ter asfalto (pois ficamos esquecidos pelos governantes) temos planejamentos aqui p a COMUNIDADE. Tenho orgulho de poder apreciar o melhor da natureza. Animais lindos da mata,vários(pois estamos dentro da floresta da covanca). Quem quiser conhecer me procure.

    1. Carla, Gostaria de saber, sehá, facções na estrada da covanca, pois moro a pouco tempo em JPA, e quero conhecer melhor essa região

  3. Pra falar a verdade, não da mais pra cruzar completamente a estrada de carro.
    Mas se tornou uma boa opção para quem gosta de fazer passeios a cavalo, e quanto a favelização, tem muito pobre sim, mas ninguem morde.

    1. BOOOOOAAAAA!!!É ISSO AÍ!
      QUEM TEM MEDO DE COMUNIDADE É POLÍTICO QUE PROMETE E NÃO CUMPRE!
      A ESTRADA DA COVANCA E AS MORADIAS QUE COMEÇARAM A SURGIR POR LÁ ERAM BEM VISÍVEIS DO ALTO DO MORRO DO BARRO VERMELHO,QUE ERA FACILMENTE ASCESSADO PELA ESTRADA DO PAU FERRO.
      TENHO UMA CURIOSIDADE,O ONIBUS 731 AINDA EXISTE?ELE IA ATÉ UMA PARTE DA COVANCA E DEPOIS VOLTAVA PRA CIDADE DE DEUS.

  4. ESTAMOS É ABANDONADOS PELOS GOVERNATES
    SEM ASFALTO E SANEAMENTO BASICO
    SÃO OS MORADORES QUE SE VIRAM SOZINHOS PARA SOBREVIVER NO MEIO DE TROCA DE TIROS E INSEGURANÇA TOTAL
    ESTAMOS VIVENDO UM INFERNO NA COMUNIDADE
    SOMOS TRABALHADORES…O QUE NESSE PAIS SIGNIFICA…NADA!

    1. Tatiane,
      Se a Covanca virou uma “terra-de-ninguém”, deve-se atribuir ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE AO ESTADO a responsabilidade disso.
      A coisa funciona mais ou menos assim. Se o Estado não se faz presente, fica muito mais fácil alguém que tenha certa influência sobre os demais “tomar conta do pedaço” e aí sua palavra vira lei.
      O que tenho visto ultimamente é que o Estado só está se fazendo presente na pessoa da Polícia. Até agora, os locais “pacificados” não receberam ainda uma unidade de saúde, novas e estruturadas escolas, etc. Em suma, de nada adianta a Segurança Nacional invadir, passar o rodo e depois que as coisas parecem mais calmas só se limitar a fazer UPP. É pouco para quem todo dia paga impostos dos mais variados tipos.
      Aquele abraço!

  5. do lado da agua santa é muito tranquila a comunidade, mas em certa parte da estrada ela some e só tem mata e mais nada se tiver uma trilha é muito, quem tem coragem de fazer o percurso tento fazer faz tempo.

  6. Caros
    É uma pena que o Poder Público tenha deixado esse projeto inicial de lado, preferindo o traçado da atual Linha Amarela. Até penso que dever-se-ia desbarva esse traçado, fazendo túneis se fosse necessário, a fim de desafogar o trânsito tanto em JPA, quanto no eixo Quintino-Madureira. Seria uma opção a mais.
    Porém pelo que Tatiane comentou (certamente é moradora), dificilmente o Estado dará as caras por lá. Qual seria a motivação política para facilitar a vida dos motoristas e ao mesmo tempo promover uma melhora nas condições de vida do povo que mora na Covanca e adjacências? Se existe favelização nesse local, foi porque os (des)governos estaduais assim quiseram com o passar de tantos anos.
    Espero que um dia alguém seja suficientemente inteligente para entender que o Rio de Janeiro não pode se resumir a Copas, Olimpíadas e Zona Sul.
    Abraços fraternos!

  7. Tem alguem da comunidade que poderia mostrar o caminho a partir da Estrada Paulo de Medeiros ? Eu moro bem próximo ao Pedágio. Se tiver informa aqui que eu passo o email para contato.

  8. morei na covanca na decada de 80,confesso que era muito triste, so se via cobras lagartos pelas ruas;morcegos.miguinhos;garças,bicho preguiças;gamba varios bichos,era um verdadeiro zoo.depois veio a civilizaçao foi devastando as matas;e trazendo mosquitos e ratos agora so poeira mas valeu viver la era area verde so tinha saude agora so ´POEIRAS. AO QUE FICARAM BOA SORTE AOS QUE SAIRAM GRAÇAS A DEUS

  9. a estrada da covanca é um otimo lugar para se morar muito socegado eu moro aqui a 8 anos e vi o crecimento dela que aumentou muito pricipalmente onde eu morro no pendura mas precisamente na matinha antes meus vizinhos eram cobras, largatos e micos agora são os ex moradores do rio das pedras que estão chegando em massa aqui

  10. Olá Sonia, estou escrevendo meio sem esperanças visto que a postagem é de 2013. Mas estou procurando por familiares de Pedro Estevão da Vitoria. Ele é irmão de minha mãe, e foi para o Rio de janeiro ha 50 anos atras e nunca mais voltou ao ES (estado onde reside os demais irmãos e também onde residia minha falecida avó, mãe de pedro, dona Espedita).
    Essa semana porém descobrimos uma pista, de que Pedro faleceu em 2006 e residia na estrada da covanca nº 1395, tanque.
    Minha mãe e demais irmãos mesmo apos saberem de sua morte gostariam de saber se ele deixou filhos, familia, pois apesar de tudo gostariam de saber sobre como foi a vida de pedro , se ele amou, se foi amado, se foi feliz nessa vida, se também comentava sobre os familiares que nunca mais viu…
    Se você conhecer algum dos familiares dele, se voce morar aí perto , por favor me ajude a dar um pouco de alegria pra quem já sentiu tanta saudade.

  11. Boa tarde a todos, gostaria de saber se posso usar trechos dos comentários em uma pesquisa que será publicada. Interessei-me principalmente no comentários da Carla, Tatiane, Rogeria e Sonia. Caso possam entrar em contato, agradeço muito. Tel: 24922252

  12. Oi gente!!
    Eu moro na estrada da Covanca,moro no inicio da estrada.
    To fazendo uma pesquisa,será que o site sabee dizer quem morava na casa,que tem registro de villa mendes1915?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 3 + 8 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...