Av. Atlântica com Rua Figueiredo de Magalhães

foto de andredecourt en 7/02/08 

Uma Copacabana que não existe mais.
Nessa imagem, dos anos 20 vemos a hoje movimentada Rua Figueiredo de Magalhães em sua esquina com a Av. Atlântica. Não há hoje mais nenhum referencial dessa época que tenha permanecido, pois todas as construções foram demolidas ao longo das décadas e mesmo as ruas foram alargadas e modificadas tão intensamente a partir dos anos 60 que seria impossível por elas identificar o local. Restam os morros, se conseguíssemos ve-los desse ponto através da massa de prédios construídos a partir do final dos anos 40.
Voltaremos ao passado para identificarmos com certaza o local. Uma das identificações mais fáceis na Rua Figueiredo Magalhães quando vista da praia é a casa de James D’Arcy que se encontrava no bairro desde o início dos anos 10, mas a imagem de hoje por um capricho de enquadramento só mostra dela um pedacinho do seu portão traseiro, dando destaque para a casa vizinha, bem pouco fotografada.
Atravessaremos a rua, e pelos muros junto a calçada, e com outras fotos temos certeza que a casa que vemos é o grande castelinho normando dos Guinle, do qual tenuamente aparece um pedaço no extremo direito da foto.
O muro não nos deixa dúvidas, principalmente se o compararmos com a foto do dia 26/2/2004 ( http://www.rioquepassou.com.br/2004/02/26/1519/ ) onde a casa aparece com toda a sua opulência uma década antes.
A casa dos Guinle foi demolida nos anos 40, sendo substituída pelo Ed. Camões, talvez o primeiro grande prédio, em volume da Av. Atlântica, popularizando o endereço com aparatementos de várias tipologias, mas longe do modelo de palacate até então construído.
Corre a estória que a construção do Camões foi um golpe para os compradores do edifício que fica atrás, muito mais sofisticado e imponente que ele, e que deveria estar na Av. Atlântica. Construído também em terrenos dos Guinle os apartamentos foram vendidos com uma prometida vista perpétua para o mar, sobre a grande casa da família, que alegava que nunca seria demolida. Inaugurado e entregue o prédio, não se passaram nem 5 anos para a casa ser demolida e os compradores do prédio na esquina da Rua Domingos Ferreira com Figuieiredo de Magalhães perderem sua propagandeada vista eterna para o mar.

Comments (5)

famadas 7/02/08 5:55 …

Como bom detalhista que sou, adoraria ver uma ampliação dessa foto para poder ler o cartaz da extrema esquerda, abaixo da árvore.

derani 7/02/08 11:08 …

Já tinha muito espertinho àquela época que a Justiça ainda funcionava um pouco… hoje em dia então…

jban 7/02/08 21:38 …

Detalhe para a bela calçada em pedras portuguesas, formando mosaicos em preto e branco.
Mais uma história de aproveitadores e lubridiados em Copacabana.
ótimo registro

flaviom 7/02/08 23:54 …

Esta casa vizinha à Mansão D’ tem um tamanho estranho. Mais parece um colégio. Ou seria a modesta edícula da Mansão?

helena_59 13/02/08 22:56 …

Muito interessante, AMEI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Um comentário em “Av. Atlântica com Rua Figueiredo de Magalhães”

  1. Morei na Rua Figueiredo Magalhães por muitos anos. Do início dos anos 60 até 1970. Gostaria muito de fotos da rua principalmente
    do trecho entre a Avenida Copacabana e Avenida Atlantica.
    Muito obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 14 + 7 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...