andredecourt's photo de 17/10/07

O ônibus E. de Ferro Leblon de número 114, passa pela Lapa no final dos anos 40.
Vemos em detalhes o ônibus Chevrolet apelidado pelo povo de “Gostosão” pelo conforto de rodagem e modernidade do veículo. Ao fundo vemos a Estação de Bondes da Lapa, com seus peculiares anúncios, não faltando a onipresente propaganda da Água Salutaris.
A Linha 114 era uma das criadas após a liberação de novas linhas, dada pelo Prefeito Henrique Dodsworth, após a proibição da concessão de novas linhas feita pelo Prefeito Pedro Ernesto a fim de acabar com a verdadeira bagunça que o sistema de ônibus estava se tornando no Distrito Federal, com transposição de linhas e concorrência dessas com os bondes nas mesmas vias, começando a atrapalhar o tráfego do transporte de massas sobre trilhos, além de criar a proíbida revenda de linhas por especuladores.
Essa medida gerou um novo boon de empresas de ônibus na cidade, pulverizando mais ainda o modal e lançando a semente de uma praga que iria afetar a cidade até o governo Lacerda, os lotações.
Junto com isso o prefeito tirava os canteiros centrais de várias importantes vias, obrigando os passageiros dos bondes a desembarcarem em plena pista de rolamento aumentado o número de acidentes.
Nos próximos anos a cidade assistiu o contínuo desmantelamento do sistema de transporte de massa em detrimento dos ônibus, enquanto sistemas de transporte de massas sobre trilhos, ou não eram implantados ( metrô ) ou eram paulatinamente desmantelados como os bondes em primeiro lugar e os trens urbanos, que chegaram ao ápice do sucateamento nos anos 90 do séc XX.
Isso criou além da drástica queda da qualidade de vida na cidade, o aparecimento de mais favelas, pois a mão de obra pobre tinha que ficar perto do emprego e a formação de um fortíssimo cartel que até hoje influencia de forma negativa a ampliação de novos modais e a racionalização das linhas de ônibus, que são excessivas na Zona Sul e ausentes em boa parte das Zonas Suburbanas.

Comments (9)

derani 17/10/07 10:24 …
Parabéns! Sintetizou bem a origem de muitas de nossas mazelas.
Isso me parece, infelizmente, um problema insolúvel devido ao poder dos empresários de ônibus, cartéis de vans e da indústria de liminares.
Dá até para esquecer que o transporte público é tão somente uma concessão do Estado e não um loteamento de oportunistas.
luiz_o 17/10/07 12:07 …
Experimente observar os ônibus que coalham a Av. Rio Branco, em qualquer horário: todos têm uma ocupação menor que 30%.
É o caos!
awaywithme 17/10/07 17:17 …
‘Vemos em detalhes o ônibus Chevrolet apelidado pelo povo de “Gostosão”’
vamos apelidar o 484-B Perimetral, de gostosão também. 😀 uma nova versão da Lina 114, rsrs!
Beijos. ótima foto.
awaywithme 17/10/07 17:18 …
linha*
triunfodapintura 17/10/07 21:26 …
Henrique Dodsworth deve ter terminado o mandato com um bom saldo bancário.
jason_1900 18/10/07 00:59 …
Esses GMC eram papa fina: tinham câmbio automático e suspensão a ar…
jason_1900 18/10/07 01:14 …
Ah… faltou dizer: o motor era Detroit Diesel, dois tempos. Que som lindo!
rouen_photos 18/10/07 07:04 …
Esta estação de Bonde da Lapa era de um puro Déco
jban 18/10/07 07:43 …
Até hoje é uma vergonha… E nos condenados a um transporte de terceiro mundo