andredecourt's photo from 10/1/07

No domingo o colega Rouen colocou uma foto do trecho final da Rua Figueiredo de Magalhães recém aberto em 1956, contando com vários detalhes do passado agrário e proletário desse pedaço de Copacabana: http://fotolog.terra.com.br/bfg1:411

Nos comentários o amigo Luiz D’ mencionou que a rua terminava na Praça Vereador Rocha Leão, o que na época não acontecia.
Apesar de aquela região de saída do túnel velho ter sempre contado com o status de largo, inclusive contando com um curioso chafariz na saída do túnel quando do seu alargamento nos anos 20, o local nunca foi considerado uma praça.
Com a abertura do prolongamento da rua Figueiredo Magalhães o decreto do novo PA deixava planejado para o local a construção de uma praça, mas o seu lugar e forma ainda não estavam plenamente definidos, pois havia um PA conflitante. O da rua Siqueira Campos que previa a duplicação da galeria do Túnel Velho lado a lado e o alargamento total da via, como podemos observar os vários prédios afastados do lado direito da via, e o único trecho desse PA realizado de fronte ao Shopping dos Antiquários no número 143 da Rua Siqueira Campos.
Só no Estado da Guanabara, em 1966 no governo Negrão de Lima que foi decidido no local instalar duas praças como noticiava o Jornal O Globo no dia 16/11/1966.
O Jornal dizia que no final da Rua Figueiredo de Magalhães seria construída a Praça Vereador Rocha Leão e no final da Rua Siqueira Campos a Praça Augusto Frederico Schmidt, o que é muito curioso, pois no local apenas a Vereador Rocha Leão foi inaugurada. O poeta acabou ganhando poucos anos após o nome do viaduto principal do trevo das pistas da Lagoa sobre o Corte do Cantagalo.
A praça foi inaugurada pouco tempo depois, com a colocação inclusive de um busto do Vereador Rocha Leão de autoria de Martinelli, amigo do político. A praça em seu formato original durou pouquíssimo tempo, pois em 1970 com o término das obras da duplicação do Túnel Velho, ela foi transformada em uma Park Way. Com as obras do túnel o busto do Vereador Rocha Leão foi para o depósito da FPJ, se encontrando lá até hoje, segundo pesquisa da família no final dos anos 90.
Com o fim das obras do Metrô da Estação Siqueira Campos, a praça foi novamente reurbanizada, pois durante as obras ela abrigou as instalações provisórias do 19 BPM. A nova urbanização cometeu um erro, que já se transformou em duas mortes e vários atropelamentos, a instalação de brinquedos na praça. Que atraiu uma frequência, que nunca deveria estar ali. Crianças, babás e carrinhos no meio de uma Park Way, na saída de um túnel com todas as vias circundantes em curvas e em declive.
Atualmente a prefeitura tenta contornar um erro que não foi seu, mas sim insistência de moradores que pouco conhecem de urbanismo, com a colocação de quebra-molas e um pouco utilizado sinal de transito.

Comments (5)

jban 10/1/07 9:23 AM …
Praças em Copacabana ? Dificil….
Por que não implodir um quarteirão e fazer uma praça de verdade no bairro ?
luiz_o 10/1/07 12:45 PM …
Como difícil?
A do Bairro Peixoto é uma maravilha.
mulheresdevenus 10/1/07 2:29 PM …
supimpa notícias antigas!
qlq um viaja no tempo!
Bjocas!
jban 10/1/07 6:15 PM …
Bairro Peixoto é Copacabana ?
Eugênio Jardim é Copacabana ?
Eu disse Copacabana !