foto de andredecourt en 16/05/07

Há algum tempo fiz uma pequena série sobre as ressacas na Av. Atlântica ( http://www.rioquepassou.com.br/2004/11/07/http://www.rioquepassou.com.br/2004/11/08/ , http://www.rioquepassou.com.br/2004/11/09/ ) fora post’s isolados mostrando a força do mar na Av. Atlântica.

Normalmente menciono a existência das platibandas de concreto, que ficavam enterradas na areia, construídas nos anos 40, a fim de evitar que as ondas estourassem diretamente na amurada da avenida, atuando como verdadeiros quebra mar, e que apareciam somente quando a areia era lavada e levada pela força das ondas. Embora nunca as tivesse mostrado aqui no flog.
Pois aproveitando o gancho dado pelo Jornal O Globo que mostra em suas páginas da edição de hoje, o mar batendo na amurada da nova Av. Atlântica no Posto VI, publico essa foto, dos arquivos do jornal de uma ressaca no passado.
O ano talvez seja 1957, onde uma ressaca mediana provocou alguns danos na avenida, a foto porém nos mostra claramente a platibanda, pois a mesma estava totalmente exposta em virtude de ressaca. Podemos ter uma ótima idéia de como ele era e como era distante das amuradas da avenida, ficando praticamente na linha de arrebentação do velho litoral.
A foto foi tirada no Leme em direção ao Posto VI, no canto direito da foto podemos ver o letreiro do restaurante La Fiorentina.
Foto: autor não identificado
Acervo: Arquivos do Jornal O Globo

Comments (17)

bacione 16/05/07 10:49 …
Muito legal essa volta ao nosso passado. Ressacas são bonitas de se ver, mas apavorantes…. bjs Pia
rock_rj 16/05/07 11:22 …
Até quando conseguiremos conter a força do mar?
Não é para os nossos dias, mas nossos netos vão ter esta preocupação…
André Costa 16/05/07 11:38 …
Essa imagem foi muito oportuna e mostra quando a água leva a areia aparecem milhares de objetos minusculos perdidos na areia por anos que surgem aos montes, moedas corroidas são as mais encontradas. É a época de garimpeiros da areia.
Ai ficamos sabendo os anos em que foram perdidas ou jogadas como oferenda.
Acredito agora no surgimento de novos objetos como celulares e maquinas digitais aos montes que o mar deve devolver, uma amiga perdeu a dela no último Reveillon.
Para quem quer relebrar mais postei algum tempo atrás uma foto do Leme, vale ver.
http://www.flickr.com/photos/andre_so_rio/318892686/
jban 16/05/07 12:31 …
A natureza se vinga….
Waldenir 16/05/07 12:33 …
Boa tarde,André.
Então, em uma foto tirada 50 anos atrás,podemos ver que toda a Av.Atlântica já estava tomada de prédios altos.
Pela curvatura da praia,o fotógrafo estava quase no final do Leme,não é mesmo?
Derani 16/05/07 15:43 …
A feroz luta da Av. Atlantica contra o mar que só terminou mesmo depois da duplicação.
jban 16/05/07 16:42 …
Mas com o degelo das calotas polares …..
js 16/05/07 17:52 …
Eu já comprei um barquinho. hihihi…
Luiz D’ 17/05/07 10:09 …
Excelente foto para documentar as platibandas.
Lembro bem dessa ressaca: houve ondas (marolas) até na Praça Serzedelo Correa.
http://fotolog.terra.com.br/luizd
zecarioca 17/05/07 11:03 …
Nessa época, só havia uma pista, ainda? Então, certamente, o aterramento e a nova pista cobriram as platibandas?
derani 17/05/07 12:53 …
Um trabalhão danado para colocar depois a areia toda aí de volta…
laura_muzzi 17/05/07 16:04 …
Nossa, que foto perfeita !
=*
Alberto de Otero 18/05/07 4:57 …
Ao fundo,mesmo no passado,já podemos ver um pivete de olho na carteira do sujeito. Hoje seriam pelo menos dez,e a camêra teria sido roubada também,o que faria com que a foto jamais existisse.
littlerose 18/05/07 8:06 …
Eu fico me perguntando o que será de nós quando o mar resolver tomar de volta o que era seu…
alo_helo 18/05/07 12:22 …
Nossa, como já tinha tanto prédio, altos, antes do anos 60.
Excelente foto.