foto de andredecourt en 31/03/05

Durante a noite o golpe militar mais longevo da história do Brasil, é arquitetado e posto em prática, uma a uma as unidades militares vão caindo ou debandando para a mão dos insurgentes.

Tomada do forte de Copacabana
Post para as primeiras horas do dia primeiro de Abril….41 anos depois.
Foto de autoria de Evandro Teixeira

Comments (32)

bie2009 31/03/05 22:27 …
Olá moço!
Saudade de vc! Qd a gente pode combinar
um(nsssssssss) chopp(sssssssss)!? Vamos falar com o Mauro…uma noite de fechar os bares….hihihi….até parece que eu agüento….risos!
Mas vamos combinar!?
Saudade!
Beijokas,
Gaby
frederico_mendes 31/03/05 22:30 …
Triste aniversário…
Festa da ignorância, da violência e do ódio.
rodperez 31/03/05 22:32 …
Excelente foto!
triste acontecimento
carolrosachoque 31/03/05 22:36 …
Muito triste este fato 🙁 A foto está ótima, pois transmite um pouco de tristeza pela data, eu achei.
Bjs
andredecourt 31/03/05 22:41 …
Na realidade a foto mostra que o golpe foi uma ação entre amigos, alguns ainda exitantes em cumprir ordens de um executivo fraco e viciado, e outro inflado pela polarização da Guerra fria achando que a floresta da Tijuca viraria uma Sierra Maestra, ou os Russos emergeriam do mar na praia de Ipanema….
O velho canhão posto na frente da TV Rio, frente ao enorme poderio bélico dos canhões do forte de Copacabana é uma piada !
marina49 31/03/05 22:49 …
Parece cena de filme…ainda bem que passou, nem se deveria comemorar!!!
Aula de história…vc leva o maior jeito para teacher!
Beijão!
aragorn_br 31/03/05 22:53 …
O 1º de abril menos engraçado que já tivemos na história do país. E chamaram isto de “Revolução”.
{:^)
jban 31/03/05 23:35 …
Na verdade os canhões do Forte de Copacabana só serviam para atirar na direção do mar. São canhões alemães Krupp de alto calibre.
Na tomada do Forte Copacabana, nem um tiro foi disparado.
jban 31/03/05 23:37 …
André, vou te mandar umas fotos das passeatas a favor da revolução que aconteceram no dia 2/4. não era pouca gente não. O maior problema da revolução foi quando os militares não quiseram abrir mão do poder para os civis em 1966/67. Aí começou o inferno astral que passamos até 1985. Depois vieram Sarney e Color…. ai, ai…
João Novello
analyzator 1/04/05 4:21 …
Foto maneira. Parece uma pintura, só se vê praticamente tons em preto e branco. Bela “homenagem”…
autofocus 1/04/05 5:32 …
Nossa! Como vc conseguiu isso!
DEMAIS!
É para ninguém esquecer isso.
Bom fim de semana!
Adri 🙂
jban 1/04/05 5:44 …
A foto é do Evandro Teixeira, veterano fotógrafo do JB, com muitos anos de trabalho e vários premios conquistados.
João Novello
luiz.darcy@uol.com.br 1/04/05 7:54 …
A tomada do Forte de Copacabana foi patética. O coronel (não vou citar o nome) saltou do táxi, deu um tapa no sentinela (um imberbe recruta) e pronto…
Evandro Teixeira é um notável repórter fotográfico. A Revista de Domingo do JB publicou uma série de fotos dele na semana passada. Dêem uma olhada em http://ludaol.multiply.com/photos/album/155
luiz.darcy@uol.com.br 1/04/05 7:58 …
André, só falta agora publicar a foto da campanha “doe ouro para o Brasil”. Fecharam a Visconde de Pirajá, perto do Bar 20, em frente de onde era a TV Excelsior (uma espécie de Globo da época), puseram os Faustões, Xuxas e Bials de então para recolher doações. A massa, iludida, doava alianças, cordões de ouro, anéis, brincos, etc, “ao vivo”. Isto se repetiu por todo o Brasil. Para onde foram estes valores, ninguém sabe, ninguém viu. Uma vergonha!
andredecourt 1/04/05 8:02 …
Não João, os canhões do forte também podiam bombardear a cidade, eles inclusive nos anos 20 chegara a atirar para o centro destruindo uma casa na rua Camerino.
Os canhões poderiam por abaixo com poucos tiros o prédio do ministério da Guerra
andredecourt 1/04/05 8:04 …
Luiz foram para o bolso de algém mais esperto que a massa manipulada, que hoje se embasbaca na frente dos televisores, vendo BBB e Americas da vida
jro 1/04/05 8:10 …
Belíssima foto!!
Jro :-))
Voce acha que estes canhões poderiam acertar um certo palacete que fica dentro do Parque Guinle?
:-)))
andredecourt 1/04/05 8:17 …
Zé Rodrigo canhões que tem precisão até as ilhas Tijucas poderiam fazer uma farra em qualquer palácio dentro da cidade
gerard_3 1/04/05 8:20 …
A minha foto tem muito a ver com este post seu…
Acabou de haver uma discussão braba aqui sobre este assunto…eu me lembro do cartão de Natal que o Brizola mandou para meu pai e outros Fazendeiros lá do Sul ,nele tinha um Papai Noel lavrando a terra e dizendo…e a terra será dividida entre todos!
🙂
Pois é …
Bjócas!
De
jban 1/04/05 8:52 …
André,
Valeu a informação sobre os canhões.
jban 1/04/05 9:03 …
 
Alvaro Gabriel 1/04/05 9:26 …
Enquanto isso, lá na ponta do Leme, na voltinha da ciclovia, está a estátua do Castelo Branco como num escárnio a todos nós. Deveria haver um abaixo assinado (nós cariocas adoramos um movimento coletivo) e dar um BASTA naquele pedaço de anãozinho feito de bronze; símbolo da indecência, da arrogância, da burrice fardada que se instalou neste país por 20 anos.
E não se enganem; ainda existem uns idiotas de comédia que exaltam a quartelada de 1º de abril. O argumento desse povo imbecilizado é que a sociedade, portanto nós, precisamos de um norteador de comportamento moralmente rígido. Agora eu pergunto: quem será o líder moral que poder sair das casernas; lugar onde a profissão é matar ?
Quem será o guia de caráter saído dos seminários obscuros onde se violentam freirinhas e menininhos todas as noites ?
Que o dia de hoje possa ser para mim um momento de meditação. Passarei minuto a minuto lembrando que por mais que eu reprove certos Dirceus e outros kompanheiros, dou graças a Deus pelo fim dos anos de chumbo. Não pela ditadura em si mas pelo baixíssimo nível moral e intelectual da camarilha que se instalou no poder.
E, por favor: dispenso ser lembrado de nomes tidos como gênios tipo Golbery, Delfim, Campos etc.
São todos coniventes do período mais burro por que este país já passou. E olhe que não estou falando nem em donos de jornais e editoras.
Mapas Antigos 1/04/05 9:45 …
Extrapolando o sentido jornalístico, esta foto é uma obra de arte, uma lição de composição e do uso de sombra e luz. De resto, não se poderia esperar muito mesmo de um revolução decidida, como lembra o Luiz, na base do tapa.
Abraços,
Celso Serqueira
http://fotolog.terra.com.br/mapas
odeon 1/04/05 10:25 …
Evandro sempre vê além….
Antolog 1/04/05 10:45 …
Ainda bem que já saímos deste período obscuro da nossa história… será???
Lefla 1/04/05 13:41 …
Essa história ainda não tem período histórico para julgamento. Claro que todo golpe é condenável, mas a esquerda era golpista também. O País estava dividido e havia um impasse. Foi resolvido da pior forma, mas muitos impasses são resolvidos da pior forma, pois a solução de um grupo é ruim para o outro. Não acho que a esquerda tivesse representação para dar o golpe que pretendia no Brasil. Tampouco os Generais. Mas houve o que houve. Tiranizar a Ditadura e absolver os irresponsáveis de plantão que deixaram que a situação chegasse aonde chegou é outra coisa. Hoje a esquerda ganha polpudas indenizações, algumas devidas, muitas não. As aposentadorias milionárias do Presidente e do FHC e a indenização do Cony, por exemplo. É tudo um festival de erros, de um país que optou pelo golpe, ao optar pelo Presidencialismo. Para tirar Presidente, só com golpe, ou simulacro de golpe. No Parlamentarismo a coisa pode ser mudada ou mantida por consulta. Mas isso é coisa arcaica, o Golpe da República sepultou esse sonho e instaurou a falta de respeito pela instituição democrática neste País, tanto pela direita quanto pela esquerda. Não esqueçam que o Brizola, por exemplo, defendeu Collor e o Gen. Figueiredo, propondo para este último, a prorrogação de seu mandato.
Enfim, FEBEAPÁ (Festival de Besteiras que Assola o País) do Sergio Porto, peça emblemática do mal que nos assola, muitas vezes com nefastas consequências. Não há santos. Nem demônios. Há uma pândega!!!!
Lefla 1/04/05 13:43 …
Ah, e não esqueçamos que o Lula refere-se hoje à Ditadura Militar como o período em que “o País tinha um projeto.” Bleargh!!!
Tudo tiranete de fantoche, doido para exercer o poder absolutamente. O poder é um potencial sedutor e, por isso, deve ser cercado de liturgias e disciplinas, para conter o desvario das pessoas.
Lefla 1/04/05 13:44 …
Alvaro, permito-me discordar: o baixíssimo nível continua aboletado no poder. Só não usa farda, mas propõe restrições à liberdade de imprensa e quer calar o Ministério Público. Ou seja… tudo como dantes, no quartel de Abrantes.
andredecourt 1/04/05 14:33 …
Lefla tocou num ponto que eu esperava que alguém tocasse, que era a polarização, nunca podemos colocar Marighelas e Lamarcas como democratas, na realidade eles também queriam sua ditadura, uma ditadura espelho.
No meio ficavam os pobres democratas e moderados, que iriam apanhar de um lado ou de outro
Alvaro Gabriel 1/04/05 14:58 …
Em países como o nosso, tomar o poder, seja pela direita, seja pela esquerda, é uma briga de foice no escuro; vale tudo em nome do bem-estar e felicidade do povo.
E nessa de aboletar-se no terceiro andar do Alvorada, vender a mãe para entrar no baile de órfãos é o que menos espanta.
Vejam essa figura delétria do Zé Sarney. Hoje posa aí de democrata quando todos sabemos do estrago que a família dele fez e ainda faz lá no Maranhão.
E se ele hoje é Senador pelo Amapá é porque falta um pingo de vergonha na cara de todos nós.
E quanto á esquerda regada a chopp, concordo inteiramente com o Lefla. Basta ver que de todas aquelas peças, livros, filmes proibidos pela censura, quando acabou a censura, não apareceu nenhum.
Jason_1900 2/04/05 8:04 …
Que bela foto do Evandro Teixeira, hein?
pmmc 7/04/05 9:01 …
Linda foto !