Primeiro veículo com rádio no Rio

andredecourt's Foto von 17.08.04

Depois de uma reportagem na revista Veja dessa semana fiquei com muita vontade de postar essa foto.
Uma bossa para os amantes do “tuninho” como fala o porteiro de um amigo, depois do néon disco voador, dos painéis “macacados” e dos tapetes de piso de ônibus, que tal essa fantástica e aerodinâmica antena de rádio de galena !!!!!
Agora falando sério, vemos numa foto retirada de um livro de Dunlop, o primeiro veículo a circular com um rádio em nossa cidade, e talvez país, todo o equipamento era experimental, e fico imaginando em plena década de 20 esse Town Car , ou Pneumonia Dupla como foi apelidado pelos cariocas circulando pela cidade.

Comments (23)

Ricardo Carneiro 17.08.04 08:39 …
Olá André!!!
Olha amigo, realmente, esse flog é sensacional, uma volta ao tempo mesmo, incrível!!!
Um flog cultural até que enfim, e como um amante da história do Rio antigo, adorei esse.
Meus parabéns mesmo, um flog inspiradíssimo.
Um abraço.
jro 17.08.04 08:43 …
Maravilha!!!
E que carro lindo, classudo!
Repara o alto falante apontado para fora, na região do banco dianteiro.
Deve ter sido o precurssor dos Trios Elétricos…
JRO :-)))
jro 17.08.04 08:45 …
O teto do motorista não parece ser o teto de um “Pneumonia dupla”…..
JRO :-))
andredecourt 17.08.04 08:48 …
Mas Zé Rodrigo se v/c reparar bem, a cabine dos passageiros é completamente destacada da do motorista, que só possui o para brisa e o teto meio fino para se proteger das intempéries, pode ser um Landau ???
Mas a ausência de proteção ao motorista complica….
vodca 17.08.04 08:57 …
Obrigada pelo elogio. Mas deve melhorar, estou sem máquina. Essas fotos são todas antigas, eu tirei no início do ano. bjssss
lucia 17.08.04 09:01 …
Que maxímo esse carro!!!
Parece que ele carrega uma pipa gigante, ainda por acabar… 😉
André, andei revirando um baú da minha sogra. literalmente um baú, entre catalogos de telefones de 1998; por que alguém guardaria TODOS os catalogos desde então??? revistas VEJA da decada de 70, que eram do avodrasto do Gustavo, e com ela no meu pé não consegui descobrir muita coisa.
Tem muita foto de São Paulo e Minas.
Mas tem algumas que talvez você ache interessante.
Vou pegar prá você ver.
E assim que der procurar melhor.
Bjs
jro 17.08.04 09:11 …
Pode ser, mas nesse caso acho que seria uma pneumonia simples em vez de uma dupla…
:-)))
:-))))
:-))))))
:-))))))))
andredecourt 17.08.04 09:12 …
pensei nisso tb !!!!
jornalistabr 17.08.04 09:31 …
Quero colocar uma antena desta no meu carro!!! Vc reparou no altofalante do carro? Parece uma tuba de gramofone!!! Muito chiqe!!
alvarogabriel@openlink.com.br 17.08.04 09:50 …
A foto é sensacional. Que coisa esquisita, sô. Agora, sem querer entrar na palpitante polêmica que se aproxima quero dizer o seguinte: apelidar de pneumonia dupla um carro de cabine sem muita proteção é um pouco de exagero do carioca. Primeiro que o calor desta terra não nasceu hoje; imagino que naqueles tempos a humidade da cidade deveria até ser ainda mais alta. E depois, tem o seguinte: como pegar uma pneumonia com as fatiotas que nossos bisavós usavam ? Era tudo vindo da europa, de lã pesada, com ceroula, camisa, colete e paletó. Era capaz do camarada pegar uma intermação. Mas em matéria de “fresquinho” entando na cabine, o pobre do motorista (olha só a pose do moço) deveria até agradecer aos céus.
Jason 17.08.04 09:57 …
Mariozinho de Oliveira conta que, aí por volta de 1932 ou 1933 o pai dele comprou um Packard com rádio – uma novidade absoluta naquela época.
O dial ia no painel, mas o aparelho do rádio em si, assim como parte da antena, iam montados no chassi, sob o assoalho do carro.
Não se ouvia muita coisa além de chiados medonhos. E o Mario lembra que foi taxado de mentiroso na escola, e quase apanhou, quando disse que o Packard da pai tinha rádio!
Jason 17.08.04 09:58 …
ERRATA: é tachado com “ch”. Taxado com “x” é impor uma taxa, tributar…
Leonardo 17.08.04 10:12 …
Muito discreta essa antena…
🙂
andredecourt 17.08.04 10:19 …
Alvaro imagine só a cena, temporal de verão no fim de tarde e o chauffer levando seu burguês patrão à um jantar, chegando lá o pobre motorista com sua roupa alagada teria que esperar seu “master” com a noite caindo e a temperatura idem …..
Ou então um inverno como esse, frio, e na época os invernos eram ainda mais frios, pois não havia o desmatamento de hoje, a a cidade não era toda asfaltada, e nosso chauffer, levando seu patrão para um reunião à 8 da mnha com uma chuva fina e muito vento, pela a Av. Beira Mar, fora a humidade.. certamente não devia fazer bem, mas que o apelido é engraçado isso é !!
rockrj 17.08.04 10:24 …
André, estou com umas fotos de carros antigos do meu avô que garimpei junto com a que te mandei.
Vou posta-las brevemente. Abs
tumminelli 17.08.04 10:54 …
Isso é mais uma bizarrice do Rio… :-)))
To esperando um Ok do Filizola. Ontem a noite qd chegeui vi a foto no email. Escrevi pra ele e to aguardando o OK e o reenvio dela maior. Qq coisa vai pra stand by
:-)))
alvarogabriel@openlink.com.br 17.08.04 11:04 …
Agora me lembrei do filme Assassinato em Gosford Park que conta a vida dos nobres e dos criados (o andar de cima e o andar de baixo) na Inglaterra dos anos 30. Pois a primeira cena é uma aristocrata típica daquela época ( representada magistralmente pela Maggie Smith)sendo conduzida num Rolls Royce por um chofer e uma criada. Detalhe: chove um dilúvio inteiro e a dama vai muito agasalhadinha lá atrás. Na frente, o chofer e a serviçal vão ensopados como pintos que acabaram de nascer. Tudo isso para dizer que o André tem razão. Naquela época, até no tropicalíssimo Rio de Janiro, tinha dias que a noite devia ser sohda.
wolfenson 17.08.04 13:30 …
Taí…
eu não consigo imaginar tal coisa. Talvez seja pelo fato de trabalhar com informática e ser amante da eletrônica (inclusive válvulas). Essa imagem é tão “forte” que bloqueia meu entendimento. 🙂
/andredecourt umpluged 17.08.04 15:34 …
Cara esse filme é ótimo, mostra o extertores da era vitoriana !!!!
bwanis 17.08.04 20:57 …
Que carrão!!!
:)))
rbpdesigner 18.08.04 00:19 …
hahahahhahaah
tecnologia danada essa!
visual totalmente integrado tb
muito bom!
[]s

2 comentários em “Primeiro veículo com rádio no Rio”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 9 + 11 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...