Nossas fotos hoje, além de mostrarem mais um dos violentos incêndios que ocorriam na cidade nos anos 50 é uma pegadinha.

Aonde estamos no bairro de Copacabana, qual quarteirão e o que funciona hoje nos 3 prédios vistos nas imagens ?? A resposta será dada no fim de semana.

As fotos documentam de forma inconteste a bravura dos Soldados do Fogo, que sofrem na pele a falta de equipamentos, fato este que vem ocorrendo até hoje, não se fazendo mais grave pela mudança dos materiais de decoração, eletrodomésticos mais seguros, e nos prédios comerciais por melhores sistemas de combate a incêndio. Mas há muito de sorte, pois a cidade está cheia de verdadeiros barris de gasolina, prontos para se transformar em um novo Andorinhas.
 
Resposta:
Quem mais chegou perto de fato foi o Rafael, o fotógrafo está de costas para a Praça Serzedelo Correia, e onde está o caminhão Magirus temos hoje a agência dos correios.
A foto desnorteia pela ausência das construções ao fundo, nessa época o sobrado que abrigava o Café Pernambuco ainda não havia sido demolido para a construção do Ed. Pedro I, o que tem a confeitaria Bonnis em sua loja, deixando a ilusão de horizonte livre, quando da verdade tinhamos um conjunto de casas térreas do início da ocupação do bairro até a metade do quarteirão onde temos um solitário prédio. Quase todos esses imóveis estão ainda de pé.
Como falou o Rafa todos os prédios foram modificados, marquises arrancadas ,embasamentos modificados, revestimentos trocados, varandas fechadas, mas nenhum foi demolido. O prédio curvo o qual vemos não fazia esquina com a Siqueira Campos, havia mais um sobrado, que abrigou por décadas o “Au Bom Marchè” e que foi demolido somente no final dos anos 70. O prédio de linhas abauladas existe até hoje abrigando um hotel, como sempre abrigou, tendo sofrido no meio da década passada um grande retrofit, que alterou inclusive sua fachada, perdendo as linhas dos anos 40, e saindo da rede Othon, passando para a bandeira de uma rede espanhola.
Ou seja, se estivéssemos em uma pegadinha do concurso do Saudades do Rio ninguém levaria todos os pontos, pois o Rafa falou que um prédio foi demolido, quando está lá até hoje. Mais um dos fatores desnorteadores é que a agência do Unibanco ( hoje Itau Personalittè) tomou conta de todo o pilotis do prédio, inclusive da loja da Decorações Rozen. Agora Rafa, você tem uma página amarelas dos anos 50/60 ???