Perimetral, a série VI

andredecourt's Foto von 13.09.05

No primeiro governo de Chagas Freitas, ainda na Guanabara resolveu-se o impasse com a Marinha, ela cederia a orla do Arsenal desde que a Guanabara protegesse o Arsenal de objetos atirados, razão da feia cerca que existe a partir da praça Mauá até a linha da Av. Visc. De Inhaúma.

Para isso uma das rampas de descida que bloqueava o seguir dos tabuleiros do viaduto teve que ser demolida, pode-se pensar que foi uma falha de projeto, mas como a Marinha não cedeu na época da construção do primeiro trecho, a rampa teve que se espremer pela sobra de terreno, na foto anterior isso pode ser bem observado.
À esquerda podemos observar o prédio do Segundo Tribunal do Júri, hoje Casa França Brasil.

Comments (20)

Rafael Netto 13.09.05 09:12 …
Pela foto anterior tenho a impressão que a rampa demolida foi feita usando a “espera” da continuação do elevado, enquanto a verdadeira saída da rampa acabou ficando como “espera”.
Eu lembro quando a Casa França-Brasil foi inaugurada, mas não sei o que havia ali antes. Hoje em dia é um galpão, sempre foi assim?
Luiz D´ 13.09.05 09:12 …
Por que seria este pavor da Marinha?
Afinal, o viaduto da Perimetral passaria por centenas de outras construções a seu lado que, teoricamente, estariam expostas também.
Por que seria?
http://fotolog.terra.com.br/luizd
andredecourt 13.09.05 09:17 …
Acho que o período histórico explica muito o pavor da Marina
andredecourt 13.09.05 09:19 …
Rafael, a velha rampa começa no mesmo lugar da atual de descida para a Pres. Vargas, o que acontece que ela era posta em diagonal, e não reta como a atual que inviabilizava a construção do tablueiro sentido Av. General Justo
Rafael Netto 13.09.05 09:26 …
Acho que hoje em dia a Marinha não está nem aí para as grades, elas estão caindo aos pedaços.
No elevado Rufino Pizarro também tem (ou tinha?) uma grade igualzinha em frente ao 1o. BG (antigo CPOR).
Rufino 13.09.05 09:34 …
É que no Brasil abençoado precisa acontecer para avaliarmos a situação.
É claro que a Marinha teria que estar preocupada, pois o elevado passa por cima do prédio do Arsenal.
Nesse país sério, qualquer um mal intencionado, passaria por alí e além de atirar objetos, poderia atirar um artefato ou bomba causando estrago a instituição ou ferindo pessoas.
Nesse caso, não importa se o prédio é da Marinha, poderia ser qualquer outro órgão estratégico, e a prevenção é iminente.
Rufino
andredecourt 13.09.05 09:56 …
Rafael a grade no Rufino Pizarro existe até hoje
AG 13.09.05 10:01 …
O que eu acho da grade é o seguinte: se neguinho quiser mesmo fazer um atentado contra a Marinha vai fazer de qualquer jeito. Não seria aquela grade xexelenta que iria impedir a ação de gente determinada. O máximo que ela faz é proteger de garrafas, latas de cerveja que a moçada ordeira e educada desta cidade adora atirar de veículos em movimento.
Outro dia mesmo, quase me embolei com um casal que teve a desfaçatez (um de cada lado e ao mesmo tempo) jogar duas latas de cerveja em pleno túnel Santa Bárbara. E pensa que era gente da favela da maré ? O carro era uma dessas Mercedes feitas aqui no Brasil; ela parecia (sem sacanagem) a Fátima Bernardes; e ele portava um relojão desses de mergulhador da Rolex que ali na Place Vendome deve custar uns 10 mil dólares.
E é uma turma dessas que vem me falar de cidadania. Já devem ter abraçado a Lagoa umas cinco vezes e na varanda do apartamento deve ter uma faixa escrita Basta !
Eu é que digo basta.
jban 13.09.05 10:14 …
AG como sempre certeiro !!
Aliás, a pergunta outro dia era se você existe, ou se é o alter ego de alguém deste seleto grupo !!
jban 13.09.05 10:16 …
Quanto à perimetral…. sem comentários
Marcelo Almirante 13.09.05 11:25 …
Eu só posso continuar a falar mal dessa segunda estapa do viaduto, que é mal acabado e com juntas de dilatação que transformam a travessia num sofrimento.
prfragoso 13.09.05 12:05 …
Pedindo licença ao André, respondo à indagação do Rafael Neto (comentário nº 1), sobre a Casa França-Brasil.
Este prédio tem uma história bonita.
Mandado construir por D João VI, em 1819, para abrigar a Praça do Comércio, foi inaugurado em 13 de maio de 1820; posteriormente, por ordem de D.Pedro I, passou a abrigar a Alfândega no ano de 1824, e assim foi até o ano de 1944.
Durante o período de 1956 a 1978 ali funcionou o II Tribunal do Juri e, finalmente, a partir de 29 de março de 1990 passou a funcionar ali a Casa França Brasil.
Vide no endereço abaixo toda a sua história:
http://www.fcfb.rj.gov.br/
odeon 13.09.05 12:20 …
Sim, vi que, para nossa felicidade,
vc está postando todos os dias, eu é que andei meio sumida mesmo….
Milu 13.09.05 13:44 …
Foi nessa época que demoliram um prédio que ficava ao lado da Casa França Brasil?
Rufino Pizarro foi psicografado aí em cima?
http://fotolog.terra.com.br/cartepostale
(de uma família cheia de Rufinos)
Leflaneur 13.09.05 14:27 …
Por que vc está se dedicando tanto a esse monstrengo. Me recuso a comentar… rs
Estou com AG, essas pessoas tb vão votar pelo desarmamento e estão, com certeza, entre as mais indignadas com tanta roubalheira! Essas pessoas que elegeram e tiraram o Collor, agora elegeram e querem tirar o Lula. Essas pessoas que têm escolaridade e cultura é que permitem a eleição de Severinos e quejandos. É assim desde o golpe da República, feito tb por essas pessoas.
andredecourt 13.09.05 14:41 …
Ora Lefla, esse flog tem a intenção de mostrar a história do Rio para o bem e para o mal, no caso infelizmente na absoluta maioria das vezes é para o mal mesmo.
Juntei um bom material sobre os estragos que o Perimetral fez, mas não se desespere só vai até quinta feira !
Lefla 13.09.05 14:55 …
Então tá bem. Então eu comento. Ando num mau humor!!! :)))
andredecourt 13.09.05 15:03 …
hehehe
photomechanica 13.09.05 17:01 …
Obras…odeio obras!
betotumminelli 13.09.05 20:29 …
To com AG (ele existe)
e não duvido que esse casal da Mercedes tb ja foi em muito movimento contra as drogas que vez em quando acontece na Vieira Souto, e no fim de semana fuma um baseado como se a grana que comprou ele não fosse revertida em balas achadas que matam inocentes (crianças geralmente). É o país da hipocrisia.
:-)))
Qt à Perimentral ja falei o que tinha que falar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What is 8 + 5 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANTE! Para evitar a quantidade enorme de spams, você precisa responder a conta para provar que você é gente de verdade...